XP Expert

🌎 RADAR GLOBAL: Regulação tech na Índia

Big techs enfrentam propostas de regulação na Índia; Paramount+ anuncia detalha meta de assinantes

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Bolsas internacionais sem direção definida nesta manhã. O S&P 500 nos EUA (+0,2%) começa a recuperar-se da pior semana em um mês após estabilização do mercado de juros. Na Europa (-0,4%), autoridade monetária fala sobre uma possível retração dos estímulos monetários.

Coronavírus: O consórcio COVAX (da OMS) entregou as primeiras doses de vacina esta semana; no total, 600 mil doses do imunizante da AstraZeneca foram enviados para Gana.

Indicadores: EUA – Pedidos de auxílio desemprego em 730 mil (Exp. 825 mil).

EMPRESAS

Salesforce: Reconhecida por desenvolver softwares de relacionamento com o cliente (CRM), a empresa reportou receitas de US$ 5,8 bilhões no 4º trimestre, 2% acima do esperado e 20% superior vs. 2019, impulsionada pela performance dos segmentos de cloud e das recentes aquisições dos softwares Tableau e Mulesoft. À frente, a companhia está bem posicionada para capturar o crescimento dos investimentos em iniciativas digitais (CRM, cloud, e-commerce, expêriencia do consumidor) por empresas.

Guidance: Receitas de US$ 25,7 bilhões para o ano fiscal que se encerrará em janeiro/22, levemente acima do esperado, enquanto a geração de caixa poderá ser impactada com a aquisição do Slack por US$ 27,7 bilhões.

Salesforce faz parte de nossa  carteira Top 10 Ações Internacionais (BDRs).

Regulação tech na Índia: Ontem, o governo indiano anunciou uma proposta de regulação que obrigará as grandes redes sociais (Facebook, Google, Twitter, WhatsApp etc.) a reconhecerem os pedidos de remoção de conteúdo “ilegal”, falso ou ofensivo em até 24 horas após eventuais reclamações. Em alguns casos, as empresas estarão sujeitas a sanções e deverão ajudar a identificar o usuário por trás das mensagens e posts que violem as políticas.

A regulação tech no país não é novidade: Em 2019, Amazon e Flipkart (do Walmart) foram duramente impactadas por regras que proibiram a venda de produtos exclusivos (como Kindle, Alexa, etc.), obrigando que milhares de produtos fossem retirados dos sites.

Com mais de 1,1 bilhão de habitantes e crescimento de PIB emergente, a Índia é um dos principais mercados para as big-techs fora dos EUA.

Paramount+: A ViacomCBS anunciou detalhes sobre a Paramount+, mais nova plataforma de streaming de vídeo do mercado; segundo a empresa, o plano básico do serviço custará US$ 4.99/mês e será lançado nos EUA, América Latina e Canadá a partir do dia 4 de março. O portfólio inicial da plataforma é robusto: 30+ mil títulos, 1+ mil transmissões esportivas por ano e alternativas de notícias ao vivo.

Meta: Atingir entre 65-75 milhões de assinantes até 2024. Hoje, Netflix e Disney+ já contam com 200+ milhões e 95 milhões de usuários, respectivamente.

ANÁLISES

Imunidade coletiva: Segundo estimativas do Goldman Sachs, 44% da população dos EUA encontra-se imunizada – tanto através do contato prévio com o vírus quanto por meio da campanha nacional de vacinação. O banco estima que tal percentual atingirá 55% até o final de março, 65% ao final do mês de abril e 80% na metade de 2021.

Fonte: Goldman Sachs.

Bom dia!

Gostou do conteúdo? Deixe sua avaliação abaixo:

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.