XP Expert

🌎 RADAR GLOBAL: Disputa aeroespacial

Enquanto as aéreas precisam de estímulos para sobreviver, o setor aeroespacial atrai investimentos de gigantes

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Bolsas globais se estabilizam após o movimento de aversão ao risco ontem. Nos EUA (-0,1%), Congresso finalmente aprova novo pacote de estímulos de US$ 900 bilhões, enquanto na Europa (+0,7%), setores cíclicos como financeiro e industrial lideram os ganhos.

Coronavírus: Autoridades europeias autorizaram o uso emergencial da vacina da Pfizer, abrindo caminho para o início da imunização nos 27 países da União Europeia.

Indicadores: Confiança do consumidor às 12h.

EMPRESAS

Disputa aeroespacial: A Lockheed Martin, companhia aeroespacial americana, anunciou a aquisição da Aerojet Rocketdyne, fabricante de motores de foguetes, por US$ 4,4 bilhões. O acordo é estratégico e intensifica a competição com a SpaceX e Blue Origin, que na última semana recebeu aval da NASA para participar de futuros lançamentos.

A divisão aeroespacial representa 18% das receitas da Lockheed e reportou US$ 10,9 bilhões em receitas em 2019.

Setor aéreo: Com a aprovação do novo pacote de estímulos nos EUA, companhias aéreas americanas receberão US$ 15 bilhões do governo para arcar com custos de salários, mas para isso terão de readmitir os mais de 32 mil funcionários demitidos nos últimos meses; em março, o setor já havia recebido US$ 25 bilhões, que previam a manutenção de empregos até o final de setembro.

Apesar do suporte, ações das principais aéreas como Delta (-1,3% ontem), Southwest (-0,50%) e United (-1,5%) foram penalizadas pelo temor da nova mutação do coronavírus.  

Febre das SPACs: Também conhecidas como empresas “cheque em branco”, as SPACs são empresas listadas em bolsa, cujo objetivo é adquirir ou se fundir à outra companhia em um prazo de 2 anos. A modalidade tem se popularizado e caminha para um ano recorde.

Próximas SPACs: Fontes indicam que o japonês SoftBank está próximo de levantar até US$ 600 milhões através da listagem de uma SPAC nos EUA, para investir em companhias de capital fechado. No mercado de mídia, o WSJ relata que o BuzzFeed analisa oportunidades de crescimento e poderá ser listado em bolsa ao se fundir à uma SPAC nos próximos meses.

ANÁLISES

Maior rally da história: A valorização de 64% do S&P500, desde a marca de ~2.200 pontos em março, pode ser considerada a maior da história. O rally de alta superou as recuperações observadas em 1929, 1938, 1974 e 2009. O Bank of America nota que o mercado acionário global ganhou US$ 40 trilhões em valor de mercado desde o “fundo” em março.

Fonte: Bank of America

Bom dia!

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.