XP Expert

🌎 RADAR GLOBAL: Apple e Facebook reportam resultados

Apple e Facebook divulgam resultados, crescimento do Spotify desacelera e 737-MAX com novas falhas.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Bolsas internacionais renovam alta nesta manhã (EUA +0,7% e Europa +0,4%) após o Federal Reserve reafirmar suporte monetário em meio à recuperação do crescimento econômico e do mercado de trabalho. Além disso, PIB americano hoje deve mostrar forte expansão (est. +6,6% anualizado).

Coronavírus: Segundo o CDC, as vacinas da Pfizer e Moderna são 94% eficazes na prevenção de hospitalizações por Covid-19 entre indivíduos de 65 anos ou mais.  

EMPRESAS

Temporada de resultados do 1T21 – Hoje – Amazon, NIO, Twitter, McDonald’s, Royal Caribbean.  

Apple (AAPL34): Receitas totalizaram US$ 89,6 bilhões no último trimestre, 8% acima das (já elevadas) expectativas e +54% a/a, com crescimento de dois dígitos na comparação anual em todas suas linhas de negócio. Destaques para – 1) iPhones (53% das receitas totais): vendas 17% acima do esperado, consolidando o sucesso do lançamento do iPhone 12 5G, principalmente no mercado chinês (+88% a/a). 2) Mac, iPad e acessórios (30% da receitas): Vendas superaram o consenso em 30%, ainda beneficiadas pela reclusão de estudantes e funcionários em casa.

A rentabilidade também surpreendeu; a empresa fechou o trimestre com uma margem bruta de 42,5% (a maior em quase 10 anos) e um lucro por ação de US$ 1,40, 40% acima do consenso. A cia. optou por não fornecer um guidance para os próximos trimestres, mas anunciou um programa de recompra de ações de US$ 90 bilhões – quase 2x o valor de mercado atual da Petrobras.

As ações chegaram a subir 3% no after-market.

Facebook (FBOK34): No último trimestre, as receitas da empresa totalizaram US$ 26 bilhões, 10% acima do esperado e 48% superior vs. 2019, beneficiadas pelo aumento de 30% no preço médio cobrado por anúncios (99% da receita total) e contínua expansão do e-commerce durante a pandemia. As redes sociais da empresa (Facebook, Messenger, Instagram e WhatsApp) fecharam o 1º trimestre com 2,9 bilhões de usuários, ligeiramente abaixo do esperado mas ainda 10% acima vs. o mesmo período em 2020.

À frente, a popularização do Instagram Reels,  das plataformas de marketplace e da iniciativa de realidade virtual (Oculus Quest 2), permanecem como principais apostas da empresa.

O papel registrou alta de 6,3% no after-market.

Spotify: A plataforma de streaming de músicas e podcasts encerrou o primeiro trimestre com 356 milhões de usuários, 24% acima vs. 2020 mas 2% abaixo do esperado pelo consenso. A cia. também reduziu o guidance de usuários para o final de 202, agora entre 402 e 422 milhões. Segundo a empresa, os números mais fracos refletem o menor crescimento principalmente na América Latina.

Do lado positivo, o número de assinantes premium (158 milhões), veio em linha com o estimado pela cia. e previsto pelo mercado. As ações da empresa fecharam em queda de 12% ontem.

Boeing (BOEI34): Menos de 6 meses após a retomada dos voos comerciais do 737-MAX, a montadora americana enfrenta novos problemas com o modelo. Ontem, a empresa anunciou a suspensão da entrega de novas unidades devido a identificação de falhas elétricas, sem fornecer uma previsão para a resolução dos problemas.

A paralisação vem em um momento em que o setor se prepara para o aumento da demanda durante o período de férias de verão no hemisfério norte. Southwest, Delta e United Airlines inclusive anunciaram a readmissão de pilotos e comissárias, criação de novas rotas e compra de novas aeronaves.  

As ações da Boeing fecharam em queda de 3% ontem.

ANÁLISES

Fonte: J.P. Morgan

Febre das SPACs: Após um início de ano sem precedentes para as SPACs (ou empresas “cheque em branco” em português), no qual o valor total levantado até março superou o recorde de US$ 76bi registrados em todo o ano de 2020, a “febre” das SPACs arrefeceu. No acumulado de abril, a modalidade levantou “apenas” ~US$ 7 bi nos EUA vs. ~US$ 50 bilhões em março.

Gostou do conteúdo? Deixe sua avaliação abaixo:

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.