XP Expert

ūüĆé Mundo em 60s: Resultados no velho continente

Europa: Como anda a temporada de resultados do outro lado do Atl√Ęntico? Antes, o que aconteceu na semana:

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Bolsas: A volatilidade est√° de volta com a inclina√ß√£o da curva de juros americana. Ponto positivo: sinal de recupera√ß√£o econ√īmica. Negativo: t√≠tulos de renda fixa ficam mais atrativos, reduzindo o fluxo para o mercado acion√°rio. EUA (-1,6% na semana) foi puxado para baixo por tecnologia enquanto, na China (-7,6%), uma poss√≠vel retra√ß√£o dos est√≠mulos monet√°rios e um aumento nos impostos sobre corretagem derrubaram os mercados.

Setores:  A tem√°tica de reabertura e retomada econ√īmica ganha for√ßa com a ampla distribui√ß√£o de vacinas nos pa√≠ses desenvolvidos. O setor petrol√≠fero sobe 4,8% na semana com boas perspectivas de demanda e √© acompanhado pelo financeiro (+1,6%). Na ponta oposta da rota√ß√£o, consumo discricion√°rio (-4,4%) e tecnologia (-3,5%), que estavam com os valuations mais esticados, ca√≠ram com a inclina√ß√£o da curva de juros.


Resultados no velho continente

  • Uma vez que 98% do S&P 500 j√° divulgou seus n√ļmeros (muito fortes, por sinal, com lucros 18% acima das expectativas), nossos olhos se voltam para a temporada de resultados na Europa.
  • Tratando-se do √≠ndice amplo STOXX 600, que representa ~90% do mercado europeu e mais de 17 pa√≠ses, 310 companhias reportaram resultados levemente positivos.
  • Enquanto 43% das empresas faturaram abaixo das expectativas, 62% delas lucraram acima. No agregado, lucros vieram 10% maiores que os modelos.
  • Positivo: Setores de tecnologia, financeiro e industrial, que bateram receitas e lucros. Negativo: Petrol√≠feras, sa√ļde e utilidades p√ļblicas desapontaram em ambas as linhas.
  • Luxo: O subsetor demonstrou resili√™ncia no faturamento, com Ferrari, Hermes, e Moncler superando os modelos em 5,4%, 6,1% e 22,6%. Muito positivo, se comparado ao setor de bens de consumo como um todo, que desapontou em 0,5%.

Olhando para frente, uma das temáticas mais importantes do continente será a eletrificação dos veículos de transporte. Governos europeus tornaram prioridade a agenda ambiental e, ao redor do mundo, autoridades americanas, chinesas e japonesas têm seguido esta tendência de uma sociedade de baixa emissão de carbono.

Hoje, ve√≠culos a combust√£o comp√Ķem 86% da frota total e estima-se que em 2035 esta fatia seja de apenas 18%, com vendas de ve√≠culos el√©tricos alcan√ßando as 35 milh√Ķes de unidades (vs. 1,8 milh√£o em 2020).

Montadoras tradicionais, como a Volkswagen, BMW, Daimler e Peugeot ter√£o o desafio de eletrificar sua frota num cen√°rio que possui toda a aten√ß√£o direcionada √† Tesla. A Volks, por exemplo, possui um ambicioso plano de ‚ā¨ 35bi em eletromobilidade nos pr√≥ximos 5 anos + ‚ā¨ 27bi em digitaliza√ß√£o. A companhia espera vender 3 milh√Ķes de EVs em 2025 e lan√ßar 75 novos modelos el√©tricos nos pr√≥ximos 9 anos.

Portanto, o investidor posicionado em empresas expostas ao setor (seja via Tesla, montadoras tradicionais ou produtoras de baterias) dever√° se atentar ao desenvolvimento deste mercado na Europa, que servir√° como term√īmetro para o futuro desta tend√™ncia estrutural.


#ProvaR√°pida ‚Äď A Volkswagen, hoje, vale R$ 600bi enquanto a Tesla vale R$ 3,7tri. Quanto valeria o setor de ve√≠culos el√©tricos da alem√£ se ela tivesse o valuation da Tesla?

a) R$ 0,7 tri ‚Äď 16% de potencial de alta
b) R$ 1,1 tri ‚Äď 83% de potencial de alta
c) R$ 2,2 tri ‚Äď 270% de potencial de alta
d) R$ 2,6 tri ‚Äď 330% de potencial de alta

Resposta: d)

Gostou do conte√ļdo? Deixe sua avalia√ß√£o abaixo:

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O qu√£o foi √ļtil este conte√ļdo pra voc√™?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conte√ļdos por e-mail?

Cadastre-se e receba gr√°tis nossos relat√≥rios e recomenda√ß√Ķes de investimentos

Disclaimer:

Este relat√≥rio foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (‚ÄúXP Investimentos‚ÄĚ) e n√£o deve ser considerado um relat√≥rio de an√°lise para os fins do artigo 1¬ļ da Instru√ß√£o CVM n¬ļ 598/2018. Este relat√≥rio tem como objetivo √ļnico fornecer informa√ß√Ķes macroecon√īmicas e an√°lises pol√≠ticas, e n√£o constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicita√ß√£o de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participa√ß√£o em uma determinada estrat√©gia de neg√≥cios em qualquer jurisdi√ß√£o. As informa√ß√Ķes contidas neste relat√≥rio foram consideradas razo√°veis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes p√ļblicas consideradas confi√°veis. A XP Investimentos n√£o d√° nenhuma seguran√ßa ou garantia, seja de forma expressa ou impl√≠cita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatid√£o dessas informa√ß√Ķes. Este relat√≥rio tamb√©m n√£o tem a inten√ß√£o de ser uma rela√ß√£o completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opini√Ķes, estimativas e proje√ß√Ķes expressas neste relat√≥rio refletem a opini√£o atual do respons√°vel pelo conte√ļdo deste relat√≥rio na data de sua divulga√ß√£o e est√£o, portanto, sujeitas a altera√ß√Ķes sem aviso pr√©vio. A XP Investimentos n√£o tem obriga√ß√£o de atualizar, modificar ou alterar este relat√≥rio e de informar o leitor. O respons√°vel pela elabora√ß√£o deste relat√≥rio certifica que as opini√Ķes expressas nele refletem, de forma precisa, √ļnica e exclusiva, suas vis√Ķes e opini√Ķes pessoais, e foram produzidas de forma independente e aut√īnoma, inclusive em rela√ß√£o a XP Investimentos. Este relat√≥rio √© destinado √† circula√ß√£o exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes aut√īnomos da XP e clientes da XP, podendo tamb√©m ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodu√ß√£o ou redistribui√ß√£o para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o prop√≥sito, sem o pr√©vio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos n√£o se responsabiliza por decis√Ķes de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informa√ß√Ķes divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer preju√≠zos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utiliza√ß√£o deste material ou seu conte√ļdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a miss√£o de servir de canal de contato sempre que os clientes que n√£o se sentirem satisfeitos com as solu√ß√Ķes dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informa√ß√Ķes sobre produtos, tabelas de custos operacionais e pol√≠tica de cobran√ßa, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, √© uma institui√ß√£o financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunica√ß√£o atrav√©s de rede mundial de computadores est√° sujeita a interrup√ß√Ķes ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recep√ß√£o de informa√ß√Ķes atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por for√ßa de falha de servi√ßos disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A √© institui√ß√£o autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.