XP Expert

🌎 Mundo em 60s: Final do 2º tempo nos EUA

A temporada de resultados nos EUA está chegando ao fim, qual foi o saldo? Veja os destaques da semana.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Bolsas: O mês de maio começou com alta nas bolsas globais, desafiando a sazonalidade ruim do período; historicamente, os retornos mensais do MSCI World de maio e junho tendem a ser os piores (-0,1% e -0,5%, em média), enquanto que, para o S&P 500, a janela de 6 meses entre maio e outubro entrega a menor média de retornos desde 1950 (+1,9% vs. +6,7% entre novembro e abril).

Setores:  O otimismo com as vacinas, a alta das commodities e a reabertura econômica continuam reforçando a rotação para a economia cíclica, liderada nesta semana pelo setor petrolífero (+7%), materiais básicos (+5,1%) e financeiro (+3,1%). Governo americano fala em 70% da população adulta vacinada até o Dia da Independência (4/julho) ao passo que o Goldman Sachs estima uma Europa 50% vacinada em meados de junho.


Final do 2º tempo nos EUA

O mês de maio trouxe consigo o final da temporada de resultados nos EUA; até o final desta sexta-feira, ~87% do S&P 500 terá divulgado, trazendo visibilidade para as perspectivas de recuperação e crescimento econômico do país. No agregado, as surpresas foram muito positivas: lucros e receitas vieram 23,5% e 3,5% acima do esperado, respectivamente.

No entanto, as reações aos resultados têm sido amenas; o mercado está recompensando menos as surpresas positivas e penalizando menos as negativas. Os motivos? Os principais índices de ações globais (S&P 500, Nasdaq-100, MSCI ACWI) continuam oscilando perto de níveis recordes enquanto investidores buscam novos catalisadores para renovarem as altas.

Além disso, preocupações com a inflação nos EUA continuam a pesar no mercado, por conta da injeção massiva de liquidez na economia. Depois de passar o pacote fiscal American Rescue Plan Act, de US$ 1,9tri, o governo de Biden busca a aprovação de mais um plano de estímulos de quase US$ 4tri separado em duas partes: uma focada em infraestrutrura, o American Jobs Plan, e outra nas famílias americanas, o American Families Plan. Pacotes que devem ser financiados via aumento de impostos.

Ainda assim, o mercado continua revisando os lucros dos modelos para cima em 2021 e 2022, principalmente por conta das empresas de tecnologia, que surpreendeu as mais otimistas expectativas neste trimestre. Para 2022, os lucros dos setores de materiais, tecnologia, consumo discricionário e óleo & gás foram os que registraram a maior revisão positiva em suas projeções, todas acima de 2%.

Até o momento:

► 436 das 500 empresas do S&P 500 divulgaram, totalizando 85% do índice.

► No agregado, lucros e receitas surpreenderam as expectativas dos analistas em 23,5% e 3,5%, em linha com a semana passada.

► 87% das empresas surpreenderam nos lucros e, no agregado, a surpresa foi positiva para todos os setores, sem exceção.

► Receitas e lucros expandiram 10,3% e 47% em relação ao 1º trimestre de 2020, respectivamente.

► Destaque positivo: Tech, com 21,5% de crescimento no faturamento e consumo discricionário, com 18%. Negativo: Setor industrial, com 1,3% de contração.

► Maiores receitas do trimestre: 1º Amazon (US$  108bi), 2º Apple (US$ 90bi), 3º United Health (US$ 70bi).

► Maiores contrações de receitas no trimestre: 1º Norwegian Cruise (-99,75%), 2º Carnival (-99,46%), 3º Royal Caribbean (-97,93%), não coincidentemente, são as 3 principais linhas de cruzeiros do mundo.

► Surpresas mais positivas vs. expectativas de lucro: Under Armour (+397%), Ford (+331,5%) e Kinder Morgan (+150%)

► Surpresas mais negativas: Hilton (-74%), Boeing (-70%) e Discovery (-67%).

Agenda da próxima semana:

Agenda dos Top 10 BDRs:


#ProvaRápida – Falamos muito dos EUA, mas como andam os resultados pela Europa? Lembrando que o índice Eurostoxx 600 possui menos tech e mais setores cíclicos.

a) No agregado, surpresas positivas

b) Surpresas negativas

Resposta: a) A temporada do 1º tri na Europa surpreendeu tanto quanto nos EUA; no agregado, lucros estão 24% acima das expectativas. A baixa base de comparação e os modelos menos otimistas para empresas mais cíclicas ajudaram na surpresa positiva. Empresas do Eurostoxx 600 registram, até o momento, expansão de +3,2% no faturamento (vs. +10,3% do S&P 500).

Gostou do conteúdo? Deixe sua nota abaixo:

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.