XP Expert

🌎 Mundo em 60s: A ascensão dos eSports

Entenda melhor a indústria multibilionária dos videogames. Antes, o que aconteceu na semana:

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Bolsas: Semana de pouca definição nos mercados globais enquanto investidores aguardam os próximos catalisadores. China (+2,8% na semana) recupera-se da queda no ano e autoridades trazem visibilidade ao crescimento do PIB (exp. 5% a 5,7% a.a. nos próximos 5 anos). Nos EUA (+0,4%), dobraram a meta e agora esperam vacinar 200 milhões nos 100 primeiros dias da nova administração, tornando a reabertura por lá um tema cada vez mais sólido.

Setores: Espera-se que bloqueio temporário do Canal de Suez perdure até, no mínimo, quarta-feira, causando disrupções em cadeias de suprimentos. Preços de petróleo voltaram a subir a partir da notícia (US$ 61,2/barril) e Petrolíferas (+0,5% na semana), continuam recuperando-se mesmo com preocupações na Europa sobre o passo da reabertura.


A ascensão dos eSports

Pode soar muito tempo, mas a história dos videogames teve início há 70 anos em laboratórios de informática de universidades como o MIT, onde professores e alunos simulavam o jogo da velha em máquinas antigas da IBM. Os games só viriam a se tornar um sucesso comercial 20 anos depois, com o lançamento viral do Pong pela Atari.

Hoje, com um mercado consolidado e mais de  2,2 bilhões de jogadores ao redor do mundo, os videogames faturam 1,5x as indústrias de cinema e música somadas:

Fonte: Reuters, Statista, XP

Como em outras indústrias, a de games já passou por diversas inovações e hoje praticamente 50% do faturamento tem origem em aparelhos móveis (como celulares e tablets).

  • Fliperama era dominante, abrindo espaço para consoles
  • Consoles foram seguidos por jogos para PC
  • PC abriu espaço para o público dos aparelhos móveis
  • Hoje, vemos o início do mercado de realidade virtual se desenvolvendo

Faturamento da indústria por plataforma:

Fonte: Pelham Smithers

E daqui para frente? O mercado é estruturalmente positivo. Entre 2021 e 2026, a expectativa é que o faturamento com games cresça +10,5% anualmente:

Fonte: VGS, Mordor Intelligence, XP

Crescimento: Num mundo cada vez mais digital, onde ~47% da população global possui um aparelho celular e a quantidade de jogadores já alcança a marca de 2,2 bilhões, a indústria dos games ainda possui uma grande base para monetização e engajamento. Além disso, se continuarmos caminhando para um mundo 100% digital, ainda restam 3 bilhões de pessoas (desconsiderando crianças de 0-9 anos) sem dispositivo móvel que eventualmente terão acesso a um.

Audiência: Outra linha de crescimento está no segmento de eSports; devido a grande base, estima-se que mais de 500 milhões de pessoas assistirão transmissões de jogos eletrônicos em 2021. Para se ter uma ideia, a Twitch (da Amazon) transmitiu mais de 2 bilhões de horas de conteúdo gamer em março e canais como ESPN já incluem campeonatos de DotA2, League of Legends e Counter-Strike em sua programação.

Engajamento: Num mundo que disputa pelo tempo de atenção das pessoas, as experiências imersivas combinadas com evolução gráfica dos games e com o potencial da realidade virtual tornam o setor um concorrente difícil de ser batido. Os videogames dominam o tempo livre da população mais jovem e tomam o lugar dos esportes.

“Para cada criança jogando futebol, baseball, basquete e futebol americano no mundo, há 6 outras jogando videogames

Bobby Kotic, CEO da Activision Blizzard

Um mercado envisionado pelos gigantes de tecnologia: As FAAMGs estão apostando bilhões em investimentos neste mercado. Facebook: possui 700 milhões de jogadores mensais na plataforma. Amazon: adquiriu a Twitch por US$ 1bi e lançou a versão teste de seu primeiro título New World. Apple: games representam 80% do faturamento da AppStore e oferece serviços como Apple Arcade. Microsoft: tem meta de integrar múltiplas plataformas (PC, console, mobile) via tecnologia xCloud. Google: Stadia tem o objetivo de ser a Netflix dos games, possibilitando acesso a games de múltiplas plataformas.

Acreditamos, portanto, que o setor de videogames oferece oportunidades sólidas em uma indústria que está em ascensão no mundo. Localmente, a bolsa brasileira não oferece empresas específicas neste tipo de investimento, tornando-se necessário buscá-lo via BDRs, fundos ou produtos estruturados.


#ProvaRápida – Quantos milhões de espectadores únicos assistiram campeonatos de eSports em 2020?

a) 80 milhões
b) 280 milhões
c) 380 milhões
d) 480 milhões

Resposta: c)

Gostou do conteúdo? Deixe sua nota abaixo:

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.