ūüĆé Mundo em 60s: 2¬™ semana de resultados nos EUA

Come√ßa a acelerar a temporada de resultados do 1¬ļ trimestre nos EUA. Veja os destaques da semana.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Bolsas: Mercados globais, que apresentavam forte recupera√ß√£o no ano, caem na semana. Nos EUA (-0,4%), √≠ndice S&P 500 encaminha-se para encerrar sequ√™ncia de 4 semanas consecutivas de alta ap√≥s gov. Biden anunciar aumento de impostos sobre ganhos de capital. A China (+3,6%), que estava levemente para baixo no ano, aposta na moeda digital para capturar 40% das transa√ß√Ķes do pa√≠s que ainda s√£o feitas em dinheiro f√≠sico.

Setores:  Uma queda saud√°vel acontece na maior parte dos setores nos EUA; a recente (forte) performance das a√ß√Ķes aliadas √†s otimistas expectativas para os demonstrativos do 1¬ļ trimestre s√£o os maiores desafios no curto-prazo para novas altas.


2¬ļ semana de resultados nos EUA

A temporada do 1¬ļ trimestre acelerou durante esta semana, com 14,1% das empresas, em valor de mercado, do √≠ndice S&P 500 divulgando seus n√ļmeros. At√© o final desta sexta-feira ser√£o 25,3%.

A semana que vem, no entanto, ser√° a mais importante, quando teremos praticamente metade das companhias reportando. Dentre as mais importantes: as FAAMGs (Facebook, Amazon, Apple, Microsoft e Google), Tesla, Visa, Mastercard, AMD, Qualcomm, Twitter e AstraZeneca.

Até o momento:

‚Ėļ 121 das 500 empresas do S&P 500 divulgaram.

‚Ėļ Lucros est√£o 34% acima do esperado e continuam puxados pelo setor financeiro. As estimativas eram de US$ 36bi para estas empresas, mas os n√ļmeros vieram 76% acima disso.

‚Ėļ Outro destaque positivo vai para o setor de √≥leo e g√°s, com receitas 13% acima do esperado. Mas aten√ß√£o: as petrol√≠feras mais representativas (Exxon Mobil e Chevron) divulgam apenas na sexta-feira, dia 30, e devem ser beneficiadas pela alta nos pre√ßos da commodity.

‚Ėļ Empresas de sa√ļde, por enquanto, v√£o bem. Das 10 que divulgaram, 7 bateram os modelos dos analistas, com bom resultado da Johnson & Johnson, surpreendendo no lucro em 17%.

‚Ėļ Do lado negativo, o setor de viagens e turismo decepcionou. Apesar da ampla distribui√ß√£o de vacinas, o 1¬ļ trimestre ainda se mostrou dif√≠cil para estas companhias que, no agregado, faturaram 20% abaixo das expectativas, principalmente as linhas a√©reas (American, Southwest, United e Delta, todas reportadas).

O que teremos na semana mais importante:

Muitas empresas de tecnologia, incluindo as gigantes (ou Big Tech) ser√£o colocadas √† prova. Os modelos est√£o otimistas e refletem um mundo que se viu obrigado a aderir, cada vez mais, √†s plataformas digitais. Al√©m disso, apesar da vacina√ß√£o avan√ßada nos EUA e Reino Unido, o restante do mundo ‚Äď que possui grande representatividade no faturamento destas empresas globais ‚Äď caminha com mais lentid√£o em dire√ß√£o √† reabertura.

Facebook: Altas expectativas em relação ao crescimento de lucro (+28,4% a/a do consenso). O Instagram permanece como importante plataforma para a expansão do faturamento, com usuários engajados e gastando, em média, 11h por mês no aplicativo, acima de qualquer outro concorrente. O engajamento no Facebook também permanece alto, 30% maior no ano contra ano, aumentando sua capacidade de monetizar via propagandas direcionadas.

Est. consenso: Receitas +33,4% e lucro +28,4% a/a.

Amazon: O principal segmento a ser observado ser√° o de computa√ß√£o em nuvem (AWS ‚Äď Amazon Web Services) que, apesar de representar apenas 12% do faturamento da companhia, foi respons√°vel por 63% do seu lucro operacional. Lojas f√≠sicas ainda devem ser prejudicadas por conta das restri√ß√Ķes de mobilidade.

Est. consenso: Receitas +38,6% e lucro +185% a/a.

Apple: Indica√ß√£o da suaviza√ß√£o na demanda por smartphones e iPhones 5G na China tem sido motivo de cautela para os resultados da empresa. A recente valoriza√ß√£o de 10% nas a√ß√Ķes no m√™s de abril tamb√©m posta um desafio para uma rea√ß√£o muito positiva do mercado. No an√ļncio, investidores estar√£o focados no guidance da empresa, que deve ser focado nos efeitos da sazonalidade na venda dos aparelhos.

Est. consenso: Receitas +31,8% e lucro +48,7% a/a.

Microsoft: Altas expectativas para o segmento de computa√ß√£o e armazenamento em nuvem (Azure), enquanto empresas migram suas opera√ß√Ķes e servi√ßos para o digital. No setor de games, o aprimoramento do sistema de assinatura Xbox Game Pass deve continuar no foco da companhia e dos investidores. Al√©m disso, a Microsoft deve comentar os impactos financeiros da aquisi√ß√£o da ZeniMax.

Est. consenso: Receitas +17,2% e lucro +25,7% a/a.

Google: O segmento de computação em nuvem pode ser destaque, com expectativas de 50% de crescimento a/a. Investidores também esperam recuperação nas receitas com propagandas relacionadas à viagens e hospedagem, que haviam sido muito afetadas durante a pandemia. Também será importante monitorar os resultados do YouTube, que podem ser impulsionados pelo aumento do engajamento e de novas assinaturas premium.

Est. consenso: Receitas +26,0% e lucro +54,5% a/a.

Agenda da próxima semana:

Agenda dos Top 10 BDRs:


#ProvaR√°pida ‚Äď Qual o crescimento de receitas esperado para a Tesla e para a NIO (montadora el√©trica chinesa) em 2021?

a) 28% e 57%
b) 38% e 67%
c) 48% e 107%
d) 58% e 117%

Resposta: d)

Gostou do conte√ļdo? Deixe sua nota abaixo:

Avaliação

O qu√£o foi √ļtil este conte√ļdo pra voc√™?


Newsletter

Gostaria de receber nossos conte√ļdos por e-mail?

Cadastre-se e receba gr√°tis nossos relat√≥rios e recomenda√ß√Ķes de investimentos

Telegram XP

Acesse os conte√ļdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este relat√≥rio foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (‚ÄúXP Investimentos‚ÄĚ) e n√£o deve ser considerado um relat√≥rio de an√°lise para os fins do artigo 1¬ļ da Instru√ß√£o CVM n¬ļ 598/2018. Este relat√≥rio tem como objetivo √ļnico fornecer informa√ß√Ķes macroecon√īmicas e an√°lises pol√≠ticas, e n√£o constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicita√ß√£o de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participa√ß√£o em uma determinada estrat√©gia de neg√≥cios em qualquer jurisdi√ß√£o. As informa√ß√Ķes contidas neste relat√≥rio foram consideradas razo√°veis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes p√ļblicas consideradas confi√°veis. A XP Investimentos n√£o d√° nenhuma seguran√ßa ou garantia, seja de forma expressa ou impl√≠cita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatid√£o dessas informa√ß√Ķes. Este relat√≥rio tamb√©m n√£o tem a inten√ß√£o de ser uma rela√ß√£o completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opini√Ķes, estimativas e proje√ß√Ķes expressas neste relat√≥rio refletem a opini√£o atual do respons√°vel pelo conte√ļdo deste relat√≥rio na data de sua divulga√ß√£o e est√£o, portanto, sujeitas a altera√ß√Ķes sem aviso pr√©vio. A XP Investimentos n√£o tem obriga√ß√£o de atualizar, modificar ou alterar este relat√≥rio e de informar o leitor. O respons√°vel pela elabora√ß√£o deste relat√≥rio certifica que as opini√Ķes expressas nele refletem, de forma precisa, √ļnica e exclusiva, suas vis√Ķes e opini√Ķes pessoais, e foram produzidas de forma independente e aut√īnoma, inclusive em rela√ß√£o a XP Investimentos. Este relat√≥rio √© destinado √† circula√ß√£o exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes aut√īnomos da XP e clientes da XP, podendo tamb√©m ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodu√ß√£o ou redistribui√ß√£o para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o prop√≥sito, sem o pr√©vio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos n√£o se responsabiliza por decis√Ķes de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informa√ß√Ķes divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer preju√≠zos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utiliza√ß√£o deste material ou seu conte√ļdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a miss√£o de servir de canal de contato sempre que os clientes que n√£o se sentirem satisfeitos com as solu√ß√Ķes dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informa√ß√Ķes sobre produtos, tabelas de custos operacionais e pol√≠tica de cobran√ßa, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

Corretora Home Broker Autorregula√ß√£o Anbima - Ofertas P√ļblicas Autorregula√ß√£o Anbima - Private Autorregula√ß√£o Anbima - Distribui√ß√£o de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunica√ß√£o atrav√©s de rede mundial de computadores est√° sujeita a interrup√ß√Ķes ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recep√ß√£o de informa√ß√Ķes atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por for√ßa de falha de servi√ßos disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A √© institui√ß√£o autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.