XP Expert

🌎 Mundo em 60s: 10 anos de Instagram

Panorama semanal, análises de cenário internacional e ações globais

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Em breve, falaremos sobre o aplicativo de uísque que se tornou um gigante do compartilhamento de fotos, mas antes, o que aconteceu na semana:

Bolsas: Adeus setembro, bem vindo outubro. Com o término de um dos piores meses (historicamente) para as bolsas, republicanos e democratas chegam mais perto de um acordo para novo pacote de estímulos (Antes: US$ 1tri x US$ 3,5tri / Agora: US$ 1,5tri x US$ 2,2tri). O debate entre Trump e Biden, além do caos, nos deu uma ideia do que esperar em relação aos impactos nos mercados pós-eleições. No entanto, a visibilidade diminuiu ainda mais com o presidente americano testando positivo para coronavírus.

Setores: As expectativas de mais estímulos aliadas a um cenário de segunda onda menos letal do vírus, trouxeram os investimentos de volta para os ativos de risco. Porém, petróleo continua em queda com excesso de oferta após elevação da produção libanesa.

Empresas: American Airlines deve recontratar 19 mil funcionários caso o governo dos EUA aprove mais auxílios (além dos US$ 25bi de março já destinados às aéreas). Walmart expande para 2,5 mil lojas (metade do total) as vendas do hambúrguer de “não-carne” da Beyond Meat, que sobe 12% desde anúncio.

10 anos de Instagram

Instagram comemora 10 anos na próxima terça-feira. O aplicativo, que já possui mais de 1 bilhão de usuários ativos, é um exemplo de inovação e crescimento. Antes de 2010, ainda conhecido como Burbn, era utilizado por fãs de uísque para compartilhar fotos, opiniões e fazer check-ins (similar ao Foursquare). Ao estudar os dados disponíveis, os fundadores identificaram que os usuários “estavam postando e compartilhando fotos loucamente” (Keith Sawyer) e tomaram a decisão mais importante de suas vidas: Confiar nos dados e transformar um app de bebidas em um simples compartilhador de fotos, renomeando então para Instagram (Instant Telegram). O resto é história…

O sucesso foi imediato e o valuation acompanhou: Em fev/2011 foi avaliado em US$ 20 milhões, em abr/2012 em US$ 500 milhões e 6 dias depois o app foi adquirido pelo Facebook por US$ 1bi (após recusarem oferta de US$ 500 milhões do Twitter). Hoje, os números impressionam: 6 em cada 10 adultos com acesso à internet possuem um perfil e 2/3 dos jovens americanos dizem que é a melhor plataforma para alcançá-los via marketing. Não é por acaso que a rede social gerou, em 2019, mais de US$ 20bi em receitas com propagandas (+450% em 3 anos) e já representa ~1/3 do faturamento total do Facebook.

Além disso, a empresa é competitiva e incorpora rapidamente as oportunidades. O Instagram Stories (500 milhões de usuários/dia) absorveu parte do principal mercado do Snapchat (240 milhões/dia) e agora trava mais uma frente de batalha, com o TikTok (via Instagram Reels). Além de destruir a concorrência, o app também cria renda para seus usuários: Os Influencers com até 10 mil / 100 mil / 1 milhão de seguidores ganham, em média, US$ 90 / US$ 200 / US$ 700 por post contratado. E celebridades ganham mais, como o Cristiano Ronaldo que leva ~US$ 700 mil por post.

Olhando para frente, as principais apostas de crescimento são 1) a modalidade de varejo social (Instagram Shops), com um mercado potencial 2x maior que o de propagandas e 2) meios de pagamento (via Facebook Pay e WhatsApp pay). A plataforma já conta com 25+ milhões de contas empresariais e o comércio digital poderá alavancar seu potencial de vender publicidade. O desafio será incorporar estas novas ferramentas sem perder os usuários que se sentirem incomodados com as ofertas de produtos.

#ProvaRápida:

Qual é o tipo de foto mais compartilhada no Insta?

Qual é a foto com mais likes do planeta? (54,8 milhões de likes)

Respostas: Fotografias de Pizza, e Ovo (@world_record_egg), respectivamente.

Aliás, você conhece o Instagram da XP, da ExplicaAna e do Giserman?

Bom final de semana!

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.