Games: um trimestre de inovações e recordes

Lançamentos, inovações e recordes de vendas - conheça o mercado de games de 2020.


Compartilhar:


Desde a última vez que comentamos sobre a ascensão do mercado de games, o cenário para o setor se tornou ainda mais positivo, com novas possibilidades de crescimento. O videogame como forma de entretenimento já alcança mais de 2 bilhões de pessoas no mundo e o engajamento é cada vez maior; estima-se que 500 milhões de pessoas assistirão transmissões de jogos eletrônicos em 2021 e só no último trimestre foram mais de 4,5 bilhões de horas de conteúdo transmitidas via Twitch (aplicativo de streaming da Amazon).

Com a pandemia, o crescimento se intensificou. No 1º semestre, as vendas da Nintendo e da unidade de games da Microsoft cresceram 72% e 30%, respectivamente. Apesar da reabertura gradual das economias, os resultados do 3T, dados preliminares de engajamento e perspectivas para o futuro permanecem sólidas.

Lançamentos, inovações e recordes de vendas

Nos últimos meses, o mercado global de games esteve ainda mais aquecido, e uma série de inovações, tendências e recordes foram observados:

Nova geração de consoles: Com o encerramento do ciclo de 7 anos do Playstation 4 e Xbox One, a Sony e Microsoft anunciaram o Playstation 5 (US$ 499) e Xbox Series X / S (US$ 499 / 299). As vendas, inclusive, já começaram: nas primeiras 12h de pré-vendas do PS5 nos EUA, a Sony vendeu mais unidades do que nas 12 semanas inicias de vendas de seu antecessor.

Nintendo Switch: Em comemoração aos 35 anos do Super Mario Bros, a Nintendo lançou uma série de jogos novos, com destaque para o Super Mario 3D All Stars, que vendeu 5,2 milhões de cópias em apenas 12 dias; na plataforma de vendas da Amazon o título é apenas superado pelo Animal Crossing: New Horizons, também da Nintendo. O apelo dos jogos icônicos ajuda a explicar o sucesso do console Switch, que desde 2017 já vendeu 68,3 milhões de unidades e caminha para superar o Wii como o hardware mais popular da historia da empresa.

Falando em títulos de sucesso, segundo a Ubisoft, o jogo Assasin’s Creed Valhala teve a melhor primeira semana de vendas da história da franquia; dois dias após o lançamento, o número de jogadores ativos já era o dobro da versão de 2018 (AC Odyssey). Se esse ritmo de crescimento continuar, as vendas podem totalizar 18 milhões de unidades no 1º ano.

Streaming: Mesmo com o recorde de vendas da nova geração de consoles, o setor também aposta em um futuro sem eles. Gigantes como Amazon, Google e Microsoft já investem no streaming de games (serviço pelo qual os jogos são processados na nuvem) e recentemente, o Facebook entrou na disputa com uma plataforma que será distribuída gratuitamente dentro da própria rede social. Apesar de ainda pouco explorado e dependente da qualidade da internet, as receitas de cloud gaming devem totalizar ~US$ 585 milhões (+245% a/a) e crescer mais de 8x até 2023, segundo a Newzoo, consultoria especializada no setor.

Socialização: Com as medidas de distanciamento em vigor, títulos como o Fall Guys (da Mediatonic) que têm o aspecto multijogador como característica chave ganharam destaque. Apenas em seu primeiro mês (agosto), o game foi jogado por 18 milhões de usuários no PS4 e transmitido por 113 milhões de horas via Twitch e Youtube.

O futuro do mercado

Segundo a Newzoo, o mercado de games deve faturar US$ 175 bilhões em 2020 (+20% vs. 2019), impulsionado pelas categorias Mobile (+26% a/a), consoles (+21%) e computadores (+6%); geograficamente, EUA e China respondem por 50% do mercado global e devem ser os principais catalisadores para seu crescimento. Estima-se que as receitas anuais totalizem US$ 218 bilhões em 2023, o que representaria um crescimento anualizado de 9,4% desde 2018.

Global Games Market Forecast Toward 2023 Coronavirus Impact
Fonte: Newzoo
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

Corretora Home Broker Autorregulação Anbima - Ofertas Públicas Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.