XP Expert

Fábrica da Tesla em Xangai restaura a produção semanal para 70% do nível pré-lockdown – 🌎Radar Global

Excesso de estoque das varejistas americanas, Foxconn prevê melhora na cadeia de abastecimento e Tesla retoma produção.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Bolsas internacionais amanhecem negativas (EUA -0,6% e Europa -0,5%) após dados da inflação da zona do euro atingirem um novo recorde, pressionando o Banco Central Europeu para uma possível aceleração do aperto monetário. Nos EUA, o foco ficará por conta da reunião do presidente, Joe Biden, com o líder do Federal Reserve, Jerome Powell, para discutir o estado da economia no país e global. Na Europa, a inflação da zona do euro atingiu a sétima máxima histórica consecutiva ao registrar 8,1% no acumulado anual em maio, fortemente impactada pelos preços de energia e alimentos. Na China, o índice de Hang Seng (+1,4%) encerra em alta com expectativas de novos estímulos após dados do PMI indicarem leve contração na atividade econômica no mês de maio. Por fim, o petróleo (+3,3%) amanhece acima dos US$ 123/barril em consequência da decisão dos líderes europeus de banir 90% das importações de petróleo russo até o final do ano.

Coronavírus: As autoridades de Xangai suspenderão o lockdown de dois meses da cidade à partir da meia-noite de quarta-feira, permitindo que carros particulares, incluindo táxis, voltem às estradas e as pessoas entrem e saiam livremente de conjuntos habitacionais de baixo risco. O transporte rodoviário e ferroviário também retomará as operações básicas a partir de 1º de junho, incluindo uma balsa que conecta distritos separados pelo rio Huangpu da cidade, disse o governo da cidade de Xangai em comunicado em sua conta oficial do WeChat.

Inscreva-se aqui para receber o nosso conteúdo diário.

EMPRESAS

Excesso de estoque das varejistas americanas? Grandes varejistas dos EUA, que recentemente se esforçaram para reabastecer as prateleiras em meio à escassez de produtos, divulgaram esta semana que suas lojas agora estão cheias de mercadorias, e alguns estão até fazendo o que era impensável há apenas alguns meses: descontar mercadorias não vendidas. É um sinal possível de mais problemas para as varejistas em meio à inflação crescente e preços mais altos da gasolina. Com os gostos dos compradores mudando rapidamente, muitos varejistas agora se encontram com um excedente de mercadorias, aumentando os custos.

Os estoques médios de varejo nos Estados Unidos estão subindo em um ritmo mais rápido do que o crescimento das vendas, de acordo com pesquisa do Citi sobre os resultados do primeiro trimestre de 18 varejistas em 22 de maio. Em 11 dos 18, os estoques aumentaram 10 pontos percentuais a mais do que as vendas, de acordo com o analista do Citi Paul Lejuez.

Essa é a maior lacuna desde antes do início da pandemia do coronavírus, ilustrando uma tendência que começou em março de 2022. Manter o excesso de mercadorias se torna caro à medida que os custos de armazenamento aumentam. As lojas e centros de distribuição do Walmart tiveram 32% mais mercadorias, a Target teve 43% mais mercadorias em comparação ao ano anterior e a Best Buy teve 9% mais mercadorias no primeiro trimestre, disseram os varejistas. A Macy’s disse em seus ganhos que os estoques de chamadas aumentaram 17% em relação ao mesmo período de 2021. O grande volume de produtos em estoque poderá acabar pressionando as margens das varejistas não só pelo custo de armazenamento, mas também pelas liquidações que provavelmente serão realizadas para reduzir o volume destes produtos armazenados.

Foxconn prevê mais estabilidade na cadeia de suprimentos para o segundo semestre: A Foxconn, a maior fabricante de eletrônicos contratados do mundo, disse na terça-feira que o segundo semestre do ano está indo “em uma direção melhor”, já que o bloqueio do COVID-19 de Xangai parece estar diminuindo. “Estamos bastante confiantes na estabilidade de nossa cadeia de suprimentos para o segundo semestre deste ano”, disse o presidente da Foxconn, Liu Young-way, na reunião anual de acionistas da empresa. Ainda assim, a empresa alertou este mês que a receita de seus negócios de eletrônicos, incluindo smartphones, pode cair neste trimestre devido ao aumento da inflação, resfriamento da demanda e crescentes problemas na cadeia de suprimentos, em parte devido a bloqueios na China.

Foco em veículos elétricos? A companhia também revelou que pretende se tornar a primeira fabricante de eletrônicos para veículos elétricos (EV) a reestabelecer totalmente sua produção, disse Liu, referindo-se à prolongada escassez global de chips que forçou as montadoras a interromper a produção e prejudicar a produção de smartphones, inclusive para a Apple, um grande cliente. “Um carro que custa dezenas de milhares de dólares não pode ser enviado por causa de um chip minúsculo que vale cinqüenta centavos. Isso tem sido uma dor para nossos clientes”, disse ele. A Foxconn pretende capturar cerca de 5% do mercado global de veículos elétricos até o final de 2025 e disse que espera aumentar sua capacidade de fabricar chips EV, muitos dos quais são pequenos circuitos integrados de baixo custo, incluindo aqueles usados ​​no gerenciamento de energia. .

A fábrica da Tesla em Xangai restaura a produção semanal para 70% do nível pré-lockdown: A Tesla (NASDAQ: TSLA, BDR: TSLA34) restaurou a produção semanal em sua fábrica de Xangai para quase 70% do nível em que operava antes dos lockdowns devido ao COVID-19 na cidade, de acordo com a Reuters. Trazer a produção de volta aos níveis anteriores tem sido um desafio para a Tesla na fábrica de Xangai, conhecida como Gigafactory 3, em meio ao lockdown contínuo do centro econômico chinês que forçou a fábrica a fechar por 22 dias. A montadora dos EUA, que adicionou um segundo turno de trabalhadores no meio da semana passada, deve aumentar ainda mais a produção nesta semana.

Embora o governo da cidade tenha dado uma ajuda significativa à Tesla para reabrir, a empresa enfrentou vários obstáculos, como trabalhadores insuficientes e problemas de logística que afetaram o fornecimento de peças. Após reabrir em 19 de abril, a fábrica da Tesla produziu 10.757 veículos até o final do mês, vendendo 1.512 deles, mostraram dados divulgados pela China Passenger Car Association. Isso em comparação com 65.814 carros vendidos em março e marcou o menor número de vendas desde abril de 2020, quatro meses depois que a fábrica começou a entregar carros fabricados na China. Ainda de acordo com a Reuters, as autoridades da cidade de Xangai vão começar a suspender condições que impediam que as empresas de produzirem normalmente a partir desta quarta-feira, enquanto procura começar a suspender o lockdown em toda a cidade que começou há cerca de dois meses e também introduzirá políticas para apoiar sua economia prejudicada.

ANÁLISE

Fonte: Bloomberg

Mercados de ações de tecnologia sofre com US$ 63 bilhões em saídas na Ásia: O gráfico acima, da Bloomberg, mostra que fundos estrangeiros venderam cerca de US$ 63bi em ações de empresas de tecnologia na Ásia, em países como Taiwan, Coreia do Sul e Índia, marcando a maior saída de fluxo desde a crise de 2008, uma vez que uma vez que as preocupações com o crescimento global estimuladas pelo aumento dos custos de empréstimos, aumento das taxas de juros e a guerra na Ucrânia minam o apetite por ativos de risco. Além disso, a inflação ao consumidor da Coreia do Sul atingiu uma alta de mais de 13 anos em abril. Enquanto isso, o Reserve Bank of India elevou sua principal taxa de empréstimo em 40 pontos base esta semana, para domar os crescentes preços no varejo. A maior saída ocorre em Taiwan, com investidores estrangeiros vendendo um total de cerca de US$ 28,1bi líquidos no acumulado do ano. Isso mesmo quando os fundos globais na semana passada compraram o maior número de ações em dois meses.

Quer saber mais sobre criptomoedas? Acesse aqui nosso relatório semanal.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nosso link de cadastro e nos avalie abaixo:

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.