XP Expert

Comentário Internacional: Resultados sólidos de Facebook, Microsoft e Tesla

Panorama diário, análises de cenário internacional e ações globais

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

CENÁRIO GLOBAL

Nesta manhã, mercados internacionais abrem estáveis, após fortes ganhos nos últimos 5 dias, enquanto investidores aguardam números de desemprego nos EUA e reunião do Banco Central Europeu. Futuros do S&P 500 nos EUA em leve queda de 0,3%, enquanto Europa cai 0,2%. Na Ásia, bolsas fecharam para cima; China +1,2% e Japão +2%.

Fonte: Bloomberg, XP Investimentos

Coronavírus: 3,24 milhões de casos confirmados e 228 mil mortes. FDA deve aprovar uso do Remdesivir da Gilead (+25% no ano) para tratamento.

Macro – EUA: Pedidos de seguro desemprego às 9:30h (exp. 3,5 milhões). PIB americano contraiu 4,8%, contra expectativa de queda de 4%, com consumo pior do que esperado. Europa: decisão monetária as 8:45h. PIB da França contraiu 5,8% (pior desde 1949), da Espanha caiu 5,2% e pedidos de auxílio desemprego na Alemanha aumentaram mais que todas as expectativas. São alguns dos piores números desde a Segunda Guerra, refletindo os efeitos da quarentena.

EMPRESAS

Temporada de resultados do 1T20 – Hoje reportam: Apple, Amazon, Twitter, Visa, McDonald’s, Comcast, Kraft Heinz, Gilead, Moody’s, Dow, BASF, Lloyds e Shell. Ontem:

Facebook: Positivo. A ação subiu 10% no after-market; são ~US$ 50bi de fluxo para o ativo, o equivalente a um Itaú. O faturamento com propagandas veio 17% maior que o ano passado, alcançando US$ 17,4bi, enquanto custos e despesas vieram apenas 1% maiores, resultando em lucro 100% maior no ano contra ano.

+ Lembrando que veio de base baixa (low comps); se desconsiderarmos o efeito dos US$ 3bi de multa no 1T19, teríamos contração de lucro de 20%. A margem foi prejudicada pelo aumento de despesas com vendas, marketing, pesquisa e desenvolvimento, que agora representam 39% das receitas (antes, 32%).

+ A empresa registrou 1,7 bilhões de usuários diários e 2,6bi de usuários ativos por mês, cada um gerando uma receita média de US$ 7 no 1T20, 9% maior que no ano passado.

Microsoft (+2,1% after-mkt): Positivo. “Dois anos em dois meses” é a descrição da CEO para o último trimestre, que registrou faturamento e lucro líquido 15% e 23% maiores ano contra ano, superando as estimativas do consenso em 3,5% e 9%, respectivamente. Destaque para o segmento de computação comercial na nuvem (Office 365, Azure, LinkedIn e Dynamics) com vendas 39% maiores.

+ O posicionamento estratégico da companhia ao ofertar Teams, Azure e Virtual Desktop permitiu que clientes e negócios operassem à distância e registrou aumento no tráfego de dados. A escalabilidade da empresa também é um diferencial que cria alavancagem operacional; enquanto a receita de serviços cresceu de US$ 15bi para US$ 19bi (+27%), o custo deste serviço cresceu apenas 13% e as despesas com vendas, marketing e administrativas apenas 9%.

Tesla (+8% after-mkt): Positivo. É a primeira vez na história que a empresa registra lucro (padrão GAAP) positivo em um primeiro trimestre, que é normalmente o trimestre mais fraco. Foi o melhor 1T em termos de produção e entregas, com 88 mil automóveis estregues, em linha com o esperado, com faturamento 32% maior contra o ano passado. Estrategicamente, continuam a migrar dos modelos S e X para os modelos 3 e Y, que são mais baratos, mas mais lucrativos.

+ A superioridade tecnológica continua em expansão; automóveis da Tesla percorrem 210km a mais que o melhor dos veículos eletrônicos dos concorrentes, o piloto automático agora reconhece a luz de semáforos e o motorista terá acesso à gravação de todas as câmeras frontais, laterais e traseiras.

Spotify (+12% no dia): Muito positivo. Crescimento de 31% de assinantes premium, totalizando 130 milhões, e superando expectativas de lucro (menor prejuízo) em 60%. Número de usuários se manteve amplamente constante, com exceção de países mais impactados como Itália e Espanha que viram redução.

Outros resultados:

AMD: Negativo. Lucro 2% maior que a expectativa, mas redução de guidance de crescimento para 20% a 30% em 2020. Faturamento veio puxado pelo forte desempenho de vendas de chips gráficos e de computação (+73% ano contra ano) e impactado negativamente pela menor demanda de chips de bancos de dados (-21% ano contra ano). A ação sobe mais de 90% nos últimos 12 meses e a demanda por chips de bancos de dados deverá vir maior com mais pessoas trabalhando de casa via Zoom e consumindo mais jogos eletrônicos.

Positivo: Boeing, Mastercard, Deutsche Bank, Barclays, Daimler, Volkswagen. Neutro: Ford, Tenaris, 3M, eBay. Negativo: GE, Samsung.

ANÁLISES DE MERCADO

Fluxo de investimentos:

i . Fevereiro: empresas “trabalhe em casa”.

ii . Primeiras duas semanas de março: empresas “fique em casa”.

iii . Fundo do mercado até 24 de abril: empresas que se recuperarão primeiro.

iv. A partir de 24 de abril: empresas que terão demanda maior no segundo trimestre.

Fonte: Morgan Stanley, TheMarketEar

Bom dia!

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.