Onde investir 2020: Confira os destaques do 1º dia de evento

Organizado pelo InfoMoney, o evento tem o objetivo de ajudar os investidores a tomarem melhores decisões financeiras


Compartilhar:


O primeiro dia do evento Onde Investir 2020, organizado pelo portal InfoMoney, abriu a discussão de como começar a investir e, em um segundo momento, sobre onde aplicar os recursos.

A primeira participação no evento foi marcada por Aquiles Mosca, executivo do BNP Paribas e especialista em finanças comportamentais, e Roberto Indech, analista-chefe da Rico Investimentos.

E no segundo painel, o coordenador de Alocação da XP, Felipe Dexheimer, conversou com a planejadora financeira Letícia Machado e o diretor do UBS Consenso, Guilherme Ferraioli, sobre diversificação.

Por onde começar a investir e como tomar melhores decisões financeiras

O tema desse painel já engloba praticamente tudo o que é importante saber para ter uma jornada saudável de investimentos. Os especialistas detalharam os primeiros passos e tiraram algumas dúvidas básicas do investidor que está iniciando.

Primeiramente, ambos disseram e reiteraram a inércia do brasileiro. Há um estigma por aqui de que é preciso estudar muito para investir ou de que ou se aplica tudo ou nada.

De acordo Aquiles Mosca, especialista em finanças comportamentais, é preciso primeiro poupar mais para investir mais antes de pensar em investir melhor. Isso por um simples fato: você nunca vai investir da melhor forma. A ideia de investir é sempre aprimorar e se adaptar às realidades e oportunidades.

Se você ainda não tem conta na XP, abra a sua aqui

“Todo mundo quer que o seu investimento renda melhor. Só que não adianta guardar muito pouco. Independência financeira vem do ato de poupar. E isso a gente percebe que não tem evoluído muito no passado recente”, afirma Mosca.

Combinando com o ato de poupar mais para investir cada vez mais, atenha objetivos, prazos e planejamento muito claros. E depois de delinear tudo isso, é hora de saber de si mesmo para investir melhor e sem traumas. Mas como assim traumas?

Não adianta alocar grande parte dos seus recursos em ações se você não tem estômago para aguentar o sobe e desce do mercado. Se o mesmo assim você não seguisse essa dica e investisse, é bastante possível que em algum momento haveria um trauma por causa de alguma perda momentânea de dinheiro ( e isso é normal em renda variável).

“Saiba, portanto, quanto de risco você quer em sua carteira”, diz o executivo do BNP Paribas.

Para Roberto Indech, os investidores só vão conhecer o perfil de investimento experimentando. Segundo ele, na prática o mercado pode mudar a cabeça, tanto para um lado como para o outro. Ou a pessoa fica mais conservadora ou procura mais riscos.

Ele diz que tem muita gente que se diz conservador por causa da taxa de juros alta do Brasil, nos últimos anos, e do comodismo que essa situação criava. “Agora, com 4,5% da Selic isso tende a mudar”, opina Indech.

Onde investir 2020: Erros mais comuns do investidor

Os especialistas compilaram alguns erros básicos que os investidores cometem:

  • Influência da performance passada: Esse é o principal erro. Para sair disso, precisa ser mais informado para passar por esses períodos de flutuação. Não é porque um fundo ou uma ação está na 1ª posição de rentabilidade em um ano que isso vai se sustentar.
  • Ancoragem: É quando um indivíduo compra um ativo em determinado preço. Deixa de lado o fundamento e fica preso em um valor de referência, mas não necessariamente foi o preço justo.
  • Efeito de manada: Seguir o que todo mundo fala sem pensar criticamente. Então, nesse caso, seria como se todo mundo estivesse falando para comprar dólar, mas sem ler, se informar ou entender por que isso ocorre.
  • A dica do amigo: Outro erro que muitos cometem é comprar alguns ativos sem ter a menor ideia do que está comprando. Geralmente são amigos e familiares próximos que indicam. Mas é preciso entender as características desse ativo antes de seguir a indicação.
  • Resgatar os recursos no susto: É muito comum se deparar com investidores que entram na Bolsa, por exemplo, e não conseguem ver uma queda que já correm para resgatar os recursos do fundo. Geralmente, esses fundos são focados no longo prazo. Portanto, não adianta se deixar levar por baixas pontuais.

Onde investir 2020 – A carteira ideal: onde aplicar o que você acumulou

Como um segundo passo em relação ao 1º painel, saímos do âmbito conceitual e fomos para uma parte mais prática. Afinal, onde investir e por que a diversificação é tão importante?

Explicando um pouco o cenário, a planejadora financeira Leticia Camargo diz que o brasileiro vai precisar tomar um pouco mais de risco. “Não precisa tirar tudo de um lugar para o outro. Bota um pezinho ali, espera mais um pouco. Depois coloca mais”, diz a especialista.

O coordenador de Alocação da XP, Felipe Dexheimer, concordou com a posição, ressaltando a cultura do brasileiro. “As pessoas tendem a pensar o patrimônio como um monobloco. Mas não! tem que fatiar e distribuir os investimentos. O importante é ter várias pecinhas que vão se balanceando”.

Para Dex, a principal mudança é que as pessoas vão ter que se preparar muito para se aposentar. “Se você investiu na poupança nos últimos três anos, você perdeu em 50% a sua capacidade de aumentar o patrimônio lá na frente”, revela Felipe Dexheimer.

Guilherme Ferraioli, diretor do UBS Consenso, também falou que o período é de total mudança. “Esse novo ambiente é onde a inflação vai comer o rendimento. Pensar um investimento como no passado é impossível”.

Sobre a alocação de investimentos, os especialistas falaram sobre as carteiras recomendadas, inclusive a da XP. Para saber onde nós recomendamos investir cada parcela do seu dinheiro, acesse o nosso conteúdo com todos os detalhes.

Abra sua conta na XP de forma gratuita e rápida. E, assim, antes de começar a investir, saiba de fato qual é o seu perfil de investidor e consulte nossos assessores de investimentos em caso de dúvidas sobre os produtos disponíveis para aplicação.

Portanto, abra uma conta na XP Investimentos que nós ajudamos você a chegar mais perto da independência financeira.

Se você ainda não tem conta na XP, abra a sua aqui.

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

BMF&BOVESPA

BSM

CVM