Radar Imobiliário XP #11

Bom dia, confira os principais acontecimentos de Fundos Imobiliários da semana.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Panorama da Semana

O IFIX fechou a semana em queda de -0,67%, impulsionado negativamente principalmente pelos fundos de logística e positivamente pelos fundos de recebíveis. Sobre os demais índices de fundos imobiliários da XP, o XPFI apresentou performance de -0,87%, o XPFT de -1,44% e XPFP de 0,05%.

No Brasil, a semana foi marcada pela edição da medida provisória com novas regras para o auxílio emergencial, que será pago por quatro meses a partir de abril. O benefício padrão será de R$ 250, com variações de acordo com a composição familiar.

Em economia, destaque para decisão do Comitê de Política Monetária do Banco Central (COPOM) em elevar 0,75 p.p. na taxa Selic, ficando em 2,75% ao ano. Além disso, houve também implementação de um “ajuste mais célere do grau de estímulo”, indicando um ajuste da mesma magnitude na próxima reunião, em maio. Os economistas da XP projetam mais uma alta de 0,75p.p. em maio, seguida de mais 3 altas de 0,50 p.p., levando a Selic a 5% antes do final do ano.

No âmbito dos fundos imobiliários, publicamos um relatório abordando o panorama do mercado de lajes corporativas, os impactos da crise da COVID-19, suas consequências e perspectivas para o segmento em 2021. Além disso, nele atualizamos as teses de investimentos dos fundos: Pátria Edifícios Corporativos (PATC11), Tellus Properties (TEPP11), JS Real Estate (JSRE11), Rio Bravo Renda Corporativa (RCRB11), BC Fund (BRCR11), CSHG Real Estate (HGRE11) e Vinci Offices (VINO11). Acesse aqui o relatório completo.

Por fim, no segmento de ações, iniciamos a cobertura das incorporadoras de médio e alto padrão: Lavvi (LAVV3; Compra e preço-alvo de R$11,50/ação), Melnick Even (MELK3; Compra e preço-alvo de R$9,00/ação), Trisul (TRIS3; Compra e preço-alvo de R$14,00/ação) e Even (EVEN3; Neutro e preço-alvo de R$13,00/ação). Além disso, retomamos a cobertura de Cyrela (CYRE3; Compra e preço-alvo de R$33,00/ação) e atualizamos nossas estimativas para EZTec (EZTC3; Compra e preço-alvo de R$48,0/ação). Vemos um cenário favorável para as incorporadoras de média e alta renda nos próximos anos, sustentado pelo maior acesso ao crédito e com taxas atrativas, forte demanda e baixos níveis de estoques nas incorporadoras, além da baixa alavancagem das empresas nesse início de um ciclo positivo. Confira o relatório completo sobre as companhias e nossa visão setorial.

Sexta-Feira | Dia 19/03

PATC11 – Positivo: Os Cotistas aprovaram a amortização no valor de R$ 49,9 milhões, equivalentes a R$ 14,35 por cota. Farão jus à respectiva parcela de amortização de cotas, cujo pagamento deverá ocorrer no dia 26 de março de 2021, todos aqueles que detiverem cotas do PATC11 no fechamento do mercado no dia 18 de março de 2021.

BTLG11 – Positivo: O fundo pagou parcela inicial no valor de R$149,7 milhões para os imóveis em Compromisso de Compra e Venda, divulgado em Fato Relevante no dia 10/02/21. Adicionalmente, resta o pagamento do saldo remanescente de R$50 milhões a ser pago no prazo de 12 meses, contados a partir da data de efetivação do Primeiro Pagamento. Por fim, com o pagamento da parcela inicial, o Fundo se tornou o único titular da propriedade e de todos os direitos sobre os Imóveis, de modo que fará jus à receita integral de aluguel, equivalente a R$ 0,08 por cota por mês. A Gestora estima que o portfólio represente um Yield de 9,60% no primeiro ano e 8,0% no momento do pagamento da segunda parcela com a referida aquisição.

BPML11 – Negativo: Em função dos efeitos relacionados à propagação do COVID-19 as autoridades competentes determinaram novas restrições de funcionamento dos shoppings da carteira do Fundo, com medidas que vão desde restrições de horário de funcionamento, até o fechamento completo de alguns ativos. Dado a baixa previsibilidade dos impactos que estas medidas causarão no resultado do Fundo nos próximos meses, a Gestora optou por não distribuir o rendimento mensal aos cotistas até que se tenha maior visibilidade quanto aos impactos no fluxo de caixa.

Quinta-Feira | Dia 18/03

BC eleva Selic a 2,75%, mas ativos de risco seguem na preferência de gestores; entenda por que (InfoMoney)

VISC11 – Negativo: Em complemento ao Comunicado divulgado no dia 15 de março de 2021, o Shopping Praia da Costa terá suas atividades suspensas a partir do dia 18 de março de 2021 até o dia 31 de março de 2021. As atividades consideradas essenciais permanecem autorizadas a funcionar, com exceção de domingos e feriados onde somente poderão atuar na forma de entrega (delivery). Com este novo fechamento, o portfólio do Fundo passa a operar com o equivalente a 14% do horário de funcionamento pré-pandemia.

Quarta-Feira | Dia 17/03

Qual o ganho de uma elevação de juro mais rápida hoje? (Valor)

FLRP11 -Negativo: Em complemento aos comunicados já divulgados, o Prefeito do Município de Florianópolis, decretou a suspensão das atividades e serviços não essenciais das 18 horas até às 6 horas do dia subsequente, no período de 16 à 23 de março de 2021. As demais operações do Floripa Shopping, permanecem inalteradas ao que havia sido informado anteriormente.

Terça-Feira | Dia 16/03

IGP-M em 30% leva a revisão de contratos de escritórios (Valor)

Locadores têm aceitado o IPCA, dizem gestores de fundos (Valor)

Só 5% dos shoppings operam plenamente (Valor)

TRNT11 – Negativo: o Fundo não recebeu de algumas de suas locatárias o pagamento do aluguel, referente à competência de janeiro/2021 com vencimento em fevereiro/2021. Desta forma, a distribuição de rendimentos foi impactada negativamente em, aproximadamente, R$ 0,04 por cota. Na nossa visão, o fundo monoativo vem sofrendo impactos da elevada taxa de vacância em seu ativo e, a inadimplência de um inquilino nesse contexto produz impactos significativos na distribuição de rendimentos mensais.

VISC11 – Negativo: O fundo informa que atualmente, seu portfólio opera com o equivalente a 25,6% do horário de funcionamento pré-pandemia. Sendo que alguns dos shoppings estão restritos apenas atividades essenciais.

Segunda-Feira | Dia 15/03

Mercado de escritórios de alto padrão termina 2020 com vacância alta e dúvidas (Folha de S.Paulo)

Mercado Imobiliário em novo estilo (Estadão)

VILG11 – Positivo: O fundo adquiriu 50% do empreendimento denominado “Parque Logístico Pernambuco”, que possui 70,2 mil m² de área bruta locável e encontra-se 100% locado. Os outros 50% do Ativo foram adquiridos pelo fundo Plural Logística Fundo de Investimento Imobiliário (PLOG11). O valor total da transação foi de R$ 66,4 milhões, pagos à vista. O Fundo passará a ter direito sobre o resultado operacional líquido (“NOI”) do Ativo, em regime caixa, a partir da presente data. O cap rate da transação foi de 10,1%. De acordo com as estimativas do fundo, a aquisição representa um incremento médio aproximado de R$ 0,036/cota ao resultado caixa do Fundo.

Últimos Relatórios

Carteira Recomendada de FIIs | Março 2021

7 Variáveis para ficar de olho em Fundos Imobiliários

Galpões Logísticos – Iniciando Cobertura em PATL11 e BTLG11 e Atualizando XPLG11, HGLG11, XPIN11 e SDIL11

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.