XP Expert

FIIs na Semana: inconsistências no balanço das Lojas Americanas afetam FIIs

Veja os FIIs que foram impactados negativamente pela inconsistência no balanço de Lojas Americanas

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Cotações

Gráfico de Cotação IFIX


Gostaria de receber esse conteúdo por e-mailClique aqui.
Gostou do conteúdo, tem alguma dúvida ou quer nos enviar uma sugestão? Basta deixar um comentário no final do post!


O IFIX fechou a semana em queda de -0,60%, impulsionado positivamente pelo segmento de Shoppings e negativamente pelo segmento de Recebíveis, enquanto o IBOV apresentou uma alta de 1,79%. Os FIIs de papel integrantes do IFIX tiveram desempenho médio de -0,57%, enquanto os FIIs de tijolo tiveram performance média de -0,15% na semana. Dentre os Fundos Imobiliários, a pior performance da semana foi o GGR Covepi (GGRC11), fundo que possui 19,9% da receita ligada às Lojas Americanas, companhia que nesta semana foi destaque pela notícia de que foram encontradas inconsistência em seu balanço.

Os rumos da política monetária global continuaram sendo destaque: dados de dezembro da preços ao consumidor americano (CPI) indicaram deflação de 0,1%, levando o acumulado em 2022 a 6,5%, número mais baixo para o indicador desde dezembro de 2021. Também nesta semana, o chairman do Fed, Jerome Powell realizou um discurso  mais modesto do que o esperado pelo mercado, sem sinalizações de maior magnitude de aumento da taxa de juros, mas mantido o tom duro em relação à inflação. A China deu passos adicionais na reabertura econômica, abandonando controles de fronteira pandêmicos. O relaxamento dos controles e afrouxamento da política monetária na China devem ser o principal estímulo à atividade econômica global em 2023, que já vem desacelerando como efeito das altas de juros promovidas pelo Fed, pelo Banco Central Europeu e outros.

No Brasil, o destaque da semana no campo econômico foi a divulgação do IPCA de dezembro, que mostrou um aumento de preços de 0,62% na comparação com o mês anterior e fechou o ano de 2022 com alta de 5,8%. A leitura refletiu aumento acima do esperado no grupo de bens industriais, em parte devido ao efeito da sazonalidade das festas de fim de ano, Black Friday e Copa do Mundo. A inflação de 2022 apresentou queda substancial em relação a 2021, como efeito da alta de juros e da normalização das cadeias globais de valor após a pandemia, mas permaneceu acima da meta. Enquanto isso, a atividade econômica continua desacelerando: a proxy mensal do PIB de novembro divulgada pelo Banco Central indicou retração de 0,6% no mês. As estimas de alta frequência da XP indicam leve queda do PIB no quarto trimestre de 2022 (-0,2%).

No noticiário político, as repercussões das invasões às sedes dos três poderes no dia 8 de janeiro foram o principal tema da semana, tendo provocado reação das principais autoridades e instituições brasileiras condenando o ataque. Do lado fiscal, o pacote anunciado por Haddad, que tem como objetivo aumentar a arrecadação para ajudar a reduzir o rombo nas contas públicas, inclui mudanças na regra para créditos de ICMS, revisão de contratos e gastos abaixo do autorizado no orçamento, entre outras medidas. O ministro também reforçou a volta do retorno das alíquotas de PIS/Cofins sobre receitas financeiras e gasolina/etanol neste ano e a utilização do fundo PIS/Pasep. O governo estima cerca de 243 bilhões a mais no saldo do governo central, mas ainda há muitas dúvidas sobre a aprovação e a eficácia dessas medidas. A XP espera impacto de 83 bilhões no resultado do governo central.

Por fim, no âmbito dos fundos listados, o destaque dessa semana foram as notícias relacionadas à inconsistência no balanço das Lojas Americanas, que já provocou queda no preço das cotas de fundos expostos à companhia. Ainda que seja cedo para falar em impactos nos aluguéis dos fundos imobiliários expostos à empresa, divulgamos um levantamento de todos os FIIs que podem vir a ser afetados caso ocorra alguma mudança na operação da companhia. Clique aqui para acessar o relatório completo.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.