Frontier Long Bias: diversificação sob medida para melhor compor a sua carteira

Produto inovador foi lançado pela Frontier Capital, gestora recém-construída por sócios com ampla experiência em investimentos, perfis complementares e histórico de alta performance.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Artigo escrito por Frontier Capital

Formada no final de 2020, a Frontier Capital tem como maior objetivo entregar aos seus investidores retornos diferenciados, descorrelacionados e sustentáveis ao longo do tempo. O nome da gestora está associado à sua busca pela fronteira do conhecimento e da inovação e por seu avanço em direção à fronteira eficiente de investimentos.

Os sócios da Frontier reúnem experiência, complementaridade e perfil para empreender:

  • Rodrigo Fonseca (CIO): ex sócio-gestor da Vertra, Pollux e ARX Capital, possui 25 anos de experiência no mercado financeiro e histórico de gestão de 12 anos em ações batendo a bolsa em 16% a.a. em termos brutos[1]. Foi premiado pela Revista Exame como melhor gestor de ações do Brasil em 2013.
  • Alexandre Cancherini (Gestor e Analista de Ações): ex Head of Equities do Santander Asset Management e ex analista da Itaú Asset e analista sell side na Merril Lynch, onde foi membro de equipe premiada pela Revista Institutional Investor. Possui 16 anos de experiência no mercado e é especialista em ações do setor financeiro e de saúde. Ex economista do Itaú Unibanco, Alexandre traz uma visão macro complementar para a estratégia de ações.
  • Jorge Dib Neto – Joca (Gestor Macro Global): mais de 20 anos de experiência de gestão macro em casas como ABN AMRO, ARX Capital, BRZ e Grau, tendo recebido prêmio 5 estrelas da Revista Exame e Invest Tracker pela gestão do fundo ABN AMRO FIF Sky. Joca trabalhou com Rodrigo quando ambos eram sócios da ARX Capital.
  • Eduardo Cotrim (Sócio e Analista de Ações): ex sócio e Head of Research da Garde, Eduardo trabalhou anteriormente na Franklin Templeton e no Itaú Asset, onde conviveu com Alexandre Cancherini. Acumula 13 anos de experiência em análise e investimentos em ações, sendo especialista no setor de consumo.
  • Reno Azevedo (Sócio e Analista de Ações): ex sócio da JGP onde ficou 15 anos. Reno é especialista nos setores de utilidades públicas e de siderurgia e mineração.
  • Luiz Albert Demarchi (COO): possui mais de 13 anos de experiência operacional em fundos na Western Asset e Santander Asset Management nas áreas de custódia, administração e controladoria.

A gestora nasce com duas estratégias de investimento: Renda Variável Long Only e Long Bias.

Através de uma carteira concentrada em 10 a 20 empresas, o fundo Frontier Long Only FIC FIA busca ter exposição às melhores oportunidades de investimento em renda variável com uma visão de longo prazo, independentemente de sua participação no índice Ibovespa. A visão de longo prazo, profunda e estrutural, é complementada por um olhar oportunístico para riscos e catalisadores de curto e médio prazo, viabilizando gerar retornos diferenciados. A Frontier Capital explora o risco potencial de ganho em seleção de ações existente no Brasil através da cobertura seletiva de empresas, viabilizando maior profundidade e enfatizando fontes primárias de informação potencializadas por sua rede de relacionamentos. A gestora concentra sua pesquisa fundamentalista nas vantagens competitivas, qualidade da gestão e posicionamento ESG das empresas analisadas. A análise micro é complementada por um olhar macro, identificando oportunidades e riscos macro setoriais e influenciando as prioridades de pesquisa.


[1] Track record do gestor Rodrigo Fonseca calculado através de dados públicos da CVM para o fundo Pollux Ações FIC FIA (de 22/out/08 até 23/mar/13) e Vertra FIC FIA (de 4/out/2013 até 30/jun/2020), com resultado brutos de taxas comparados a uma cesta com 80% de ações (metade Ibovespa e metade Small Caps) e 20% de CDI. Vale ressaltar que a equipe da Frontier Capital é distinta das da Vertra Capital e da Pollux Capital, e que performance passada não garante performance futura.

Abaixo a performance do fundo desde julho de 2018, período em que foi gerido por Rodrigo Fonseca mesmo antes da formação da Frontier Capital no final de 2020:

O Frontier Long Bias FIC FIA – recém-lançado na plataforma da XP – é um fundo inovador, que combina defensividade, alto retorno e diversificação global. Ele se beneficia plenamente dos ganhos de seleção de ações da carteira do Frontier Long Only, mas se utiliza de posições vendidas em uma cesta de ações e índice, reduzindo pela metade o risco de bolsa Brasil. Além disso, sem cobrar nenhuma taxa de administração adicional, o fundo agrega uma carteira macro global especialmente desenhada para lidar com as mais diversas condições do ciclo econômico (PGD = Portfolio Global Diversificado). O PGD é direcionado para países desenvolvidos e combina índices de ações, títulos do tesouro, ouro e commodities, que nos últimos 25 anos teve retornos expressivos em qualquer janela de 3 anos, acumulando uma média de 7,5% de retorno anual além da renda fixa.

Fonte: Frontier Capital

Além de adicionar retorno, o PGD tem um papel importante na redução de riscos do fundo, através da exposição cambial, que é calibrada pela gestão macro da Frontier Capital. No exemplo abaixo para um fundo com 50% de Ibovespa e 50% de CDI, a adição de 40% do PGD com 25% de dólar, além de ter agregado mais de 2% a.a. na cota, teria também reduzido em 1/3 as perdas máximas da carteira. Com destaque para o seu desempenho na COVID em março de 2020, que teria sido positivo.

Fonte: Frontier Capital

A gestora considera o fundo uma ótima opção para quem inicia investimento em bolsa, mas quer evitar a oscilação de um fundo tradicional de ações, sem abdicar de retornos atrativos.

Para mais informações…

Disclaimer

As análises, opiniões, premissas, estimativas e projeções feitas neste conteúdo são baseadas exclusivamente na opinião do Gestor de Valores Mobiliários indicado acima. Este material não deve ser considerado um relatório de análise para os fins da Resolução CVM 20/2021. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é para uso exclusivo interno da XP Investimentos, não pode ser reproduzido ou redistribuído para qualquer outra pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento por escrito da XP Investimentos. A XP Investimentos e/ou qualquer outra empresa de seu grupo econômico não se responsabilizam por quaisquer decisões, de investimento ou de outra forma, que forem tomadas com base nas informações aqui divulgadas.

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.