Por que é a sua hora na Renda Fixa?

Camilla Dolle, Analista de Renda Fixa da XP, dá um panorama sobre o cenário atual com tudo o que você precisa saber sobre Renda Fixa


Compartilhar:


O ano de 2020 vem sendo marcado pela crise do Covid-19 e suas consequências nas economias pelo mundo. As expectativas para o cenário econômico brasileiro mudaram desde janeiro, quando esperávamos crescimento anual do PIB e, com isso, tivemos mudanças também nos juros.

 Iniciamos 2020 com a taxa Selic a 4,5% a.a. e chegamos em julho a 2,25%. Com sucessivos cortes, muitos decretaram a morte da renda fixa, mas este obituário é para lá de fictício.

Por que a renda fixa vive?

A renda fixa oferece uma grande variedade de produtos, que atendem os mais diferentes objetivos e perfis de investidor, oferecendo bons retornos. É importante termos em mente que renda fixa não é sinônimo de Selic. Na XP, são poucos os produtos que rendem 100% da taxa básica de juros, e geralmente são utilizados para compor a reserva de emergência dos clientes.

Vale lembrar que, mesmo em um momento em que os mercados parecem voltar ao otimismo, continuamos com incertezas para o médio prazo. Além disso, imprevistos podem acontecer e, portanto, não podemos deixar de ter uma reserva de emergência em ativo de alta liquidez e segurança.

Feita a reserva, é hora de buscar retornos, o que pode ser obtido através de diversificação. E isso não significa pular para outras classes de ativos.

Vamos observar a curva de juros futuro (DI) em dois momentos: i) fim de dezembro de 2019; e ii) 30 de junho de 2020.

O que vemos é que a curva sofreu inclinação. Ou seja, as expectativas para a taxa de juros no futuro são hoje muito mais altas do que as de curto prazo em relação ao diferencial observado no início do ano.

Com isso, para os investidores dispostos a aplicar em ativos mais longos, as suas rentabilidades esperadas estão em média mais altas do que ao final de 2019. E, sim, isso continua sendo renda fixa!

Além desse fator, as incertezas do mercado levaram os prêmios de risco dos ativos a subirem, gerando boas oportunidades. Isso significa que os investidores recebem maior rentabilidade por conta do cenário mais incerto, inclusive em ativos de empresas mais sólidas.

Por estes motivos, estamos convictos que a renda fixa continua viva, extremamente importante e, inclusive, muito rentável. Basta saber escolher aquela opção que melhor se adequar aos seus objetivos!

Agora que você já sabe o que esperar dos investimentos em Renda Fixa, não perca tempo e invista com a XP.


Importante: CRI, CRA, FIDC e Debêntures não contam com a garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC). CDB, LC, LCI e LCA contam com a garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), que garante a devolução do principal investido acrescido de juros referente a rendimentos, na hipótese da incapacidade de pagamento da instituição financeira, até o limite de R$ 250mil por CPF ou CNPJ, por conjunto de depósitos e investimentos em cada instituição ou conglomerado financeiro, limitado a R$ 1.000.000,00 a cada período de 4 anos, para garantias pagas para cada CPF ou CNPJ. Para mais informações, acesse o site do FGC: www.fgc.org.br Os riscos da operação com títulos de renda fixa estão na capacidade de o emissor (governo, em se tratando de títulos públicos, empresa ou instituições financeiras, em se tratando de títulos privados) honrar a dívida (risco de crédito); na impossibilidade de venda do título ou na ausência de investidores interessados em adquiri-lo (risco de liquidez); e na possibilidade de variação da taxa de juros e dos indexadores (risco de mercado). Em se tratando de título privado, o risco de mercado inclui, ainda, o chamado prêmio do risco, que é aquele inerente à capacidade de pagamento da emissora do título. Muito importante a adequada compreensão da natureza, forma de rentabilidade e riscos dos títulos de renda fixa antes da sua aquisição. Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura. Para informações e dúvidas sobre produtos, contate seu assessor. Para reclamações, contate nossa ouvidoria no telefone 0800 722 3730.

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

Corretora Home Broker Autorregulação Anbima - Ofertas Públicas Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM