XP Expert

Revolução do impacto: o mercado acordou?

Acordar é a primeira onda da transformação nessa revolução de impacto, mas os problemas que a pandemia evidenciou demandam ações em conjunto mais rápidas, eficientes e integradas entre governo, iniciativa privada e a população.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

A pandemia trouxe uma lente de aumento para os principais problemas estruturais do Brasil e do mundo. Em todas as crises que a humanidade viveu, tiramos proveito para reflexões, aprendizados e avanços, sobretudo de cunho industrial e tecnológico.

Apesar de atualmente também vivenciarmos uma época de forte revolução tecnológica e de acelerada transformação digital, há algo maior sendo despertado no mundo em que vivemos: a revolução do impacto, e é dessa maneira que conseguiremos evoluir como indivíduos e nações, por meio de uma consciência e uma força comum em torno de uma agenda sustentável.

Demorou para acontecer de forma nítida, mas o setor financeiro e corporativo acordou.  Vimos um despertar da importante cultura da solidariedade. Empresas parecem ter cada vez mais interesse em interagir, de forma a criar um ambiente de maior preocupação com os impactos sociais e ambientais no contexto em que estão inseridas.

“Acordar é a primeira onda da transformação nessa revolução de impacto, mas os problemas que a pandemia evidenciou demandam ações em conjunto mais rápidas, eficientes e integradas entre governo, iniciativa privada e a população.”

Um documento assinado recentemente por ex-ministros da Fazenda e ex-presidentes do Banco Central mostra que só haverá recuperação econômica se problemas sociais e ambientais forem mitigados e até zerados. A carta em questão, que foca na convergência desses fatores, é um avanço em prol do desenvolvimento sustentável brasileiro, mas precisamos ir além da cultura do baixo carbono e de escritos em um papel para de fato mudar as circunstâncias que presenciamos.

Obviamente, as questões climáticas talvez estejam no centro de todos esses esforços, mas precisamos dessa mesma atenção prioritária para questões tão urgentes quanto essas, que estão claras, diante dos nossos olhos, e que podem acabar com o futuro de milhões.

Vemos o desemprego em massa causado pela pandemia, que aprofundará a desigualdade socioeconômica com a perda de renda. Estamos com as mãos atadas diante das paralisações nas escolas, principalmente as públicas, nas quais a maioria dos alunos sequer possui um computador para acompanhar as aulas, perdendo um ano letivo inteiro. Na parte ambiental, os retrocessos ao descuidar do nosso entorno se refletem em desmatamento recorde da Amazônia e queimadas sem precedentes no Pantanal.

Que há uma importante e necessária revolução de impacto a ser feita, isso é inegável. Mas a boa notícia é que essa maratona a ser percorrida começa a ter tração e um horizonte ao longo da estrada.

A importância desses pilares levou o mercado financeiro a acordar e incorporar essa nova ótica na análise para seleção de ativos, integrando critérios na avaliação do preço, penalizando corporações relevantes em índices locais por não possuírem boas práticas ESG e colocando algumas empresas, que fazem a lição de casa, no mapa de bolsos ainda não acessados pelos investidores. 

A exigência por parte dos stakeholders cria um ecossistema da agenda ESG em cadeia. Plataformas financeiras digitais, que fazem o mercado operar e girar, demandam uma visão sustentável de seus parceiros. O mercado institucional e os investidores, que, por sua vez, utilizam os direitos de voto e a influência para mudar isso dentro das empresas através de políticas de stewardship e engajamento.

Acordar é a primeira onda da transformação nessa revolução de impacto, mas os problemas que a pandemia evidenciou demandam ações em conjunto mais rápidas, eficientes e integradas entre governo, iniciativa privada e a população.

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

O conteúdo publicado não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/18, tem caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como sendo material promocional, solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Os prazos, taxas e condições aqui contidas são meramente indicativas. As informações contidas nesta página foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP”) não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. O conteúdo também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As informações de terceiros disponibilizadas nesta página não refletem a opinião da XP, nem de nenhuma das empresas do Grupo XP Inc., de modo que ela não se responsabiliza pela veracidade, exatidão e correção das informações. Os instrumentos financeiros discutidos podem não ser adequados para todos os investidores. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Recomenda-se uma profunda análise das características, prazos e riscos dos investimentos antes da decisão de compra/venda/aplicação/resgate. É expressamente recomendada a leitura do Regulamento, prospecto, edital e demais materiais de divulgação antes da decisão de investimento, com especial atenção aos fatores de risco. A XP não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura. Esse material destinado a rede de relacionamento da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP.

B3 Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.