Os ensinamentos do megainvestidor Warren Buffett

O que está pensando o mega investidor Warren Buffet? Analisamos a reunião anual da Berkshire Hathaway e trazemos os 5 maiores ensinamentos do investidor que gerou mais de 20% de retorno médio anual desde 1964.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

$100 dólares investidos no índice S&P500 em 1964 teria rendido 19,784% para o investidor até 2019. Os $100 teriam se transformando em US$18,905, um rendimento anual respeitável de 10% ao ano. Os mesmos US$100 investidos nas ações Berkshire Hathaway em 1964, por outro lado, teriam se transformado hoje em US$2,2 milhões. Isso se traduz em 2,744,062% (!) de rendimento total, ou uma média absurdamente alta de 20,3%a.a, o dobro do rendimento do índice S&P500 no período.


Assista no link acima a Live da XP discutindo os momentos mais importantes da reunião anual da Berkshire Hathaway. Com Fernando Ferreira, estrategista-chefe da XP, Rafael Furnaletti, Diretor Institucional da XP, Betina Roxo, analista de ações da XP, e os convidados Denise Pondé, da ARX, Natalie Victal, da Garde, e Florian Bartunek, da Constellation.

Poucos investidores tiveram tanto sucesso por tanto tempo. Por isso que no mundo dos investimentos muitos de nós paramos todos os anos para escutar as sábias palavras do megainvestidor Warren Buffett e do seu Vice Chairman de longa data, Charlie Munger, durante as reuniões anuais da Berkshire Hathaway, que já ocorrem há décadas.

Essas reuniões se tornaram uma grande festividade, levando dezenas de milhares de pessoas todos os anos à Omaha, em Nebraska, para presenciar a reunião ao vivo. A reunião de 2020 ocorreu no último sábado, 2-Maio.

Esse ano, porém, tivemos algumas grandes mudanças na reunião anual: 1) a reunião foi 100% online, sem a usual platéia de milhares de pessoas e 2) Charlie Munger, o Vice Chairman da Berkshire, hoje com 96 anos, não estava ao lado de Warren (89). Charlie vive na Califórnia, e Warren deixou claro já no início da reunião que Charlie está bem de saúde, mas eles não acharam seguro que ele viajasse até Omaha para participar da reunião. Ao lado de Warren Buffett estava Greg Abel (57), o líder de toda a área fora da seguradora da Berkshire Hathaway, e uma das pessoas cotadas para liderar a Berkshire no futuro.

As principais mensagens da reunião anual foram:

1) Otimismo com ações no Longo Prazo

Warren Buffett soltou frases célebres durante a sua apresentação de quase 5 horas, como de costume. Várias delas referenciavam o fato que o investidor não sabe o que acontecer[a com os preços das ações nos próximos dias ou meses, mas que ações continuarão sendo um investimento ganhador no longo prazo. Alguns exemplos desse otimismo:

“Ações vão performar melhor que os bonds (títulos do governo) de 30 anos que estão rendendo 2%a.a, vão performar melhor que o caixa que está em baixo do seu colchão”.

“As pessoas acham que já que as ações são cotadas em bolsa, que você tenha que ter uma opinião sobre o preço delas minuto a minuto. Isso de olhar o preço todos os dias não exste quando você tem uma fazenda. Você compra uma fazenda pensando quanto ela vai produzir todos os anos, e é assim que você tem que pensar quando compra uma ação.”

“Não sei se as ações vão subir ou cair no próximo dia, mês ou ano. Mas espero que pessoas saibam que estão comprando um pedaço das empresas quando compram ações, e não fichas de aposta (em um cassino).”

2) Otimismo com a economia Americana

Uma outra novidade nas reuniões anuais da Berkshire foi que Warren usou slides pela primeira vez. A formatação dos slides, porém, não estavam exatamente no século XXI, e geraram uma série de Memes na internet. Warren não precisa se preocupar com esses pormenores.

Já no início da sua apresentação, Buffett demonstrou a incrível história de crescimento e geração de riqueza dos EUA, um país com apenas 231 anos. Isso se compara a sua idade e de Charlie Munger somadas em 185 anos.

Em 1790, os EUA tinham uma população de apenas 3.9 milhões de pessoas, sendo que 600 mil eram escravos. A riqueza total do país foi estimada for Buffett em US$1 bilhão à época. Hoje, o país conta com uma riqueza bem acima de US$100 trilhões. Ou seja, US$100,000 para cada US$1 da época.

Hoje os EUA é a maior economia do mundo e avançou muito nos últimos 231 anos, mas ainda há um longo caminho a percorrer à frente, segundo Buffett.

Aqui Warren usou o slide que fez mais sucesso durante a sua apresentação:

“Nunca aposte contra a América”

3) Cautela no curto prazo

Apesar do otimismo com os EUA e o mercado de ações no longo prazo, ficou evidente em suas palavras e nas atitudes tomadas pela Berkshire durante o 1o trimestre de 2020 que a preocupação com o cenário atual é alta.

Warren passou mais de 15 minutos descrevendo a crise de 1929 e a guerra civil americana (1861-65), na qual morreram mais de 6% dos homens do país. Na crise de 1929, o mercado americano caiu 48% de Setembro de 29 até Novembro, para depois subir 20% até Agosto de 1930. Até ali todos achavam se tratar de uma recessão comum, e ninguém esperava que aquilo podia se tratar de uma depressão econômica.

Porém, o que se viu foi o índice Dow Jones cair mais 80%, e cair 89% desde o pico em 1929. Além disso, o índice demorou mais de 20 anos para recuperar o nível anterior à crise.

Segundo Warren, a comparação de 1929 com a crise atual se deve pois hoje a incerteza ainda é muito elevada em relação ao cenário atual, e não dá para se ter certeza do que iremos enfrentar pela frente como consequência do coronavírus. Buffett repetiu mais de uma vez que os custos econômicos das quarentenas e fechamento repentino da economia ainda são desconhecidos, sugerindo que possam haver impactos de longo prazo – que ficarão após a reabertura da economia.

Segundo ele, o vírus ditará essa reabertura, e caso haja uma nova onda de casos a economia pode ter que fechar novamente.

4) Venda da participação das companhias aéreas

Um dos pontos que mais chamou a atenção da imprensa e de vários investidores foi a venda da participação da Berkshire Hathaway nas empresas aéreas. Quando a notícia saiu inicialmente há algumas semanas atrás, não se sabia se a Berkshire havia reduzido suas posições ou saído totalmente delas. Buffett confirmou que a venda foi completa das suas posições nas quatro maiores companhias aéreas americanas, que segundo ele, “foi um erro”. Segundo ele, a Berkshire se desfez das ações por um preço muito menor do que comprou.

Warren mencionou que as empresas se encontravam em um bom momento operacional e são muito bem geridas. Porém, segundo ele, esse é um dos setores que o futuro é bastante incerto. Isso porquê com a adoção maior de tecnologia, a demanda por viagens (principalmente corporativas) deve diminuir no mundo pós COVID. Isso criará um excesso de oferta de aviões e assentos, pressionando os preços das passagens, e as finanças das companhias do setor.

5) Aumento do caixa

Uma grande pergunta que vários investidores tinham é porque a Berkshire aumentou o seu caixa em US$10 bilhôes durante o trimestre, acumulando um caixa total de US$137 bilhões. Durante o 1o trimestre de 2020, a Berkshire comprou US$450 milhões em ações, não recomprou suas próprias ações apesar do preço ter caído 30%, e vendeu US$6,5 bilhões em ações das empresas aéreas. Não recomprar suas ações foi uma surpresa para vários investidores, dado a forte queda nos preços ao longo do trimestre e o vasto caixa que a Berkshire possui. No ano, as ações da Berkshire acumulam queda de 19%, contra -3.9% do índice S&P500.

Segundo Warren, recomprar ações da Berkshire Hathaway hoje não está melhor que há 3 ou 6 meses atrás. Segundo ele, o valor intrínseco dessas ações também diminuiu, e não só preço delas. Segundo ele, o valor das empresas que a Berkshire investe e controla diminuiu durante a pandemia, includindo o investimento no setor aéreo, que ele assumiu ter sido um erro de sua parte.

Para quem quer saber e estudar mais sobre Warren Buffett, recomendamos:
1) Ler os inúmeros livros que foram escritos sobre ele, como por exemplo “A Bola de Neve” – Warren Buffett e o negócio da vida;
2) Ler as cartas anuais da Berkshire Hathaway (veja todas as cartas da Berkshire Hathaway aqui), e
3) Assistir ao documentário “Becoming Warren Buffett”, disponível no Youtube legendado em Português.
4) Veja aqui os 7 livros recomendados por Warren Buffett

Quer investir nas ações da Berkshire Hathaway?

As ações da Berkshire Hathaway são listadas na B3 via uma BDR (Brazilian Depositary Receipt), sob o ticker BERK34. O investimento em BDRs no Brasil é, por enquanto, limitado apenas para investidores qualificados.

Quer saber mais sobre BDRs? Leia mais nesse artigo “Investindo no exterior: Entenda os BDRs

Abra sua conta na XP Investimentos e conte com o nosso time especializado de assessores.

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.