XP Expert

Ibovespa em alta com desfecho nas eleições do Congresso e Mario Draghi volta ao palco político Europeu

Tudo o que você precisa saber sobre os mercados nacional e internacional, com análises econômicas e políticas sobre fatos que podem impactar seus investimentos.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail
Clique para ouvir

IBOVESPA 0,6% | 118.234 Pontos

CÂMBIO -1,6% | 5,36/USD

O que pode impactar o mercado hoje

O Ibovespa fechou em alta de 0,6% ontem, a 118.234 pontos, na esteira do otimismo no cenário político doméstico com o desfecho das eleições nas Casas Legislativas. No mesmo tom, as taxas futuras de juros fecharam o dia de ontem em queda. Agentes do mercado demonstraram alívio, o que pode ser explicado pelo fato de que ambas as disputas foram ganhas com placar confortável pelos candidatos preferidos por Jair Bolsonaro, indicando que votações importantes ao governo podem sair do papel. Ajudaram também no movimento de alívio o ambiente externo favorável e o leilão bem-sucedido de NTN-Bs, mesmo com oferta de lote grande. DI jan/22 fechou em 3,36%; DI jan/24 encerrou em 5,7%; DI jan/26 foi para 6,58%; e DI jan/28 fechou em 7,1%.

Nessa manhã, mercados globais seguem em alta (EUA +0,4% e Europa +0,6%). A combinação entre fortes resultados de empresas de tecnologia (Amazon e Google ontem), aliado a expectativas de que mais um pacote fiscal seja aprovado nos EUA alimenta o apetite ao risco do investidor.

Sobre o pacote de estímulos norte-americano, senadores democratas aprovaram nesta terça-feira a abertura do debate sobre uma resolução orçamentária para o ano fiscal de 2021. A resolução acelera o processo de análise do pacote, e permite que ele seja aprovado por maioria simples, ao invés dos 60 votos geralmente requeridos. Vale lembrar, no entanto, que alguns pontos do projeto, como o aumento do salário mínimo, não devem ser aprovados dessa forma. Ainda nos EUA, a nova Secretária do Tesouro Janet Yellen se encontrou com reguladores para discutir os recentes acontecimentos que trouxeram volatilidade aos mercados.

Enquanto isso, na Europa, o ex presidente do ECB Mario Draghi foi convocado para ser novo Primeiro Ministro da Itália. A notícia animou os mercados europeus. Já a inflação ao consumidor veio acima do esperado na Zona do Euro em Janeiro, marcando 0,9%, e com o núcleo da inflação atingindo 1,4% – o maior nível em 5 anos. O ISM serviços será divulgado esta manhã, e o mercado prestará atenção especial em seu componente de emprego.

No Brasil, as atenções estão voltadas para os resultados das reuniões entre os novos presidentes da Câmara, Arthur Lira, e do Senado, Rodrigo Pacheco, com Jair Bolsonaro. Os parlamentares se encontram às 9h e, às 9h30, seguem ao Palácio do Planalto. A expectativa é a de definição de alguns pontos de prioridade para a retomada do ano legislativo, com foco em vacinação e enfrentamento da pandemia. Há expectativa sobre sinalizações para a agenda econômica.

No noticiário político econômico, o jornal Folha de São Paulo reporta que a prioridade da economia será a PEC Emergencial e a criação do IVA Federal. Temas polêmicos como a criação de um imposto digital aos moldes da CPMF e a privatização da Eletrobrás ficarão para um segundo momento. Na seara dos indicadores, a produção industrial de dezembro ficou bem acima do esperado, crescendo 0,9% no mês. O resultado foi positivo em diversos setores, especialmente mineração e produção de máquinas e equipamentos.

Finalmente, na agenda política do dia, a Câmara elege nesta manhã os cargos de vice-presidentes e secretários, depois de acordo para incluir partidos de oposição em duas das seis posições de comando da Casa.

Tópicos do dia

Agenda de resultados

Santander (SANB11): Antes da abertura
Bradesco (BBDC4): Após o fechamento
Temporada de Resultados do 4° Trimestre – O que esperar?
Calendário do 4T20

Clique aqui para saber mais

Internacional

  1. Política internacional:  Senadores democratas tomas primeiros passos para aprovação de pacote de estímulo sem apoio republicano
  2. Petróleo: Alta dos preços intensificada por Comitê Técnico da OPEP+ e queda dos estoques nos UEA
    Acesse aqui o relatório internacional

Empresas

  1. Santander Brasil (SANB11): Resultado em linha com as expectativas | Revisão 4T20
  2. Petrobras (PETR4): Produção mais fraca no 4T20 em função de um maior número de paradas de manutenção
  3. Vale (VALE3): Procurador-geral de MG aponta para possível acordo entre a Vale e o MPMG


Veja todos os detalhes

Internacional

Política internacional:  Senadores democratas tomas primeiros passos para aprovação de pacote de estímulo sem apoio republicano

  • As negociações pelo pacote estímulo à economia americana continuam em destaque na seara internacional. Senadores democratas aprovaram nesta terça-feira (2) a abertura do debate sobre uma resolução orçamentária para o ano fiscal de 2021. A resolução acelera o processo de análise do pacote, e permite que ele seja aprovado por maioria simples, ao invés dos 60 votos geralmente requeridos. Vale lembrar, no entanto, que alguns pontos do projeto, como o aumento do salário mínimo, não devem ser aprovados dessa forma;
  • Em conversa virtual com os senadores de seu partido, o presidente americano, Joe Biden, reforçou a importância de aprovar o pacote e disse considerar que um projeto muito enxuto teria impacto mais negativo para a economia do que projeto com um valor muito alto.

Petróleo: Alta dos preços intensificada por Comitê Técnico da OPEP+ e queda dos estoques nos UEA

  • Ontem o preço de petróleo (Brent) fechou em alta de +2,0% atingindo US$57,46/barril. A alta se intensificou após o relatório do American Petroleum Institute (API) informar que os estoques de petróleo dos EUA caíram -4,3 milhões de barris/dia (mbpd) na semana passada;
  • Também destacamos a reunião de ontem do Comitê Técnico da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (OPEC+), na qual se discutiu o fato de que o mercado de petróleo pode ficar deficitário ao longo deste ano. A organização deu a entender que os estoques globais de petróleo cairão abaixo da média de cinco anos em junho. Deverá ocorrer um painel ministerial da OPEP+ hoje (03/02), mas não são esperadas mudanças de recomendação para a produção do grupo dos maiores produtores de petróleo globais;
  • Adicionalmente, o relatório oficial de fornecimento da Agência de Informação de Energia dos EUA (EIA) deve ser publicado hoje às 11:30 da manhã (horário de Brasília), com expectativas do mercado de um aumento de +0,446 milhões de barris nos estoques dos EUA. Os estoques de petróleo dos EUA reduziram -9,910 milhões de barris na semana passada, resultado mais positivo que as expectativas de mercado de um aumento de +0,430 milhões de barris. Uma redução de estoques acima do esperado é vista como positiva por indicar uma menor oferta em relação à demanda. Por outro lado, houve um aumento de +2,470 milhões de barris nos estoques de gasolina nos EUA, o que foi visto como negativo por estar acima das expectativas do mercado;
  • Nessa manhã de quarta-feira, a commodity opera em território positivo em alta de +0,80% em US$57,92 barril (Brent). 

Empresas

Santander Brasil (SANB11): Resultado em linha com as expectativas | Revisão 4T20

  • O Santander Brasil acaba de reportar resultados em linha com as expectativas, com lucro de R$ 4,0 bilhões (vs. R$ 4,1 bilhões do XPe e R$ 3,8 bilhões das estimativas da Bloomberg), implicando em ROE de 20,4%;
  • O resultado foi impulsionado positivamente pelas menores despesas com pessoal, que vieram 8% abaixo de nossas expectativas de R$ 2,2 bilhões, uma vez que o banco vem reduzindo seu quadro de funcionários de forma consistente. Além disso, menores provisões também impactaram positivamente os lucros, porém devem ser vistas com cautela pelos investidores. O banco consumiu 10 p.p. em índice de cobertura de 90 dias para 290%, embora o índice de inadimplência tenha permanecido estável em 2,1%;
  • Destaque também para: i) o programa de recompra de ações, que deve ter como meta ~10% de seu free float e pode ajudar no desempenho das ações do banco durante o pregão; e ii) a recomendação positiva da Diretoria Executiva para a cisão da Getnet (unidade de adquirente do banco);
  • No geral, acreditamos que o banco deve negociar em linha com o índice IFNC considerando apenas os resultados do 4T20 e reiteramos nossa recomendação Neutra e preço-alvo de R$ 32, pois vemos os múltiplos do banco altos quando considerados o nível de disrupção do setor bancário e os múltiplos de seus pares. Clique aqui para acessar o relatório completo.

Petrobras (PETR4): Produção mais fraca no 4T20 em função de um maior número de paradas de manutenção

  • Nesta terça-feira (02), a Petrobras publicou o seu relatório de produção e vendas referente ao 4T20. A produção total da Petrobras no trimestre foi de 2.637 kboed, uma redução de -10,2% em relação aos níveis do 4T19;
  • Segundo a companhia, a redução foi atribuída à retomada da campanha de paradas de manutenção com a realização de grande parte daquelas que não puderam ser efetuadas no 2T20 e no 3T20 em função da pandemia. Apesar disso, a produção total de 2020 da companhia foi de 2,836 kboed, +2,4% acima do ano anterior e praticamente em linha (-1,4%) com a nossa estimativa de 2,876 kboed;
  • Já no refino, a produção total da Petrobras no 4T20 foi de 1.898 kbpd (-1,9% T/T). A redução da produção de derivados no trimestre foi atribuída às paradas de manutenção nas refinarias RECAP e REFAP. Adicionalmente, o fator de utilização do parque de refino foi de 82%, em linha com o 3T20;
  • Temos uma avaliação neutra do resultado operacional da Petrobras no 4T20. Por um lado, os números de produção ficaram abaixo na comparação trimestral devido ao maior número de paradas para manutenção realizadas pela companhia. Por outro lado, apesar do resultado trimestral mais fraco, em 2020 a Petrobras teve um desempenho recorde de produção, superando consideráveis desafios derivados da pandemia, contração da demanda global por combustíveis e preços baixos de petróleo. Adicionalmente, vemos como positiva a maior taxa de utilização de refinarias reportada pela companhia na comparação anual;
  • Mantemos nossa recomendação de Compra na Petrobras com preços-alvo de R$ 35,0 para PETR4 e PETR3.

Vale (VALE3): Procurador-geral de MG aponta para possível acordo entre a Vale e o MPMG

  • A semana vem sendo marcada por diversos rumores em torno de possíveis acordos entre o Governo de Minas Gerais e a Vale, em razão da tragédia de Brumadinho. Após uma reportagem divulgada pelo jornal “O Tempo” ser dada como improcedente pelo governo, o procurador geral do estado de MG publicou hoje que um novo acordo bilionário será assinado nesta quinta-feira (4). Segundo a publicação, o acordo se dará em duas ações do MPMG e um do estado, e não incluem ações penais, danos desconhecidos e direitos individuais;
  • Caso o acordo saia entre R$30 e R$40 bilhões, vemos como positivo para a mineradora. Mantemos nossa recomendação de Compra, com preço-alvo de R$122 por ação.
Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório de análise foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos ou XP”) de acordo com todas as exigências na Resolução CVM 20/2021, tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar sua própria decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer produto. As informações contidas neste relatório são consideradas válidas na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas. A XP Investimentos não se responsabiliza por qualquer decisão tomada pelo cliente com base no presente relatório. Este relatório foi elaborado considerando a classificação de risco dos produtos de modo a gerar resultados de alocação para cada perfil de investidor. O(s) signatário(s) deste relatório declara(m) que as recomendações refletem única e exclusivamente suas análises e opiniões pessoais, que foram produzidas de forma independente, inclusive em relação à XP Investimentos e que estão sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado, e que sua(s) remuneração(es) é(são) indiretamente influenciada por receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela XP Investimentos.

O analista responsável pelo conteúdo deste relatório e pelo cumprimento da Instrução CVM nº 598/18 está indicado acima, sendo que, caso constem a indicação de mais um analista no relatório, o responsável será o primeiro analista credenciado a ser mencionado no relatório. Os analistas da XP Investimentos estão obrigados ao cumprimento de todas as regras previstas no Código de Conduta da APIMEC para o Analista de Valores Mobiliários e na Política de Conduta dos Analistas de Valores Mobiliários da XP Investimentos. O atendimento de nossos clientes é realizado por empregados da XP Investimentos ou por agentes autônomos de investimento que desempenham suas atividades por meio da XP, em conformidade com a ICVM nº 497/2011, os quais encontram-se registrados na Associação Nacional das Corretoras e Distribuidoras de Títulos e Valores Mobiliários – ANCORD. O agente autônomo de investimento não pode realizar consultoria, administração ou gestão de patrimônio de clientes, devendo atuar como intermediário e solicitar autorização prévia do cliente para a realização de qualquer operação no mercado de capitais. Os produtos apresentados neste relatório podem não ser adequados para todos os tipos de cliente. Antes de qualquer decisão, os clientes deverão realizar o processo de suitability e confirmar se os produtos apresentados são indicados para o seu perfil de investidor. Este material não sugere qualquer alteração de carteira, mas somente orientação sobre produtos adequados a determinado perfil de investidor. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. SAC. 0800 77 20202. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. O custo da operação e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da XP Investimentos: www.xpi.com.br. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. A Avaliação Técnica e a Avaliação de Fundamentos seguem diferentes metodologias de análise. A Análise Técnica é executada seguindo conceitos como tendência, suporte, resistência, candles, volumes, médias móveis entre outros. Já a Análise Fundamentalista utiliza como informação os resultados divulgados pelas companhias emissoras e suas projeções. Desta forma, as opiniões dos Analistas Fundamentalistas, que buscam os melhores retornos dadas as condições de mercado, o cenário macroeconômico e os eventos específicos da empresa e do setor, podem divergir das opiniões dos Analistas Técnicos, que visam identificar os movimentos mais prováveis dos preços dos ativos, com utilização de “stops” para limitar as possíveis perdas. O investimento em ações é indicado para investidores de perfil moderado e agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos Ação é uma fração do capital de uma empresa que é negociada no mercado. É um título de renda variável, ou seja, um investimento no qual a rentabilidade não é preestabelecida, varia conforme as cotações de mercado. O investimento em ações é um investimento de alto risco e os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita neste material em relação a desempenhos. As condições de mercado, o cenário macroeconômico, os eventos específicos da empresa e do setor podem afetar o desempenho do investimento, podendo resultar até mesmo em significativas perdas patrimoniais. A duração recomendada para o investimento é de médio-longo prazo. Não há quaisquer garantias sobre o patrimônio do cliente neste tipo de produto. O investimento em opções é preferencialmente indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. No mercado de opções, são negociados direitos de compra ou venda de um bem por preço fixado em data futura, devendo o adquirente do direito negociado pagar um prêmio ao vendedor tal como num acordo seguro. As operações com esses derivativos são consideradas de risco muito alto por apresentarem altas relações de risco e retorno e algumas posições apresentarem a possibilidade de perdas superiores ao capital investido. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. O investimento em termos é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. São contratos para compra ou a venda de uma determinada quantidade de ações, a um preço fixado, para liquidação em prazo determinado. O prazo do contrato a Termo é livremente escolhido pelos investidores, obedecendo o prazo mínimo de 16 dias e máximo de 999 dias corridos. O preço será o valor da ação adicionado de uma parcela correspondente aos juros – que são fixados livremente em mercado, em função do prazo do contrato. Toda transação a termo requer um depósito de garantia. Essas garantias são prestadas em duas formas: cobertura ou margem. O investimento em Mercados Futuros embute riscos de perdas patrimoniais significativos, e por isso é indicado para investidores de perfil agressivo, de acordo com a política de suitability praticada pela XP Investimentos. Commodity é um objeto ou determinante de preço de um contrato futuro ou outro instrumento derivativo, podendo consubstanciar um índice, uma taxa, um valor mobiliário ou produto físico. É um investimento de risco muito alto, que contempla a possibilidade de oscilação de preço devido à utilização de alavancagem financeira. A duração recomendada para o investimento é de curto prazo e o patrimônio do cliente não está garantido neste tipo de produto. As condições de mercado, mudanças climáticas e o cenário macroeconômico podem afetar o desempenho do investimento.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.