XP Expert

Spotify (NYSE: SPOT, BDR: S1PO34) – BDRs fora do radar

Conheça mais sobre o Spotify, serviço de streaming de música mais popular e usado do mundo.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

O Spotify é uma empresa que oferece serviço de streaming de áudio, e é atualmente a plataforma mais popular do mundo neste segmento. A empresa opera nos seguintes modos: Premium e Ad-Supported. Em 31 de dezembro de 2021, sua plataforma incluía 406 milhões de usuários ativos mensais, dos quais 180 milhões eram assinantes premium distribuídos em 184 países e territórios.

A empresa foi fundada por Daniel Ek e Martin Lorentzon em abril de 2006 e está sediada em Luxemburgo. Suas ações são negociadas na bolsa americana de Nova York, New York Stock Exchange (NYSE), pelo ticker SPOT. Já no Brasil, as ações da empresa são negociadas através de BDRs com o código S1PO34.

O impacto do streaming na indústria da música

Os serviços de streaming mudaram a indústria da música, desde a qualidade até a distribuição e como acessamos e consumimos arquivos de aúdio. O sucesso desse tipo de serviço foi um dos grandes propulsores do grande renascimento que ocorreu na indústria da música nos últimos anos, depois que a pirataria, principalmente online, através de downloads ilegais acelerou o fim dos formatos físicos convencionais, como CDs.

A mudança da indústria da música para um modelo de streaming foi vista por muitos como uma mudança positiva. As assinaturas permitem que os fãs ouçam mais músicas do que nunca e, na maioria dos casos, são mais acessíveis do que a compra de álbuns completos. Além disso, a tecnologia incentivou e tornou a variedade musical muito mais acessível.

De acordo com a Associação Americana da Indústria de Gravação (RIAA), as receitas de streaming de música cresceram 10%, para US$ 6,5 bilhões no primeiro semestre de 2022 nos Estados Unidos, representando 84% das receitas totais de música no período. As assinaturas pagas continuaram a ser o maior impulsionador, crescendo 10% para $ 5,0 bilhões, correspondendo por 78% da receita do streaming durante o primeiro semestre.

Fonte: RIAA, XP Research.
Fonte: IFPI, XP Research.

O domínio do Spotify e o crescimento do mercado chinês

De acordo com um novo relatório da MIDiA, uma empresa de pesquisa de entretenimento, 616,2 milhões de pessoas assinaram ao menos um streaming de música globalmente no segundo trimestre de 2022, um aumento de 7,1% em relação ao final de 2021. O Spotify segue sendo o serviço dominante, detendo 30,5% do mercado. No entanto, sua participação de mercado diminuiu de forma consistente desde o quarto trimestre de 2020. A companhia chegou a obter 33,2% de participação no mercado no segundo trimestre de 2018.

Fonte: MIDiA, XP Research.

O declínio da participação de mercado do Spotify está muito ligado ao crescimento do mercado chinês (onde o Spotify não opera). No quarto trimestre de 2021, a Tencent Music Entertainment ultrapassou a Amazon Music para se tornar o terceiro maior serviço de streaming globalmente e, no segundo trimestre de 2022, tinha 82,7 milhões de assinantes (13,4% de participação de mercado). A China tem sido o segundo maior mercado de assinantes do mundo, e de acordo com a MIDiA está a caminho de ultrapassar os EUA como o maior do mundo.

O modelo freemium

O Spotify opera nos seguintes segmentos: Premium e Ad-Supported. O segmento Premium oferece aos assinantes acesso ilimitado online e offline a streaming de música e podcasts de alta qualidade em computadores, tablets e outros dispositivos móveis. Por outro lado, a opção Ad-Supported oferece aos usuários acesso on-line limitado de música e podcasts de forma gratuita.

No entanto, existem limitações durante a reprodução de conteúdos: há um limite de faixas que podem ser puladas, nenhum arquivo pode ser baixado para reprodução offline e há uma limitação para ouvir álbuns e listas de reprodução por ordem nos dispositivos móveis. Além disso, há a presença de anúncios entre faixas. Este segmento também serve como um canal de aquisição de assinantes premium e uma opção robusta para usuários que não podem ou não querem pagar uma taxa de assinatura mensal, mas ainda desejam ter acesso a uma ampla variedade de conteúdo de áudio de alta qualidade.

Fonte: IR da companhia, XP Research. Gráfico mostra evolução do número de assinantes em milhões.

D‍‍e acordo com os resultados divulgados pela empresa durante o terceiro trimestre de 2022, 60% dos usuários da empresa, 273 milhões no total, permanecem no serviço gratuito do Spotify. Mas, por mais frequentes que os anúncios possam parecer para os ouvintes nessa categoria, eles são uma pequena parte dos negócios do Spotify. Os usuários pagos do Spotify geraram quase € 2,5 bilhões em receita no último trimestre, e os anúncios geraram cerca de um nono disso, um valor de € 282 milhões.

A busca por parcerias

O Spotify firmou várias parcerias de marca, algumas das quais destacamos abaixo. O ponto principal aqui é que a flexibilidade da empresa para trabalhar com marcas é incomparável na indústria da música hoje.

Samsung

A empresa anunciou em agosto de 2022 que está expandindo sua parceria que começou em 2018 com a Samsung. Nesta nova fase, as empresas vão trabalhar juntas em várias integrações envolvendo telefones, fones de ouvido, relógios, TVs e muito mais da Samsung. O acordo incluirá novamente pré-instalações do aplicativo Spotify em telefones Samsung Galaxy e Smart TV. A parceria original visava dar à Samsung um meio melhor de competir com a Apple após o fracasso de seu próprio serviço de streaming de música, o Milk Music, em 2016. Por fim, o Spotify está oferecendo três meses gratuitos de Spotify Premium para usuários da Samsung em 85 mercados, uma lista que agora inclui alguns mercados mais novos, como Áustria, República Tcheca, Irlanda, Israel, Japão, Jordânia, Kosovo, Luxemburgo, Eslováquia, Coréia do Sul, Vietnã e partes da Ucrânia.

FC Barcelona

O Spotify e o FC Barcelona anunciaram uma parceria de quatro anos, que começou oficialmente em julho de 2022, tornando a empresa o principal parceiro do clube. A marca Spotify aparece na frente das camisas de times masculinos e femininos e camisas de treinamento a partir da temporada 2022-2023, e o Spotify também se tornará o parceiro titular do estádio, com estádio Camp Nou renomeado para Spotify Camp Nou. Além disso, o Spotify foi nomeado o parceiro oficial de streaming de áudio do clube, que, segundo as empresas, “unirá os mundos da música e do futebol”. A visão mais ampla da parceria é criar uma nova plataforma para ajudar os artistas a interagir com a comunidade global de fãs do Barça. Além disso, para o Spotify, o acordo visa aumentar aumentar a marca da empresa em todo o mundo, e o Barcelona, segundo a empresa é um dos poucos parceiros que têm esse tipo de escala e alcance global.

Walmart

Em março de 2022, o Walmart anunciou que membros novos e existentes do Walmart Plus, serviço semelhante ao Prime, da Amazon, em que os assinantes tem direitos a entregas grátis e acesso a promoções exclusivas, receberiam seis meses gratuitos do Spotify Premium sem custo extra. A iniciativa marca a mais recente tentativa da varejista para atrair mais clientes para se inscrever em seu programa de assinatura. Chris Cracchiolo, vice-presidente e gerente geral do Walmart Plus, disse que o Spotify ajudará o programa a atrair membros “apaixonados por sua música e entretenimento”, disse Chris Cracchiolo, vice-presidente e gerente geral do Walmart +, em um anúncio sobre o novo acordo. Para o Spotify, a parceria representa a oportunidade de apresentar o serviço Premium aos membros do programe de assinatura do Walmart, que pode se reverter em novas assinaturas para a empresa de streaming.

Oportunidades para o Spotify

  • Expansão do mercado: Embora o Spotify já opere na maioria dos países do mundo, ainda tem potencial de crescimento e pode explorar novos mercados e audiências de streaming;
  • Streaming de vídeo: O Spotify já testou as águas para streaming de vídeo por meio de podcasts de vídeo em julho de 2020. Adicionar streaming de vídeo à sua lista de serviços ajudará o Spotify a competir com outros grandes streamers de conteúdo de vídeo;
  • Parcerias: Ainda há espaço para o Spotify fazer parceria com grandes empresas de tecnologia para promover seus serviços.
  • E-commerce: O Spotify realizou uma parceria com a Shopify para permitir que artistas vendam acessórios proprietários em sua plataforma. O serviço, ainda incipiente, pode catalisar um fluxo de caixa significativo caso ganhe tração.

O que pode beneficiar o Spotify

  • Aumento das as assinaturas pagas através do modelo freemium;
  • Investimentos em iniciativas não musicais, como audiobooks e podcasts têm o potencial de gerar alavancagem de margem e engajamento no longo prazo;
  • Expansão internacional.

Os riscos que podem impactar ao Spotify

  • Falha em negociar royalties mais baixos. A melhora das margens do Spotify depende da capacidade da empresa de negociar pagamentos de royalties mais baixos às gravadoras;
  • Outros grandes provedores de serviços de streaming de música pertencentes a gigantes da tecnologia agora fornecem serviços semelhantes ao Spotify, apresentando-se assim como uma grande concorrência;
  • Baixa adoção do público de suas iniciativas são musicais.

O que os analistas de mercado pensam da empresa?

Como apresentado, o Spotify é um dos grandes nomes da indústria de streaming de música, sendo o principal nome do setor atualmente. A empresa através de estratégias de marketing e grandes parcerias está buscando aumentar sua base de assinantes Premium, assim como está criando alternativas para melhorar suas margens. Contudo, o cenário macroeconômico também não favorece a indústria de tecnologia de forma geral, que passa por um momento de turbulência em meio a temores de uma recessão. Diante desse cenário, investidores preferem migrar para empresas de valor ao invés de empresas de grande crescimento, que são impactadas diretamente por um cenário de taxas de juros mais altas. Abaixo seguem as recomendações dos analistas de mercado para o ativo:

Fonte: Bloomberg, XP Research. Recomendações e preço-alvo de acordo com estimativas do consenso do Bloomberg. Dados de 27/12/2022
XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.