Ouro: Por que é importante investir agora

Em tempos de guerra comercial, coronavírus e tensões gerais sobre a economia global, o ouro surge como uma grande oportunidade

access_time 13/02/2020 - 15:08
format_align_left 5 minutos de leitura

Utilizado como moeda de troca internacional, aproximadamente, desde 1500 a.a., o ouro nos tempos modernos se tornou símbolo de proteção contra crises financeiras e investimento seguro em diversos cenários.

O metal precioso é globalmente aceito como reserva de valor, negociável entre países e conversível em diferentes moedas. Dada essa importância histórica e funcional, por que você deve em investir em ouro agora?

O cenário atual do Ouro

O ouro teve valorização de 20% em dólares e quase 40% em reais nos últimos 12 meses, e respondeu por boa parte dos aportes na classe de ativos de Commodities globalmente. Apenas em janeiro, subiu 4.7%, dado as novas preocupações em torno do coronavirus.

O ouro continuou subindo mesmo após a assinatura da “Fase 1” do acordo comercial entre EUA e China, o que deveria ter sido positivo para ações e negativo para o ouro. Afinal, o metal é considerado “safe haven”, termo usado para ativos que são destino de fluxo de investimentos em caso de estresses de mercado.

Apesar da recente valorização, continuamos positivos em relação às perspectivas de valorização para o ouro no longo prazo. Tendo em vista o atual ciclo prolongado de alta nos mercados de ações globais (estamos no 11º ano, um recorde nos EUA), acreditamos ser prudente a alocação de um percentual da carteira em ativos mais defensivos e atemporais, como o ouro, que, como mencionamos, tende a funcionar como uma proteção aos riscos de cauda nos mercados.

Um horizonte de preocupações

O mercado precifica o risco de recessão de 25% (consenso Bloomberg) para daqui a um ano, em fevereiro de 2021.

Outro agravante que corrobora com o investimento em ouro é o fato de que nos mercados desenvolvidos, EUA e Reino Unido são alguns dos poucos países que ainda oferecem taxa de juros positivas, enquanto muitos países da Zona do Euro têm taxas negativas, ou seja, perde-se dinheiro investido com o tempo.

Existe hoje um total de mais de US$ 13tri no mundo em ativos que rendem taxa negativa. Em uma hipótese de desaceleração global, medidas de estímulo econômico como cortes de taxas de juros e programa de compra de ativos seriam menos efetivas do que foram 2008, dado o nível atual de juros globalmente e tamanho dos balanços dos bancos centrais pelo mundo.

Essa perda de valor tempo de ativos aplicados em taxas negativas também favorece o ouro, dado que o valor do capital atrelado ao ouro tende a ser minimamente preservado ao longo do tempo e em épocas valorizado.

Adicionalmente, o ouro é bastante descorrelacionado com outras classes de ativo e oferece uma excelente fonte de diversificação para a carteira.

“A história não se repete, mas rima.”

Frase do pensador e escritor norte-americano, Mark Twain.

Se o passado servir como referência, o ouro é uma excelente opção de porto seguro em cenários de estresse de mercado. Para se ter uma ideia, durante o pior período da crise financeira de 2008 (10/10/2007 até 9/3/2009), enquanto o S&P 500 caiu 56%, o ouro teve valorização de 25%.

Acreditamos que a economia dos EUA continua sólida e não deveremos ter uma recessão em 2020. Mas quando contratamos um seguro para os nossos carros, não esperamos bater no primeiro poste. Por isso, o ouro pode servir como uma proteção estrutural de médio e longo prazo para parte da carteira, principalmente para a porção de renda variável em ações.

Em resumo, investimentos em ouro podem trazer diversificação para a carteira, reserva de valor ao longo do tempo, proteção em cenários de crise e, potencialmente, valorização devido à escassez e às múltiplas utilizações do ativo.

A importância da diversificação

Diversificar é uma estratégia simples – comum aos maiores investidores – que pode fazer a diferença para quem ainda não saiu de investimentos mais conversadores. Mas, por outro lado, tem como objetivo reduzir riscos de aplicações mais voláteis.

Seja você um investidor conservador ou arrojado, o objetivo é sempre o mesmo: ao investir de forma diversificada, é possível diminuir os riscos de perda de dinheiro no caso da desvalorização de algum ativo.

Inclusive, há um antigo ditado popular que diz: não coloque todos os ovos numa cesta só. Afinal, o risco é perder tudo o que juntou caso aconteça algo com a cesta.

Montar uma carteira diversificada também é uma boa estratégia para proteger e fazer o dinheiro render mais. E isso se torna ainda mais necessário em momentos de instabilidade política e econômica aqui no Brasil e pelo mundo também. Por isso, o ouro é um instrumento muito benéfico para a diversificação.

Como investir em ouro na XP?

Considerando todos esses fatores, mostramos a importância da presença do ativo nos diversos tipos portfolios para proteção de eventos extremos. Para surfar todos esses benefícios, na XP temos o a opção de investir no exterior com 100% do seu capital protegido.

Saiba como ter exposição ao Ouro através do COE, com 100% do capital protegido

Além disso confira outra opção para ter exposição através do fundo Trend Gold

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

Receba nosso conteúdo por e-mail

Receba resumos diários, semanais e mensais e fique sempre bem informado sobre nossas análises, relatórios e recomendações de investimentos.

Clique para se cadastrar