XP Expert

Mundo em 60 segundos: Bolsa dos EUA ficou cara?

Panorama semanal, análises de cenário e ações globais

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Inflexão da curva de contágio do Covid traz mais visibilidade sobre reabertura da economia global. Na China, produção voltou a todo vapor e tráfego de carros em Pequim já retorna à média de 2019, enquanto consumo presencial, voos e turismo voltarão mais lentamente.

Após cair 34% do topo ao fundo, o índice S&P 500 da bolsa americana já subiu 27%, confirmando uma recuperação acelerada em formato V. Porém, pacotes de estímulos econômicos impulsionaram preços enquanto os lucros das empresas sofrem constantes revisões negativas. Como resultado, preços subiram, lucros caíram, e as ações ficaram mais caras. Em apenas 3 meses, o S&P 500 saiu de 19x preço/lucro (10% acima da média histórica), para 16x no fundo da crise, subindo novamente para 21x atualmente.

Por falar em estímulos, a União Europeia negocia ampliação do atual pacote, enquanto o congresso americano aprovou mais US$ 484bi (somando quase US$ 3bi em ajuda emergencial) para pequenas empresas e hospitais. O total de ESTÍMULOS monetários e fiscais adotados nos EUA para apoiar a economia durante a pandemia já chega a 1/3 do PIB estimado para esse ano. Consequências inflacionárias no médio/longo prazo? Por isso o ouro sobe 14% no ano em dólares, e mais de 50% em reais.

Temporada de resultados 1T20: Nessas primeiras duas semanas de divulgação de resultados, 27% das empresas do S&P 500 já reportaram. No agregado, vimos uma surpresa negativa de contração de lucros 3% pior que esperado, contra média dos últimos 3 anos de surpresa positiva de 5,2%. Novas estimativas já apontam para uma queda de lucros de 14% no primeiro trimestre. Importante notar que o resultado médio tem sido puxado para baixo pelo setor financeiro (alto nível de provisionamento de bancos,) e para cima pelo setor de tecnologia.

As mudanças estruturais continuam e NINGUÉM entende mais de tecnologia do que os EUA. Mas a tendência se reflete não só em tecnologia: Sem pipoca & cinema, temos mais pizza & Netflix – Domino’s cresceu faturamento em 6%, com lucro 30% maior que esperado, mantendo 90% das 17 mil lojas operacionais. Destaque positivo também para Netflix, que adicionou 16 milhões de novos usuários, alcançando 180 milhõesde assinantes.

Bolsa americana está cara? Sim, mas ajustado as tendências em curso, e especialmente ao que acontece em mercados emergentes, o resto do mundo está mais. Como pano de fundo, temos US$ 30 trilhões de ativos renda fixa rendendo taxa zero ou negativa no mundo, o que significa que a busca por ativos de risco se intensifica. Tudo está caro? Não. Talvez seja hora de olhar para empresas de qualidade que foram amplamente descontadas, como a Disney (EUA), ou marcas resilientes de luxo que tiveram a demanda postergada e não cancelada, como a Ferrari (Europa).

E para quem achava que ativos físicos não poderiam ter preços negativos, petróleo chegou a -US$ 38 (ajuste técnico, mas ainda cai 70% no ano).

conteudos.xpi.com.br/internacional

@ggiserman
XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.