XP Expert

Bed Bath & Beyond apresenta resultados fracos e muda CEO – 🌎 Radar Global

LVMH compra produtora de vinhos na Califórnia com o mercado de bebidas aquecido, Sony lança nova linha de equipamentos para jogos e Bed Bath & Beyond muda o CEO.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Bolsas internacionais amanhecem negativas (EUA -1,5% e Europa -2,1%) pela falta de perspectiva de que a guerra na Ucrânia termine tão cedo e a visão de que as pressões inflacionárias provavelmente continuem a crescer. Com os bancos centrais procurando combater agressivamente o aumento dos preços com elevações nas taxas de juros, há temores crescentes de uma recessão global. Atenções de hoje voltadas para a divulgação do PCE de maio nos EUA, o índice preferido do Fed para medir inflação e nortear suas decisões de política monetária, e nos dados de pedidos semanais de seguro-desemprego nos EUA. Na China, o índice CSI 300 (+1,4%) terminou em alta, ao contrário do Hang Seng (-0,6%), impulsionado por dados do governo mostrando que a atividade fabril cresceu em junho.

Inscreva-se aqui para receber o nosso conteúdo diário.

EMPRESAS

Mudando o CEO depois de resultados desastrosos e cenário macro difícil: A Bed Bath & Beyond (Nasdaq: BBBY) está substituindo o CEO Mark Tritton em uma mudança de liderança depois que a varejista enfrentou mais um trimestre de queda nas vendas, com uma receita de US$ 1,46 bi vs. os US$ 1,51 bi esperados pelo consenso, e registrou um prejuízo mais acentuado, de US$ 2,83 por ação vs. a expectativa de US$ 1,39. Após a divulgação dos números trimestrais, as ações da empresa chegaram a cair 24%. A companhia disse que Sue Gove, uma diretora independente do conselho, assumirá o cargo de CEO interina.

A mudança ocorre após um esforço de vários anos para reviver a marca da Bed Bath, aumentar as vendas on-line e reconquistar clientes. Tritton, um veterano da Target , liderou o esforço depois de ingressar em 2019. Junto com os desafios da empresa, a Bed Bath & Beyond está enfrentando um cenário econômico mais difícil. Além disso, a companhia disse que espera que as vendas nas mesmas lojas se recuperem no segundo semestre do ano fiscal, mas não forneceu uma previsão específica.

Bebidas de luxo, um mercado que não sofre com a crise: A divisão Moet Hennessy da LVMH (EPA: MC) adquiriu a produtora de vinhos da Califórnia Joseph Phelps Vineyards, enquanto a gigante francesa de bens de luxo continua ampliando seu portfólio de bebidas. O acordo entrega à Moet uma das mais conhecidas vinicultoras da Califórnia, e aprofunda sua presença nos EUA, seu maior mercado. O acordo ocorre no momento em que a Moet Hennessy – cujas dezenas de marcas incluem Dom Perignon, Moet & Chandon, Hennessy, Cloudy Bay e Belvedere – continua a aproveitar o aumento da demanda por champanhes, vinhos e destilados sofisticados, apesar dos temores de recessão e inflação.

A Moet Hennessy registrou receita de 1,64 bilhão de euros no primeiro trimestre, um aumento de 8% em relação a 2021. Schaus disse que a demanda na Europa está “em chamas” graças em parte ao retorno do turismo europeu.

Sony lança nova linha de equipamentos para jogos de PC: A Sony anunciou que está lançando sua própria linha de monitores de computador e fones de ouvido focados em jogos, na esperança de explorar o lucrativo mercado de jogos para computadores, buscando um alcance além de sua principal marca de console PlayStation. Chamada Inzone, a linha de PC da Sony possui dois monitores. O monitor Inzone M9 é o mais caro do par, sendo vendido por US$ 900. Ele possui uma tela de 27 polegadas com resolução 4K e taxa de atualização de 144Hz, enquanto o Inzone M3 de US$ 530, tem uma taxa de atualização mais alta, mas uma resolução mais baixa. Quanto aos fones de ouvido, a Sony disse que lançará três no total: o Inzone H9 (US$ 300), o Inzone H7 (US$ 230) e o Inzone H3 (US$ 100).

O movimento coloca a Sony contra players estabelecidos no espaço de hardware de jogos para PC, incluindo a Lenovo, ASUS e Razer. Além disso, o movimento também oferece à empresa uma maneira de expandir seus negócios de videogames além do PlayStation, uma vez que a empresa quer aproveitar o crescimento no espaço de e-sports. Vale lembrar que a Sony continua enfrentando uma concorrência acirrada da rival de longa data, Microsoft (NASDAQ: MSFT, BDR: MSFT34), que adotou uma estratégia de fazer aquisições agressivas para aumentar seu alcance em um setor que deve valer quase US$ 200 bilhões em 2022, segundo os analistas Newzoo.

ANÁLISE

Fonte: Bloomberg

Empresas chinesas buscam diversificação fora da China: O gráfico acima, da Bloomberg, mostra que a Europa é o foco de aquisições de empresas da China, com um total de 46,5%, logo em seguida temos a América do Norte, com 36,2%, mostrando que a segunda maior economia do mundo está buscando se diversificar para fora da Ásia. As empresas chinesas anunciaram US$ 113 bilhões em negócios no exterior desde o início do ano, liderados pela aquisição de US$ 46 bilhões da Syngenta AG pela China National Chemical Corp. Isso supera o total de negócios de 2014, e está próximo do recorde de US$ 121 bilhões do ano passado. A onda de compras reflete um esforço do governo do presidente Xi Jinping para incentivar as empresas chinesas a ganharem participação de mercado por meio de transações estrangeiras, à medida que a economia de US$ 10,4 trilhões do país continua desacelerando. É um benefício potencial para os banqueiros de investimento, e uma fonte de preocupação para outras empresas dos EUA e Europa, que em breve poderão encontrar novos concorrentes chineses.

Quer saber mais sobre criptomoedas? Acesse aqui nosso relatório semanal.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nosso link de cadastro e nos avalie abaixo:

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.