Próximos 5 anos em 5 minutos

O objetivo deste novo relatório mensal é passar nossa visão de longo prazo em 5 minutos ou menos, detalhando os retornos esperados para os perfis de risco e classes de ativos.


Compartilhar:


Retornos esperados para os portfólios nos próximos 5 anos

“É muito difícil fazer previsões, especialmente sobre o futuro”, é uma frase atribuída a Niels Bohr, um dos pais do modelo atômico. Entretanto, não é um esforço em vão.

Quando construímos uma carteira de ativos é preciso ter em mente o cenário atual e como ele pode se desdobrar, de modo a entender que riscos estamos correndo, e quais recompensas podem ser alcançadas.

Com base nisso, podemos fazer uma estimativa de quanto podemos obter de rentabilidade para um dado nível de risco.

Também conseguimos entender como a carteira ideal à medida que gravitamos de um cenário para o outro. Como exemplo, se detectarmos que o ambiente para as reformas está piorando, teremos mais ativos internacionais, fugindo do risco específico de Brasil. Se o governo passar a nos surpreender positivamente, teremos mais bolsa brasileira.

E claro, temos que entender o que está acontecendo no resto do mundo, e como isso nos afeta.

O objetivo deste novo relatório mensal é passar nossa visão de longo prazo em 5 minutos ou menos!

Principais Temas Globais

Nossa visão de como os grandes temas globais afetam o Brasil está detalhada no quadro a seguir.

O mundo nesse momento é um lugar mais difícil: menor crescimento, maior protecionismo e aversão a risco tendem a ser um vento contra em termos de crescimento econômico.

É possível que o Brasil se beneficie setorialmente da Guerra Comercial: exportando mais soja para a China quando são impostas tarifas sobre os produtos americanos, por exemplo.

Há entretanto efeitos benéficos disso: menores taxas de juros globais ajudaram, e continuam ajudando, o Brasil a atingir e manter as menores taxas de juros de sua história com inflação baixa.

Existem também oportunidades que podem ser aproveitadas para construir uma carteira. Créditos de maior risco são uma opção atraente para nossas carteiras , já que se beneficiam de um ambiente global de baixas taxas de juros e podem ser comprados de maneira pulverizada, além de possuir correlação muito baixa com os ativos domésticos.

Construindo o Cenário Base

Entendemos que atualmente há um ambiente pró-reformas no Brasil, que tende a fazer com que as engrenagens da economia deslizem com mais facilidade, trazendo crescimento e mais eficiência.

No entanto, estamos longe de um ambiente político harmônico: o executivo federal e o congresso têm um diálogo truncado e existe muita resistência à agenda de reformas por grupos organizados e influentes.

O Cenário Pessimista

Ainda que esse não seja nossa visão, não podemos ignorar que, dadas as instabilidades políticas, existe a chance de que piore a relação entre o Executivo e o Congresso. Isso faria com que as Reformas empacassem, com o país falhando em desbloquear um novo ciclo de crescimento.

O baixo crescimento pode abrir os ouvidos da população para políticos populistas, que queiram desfazer reformas como a do Teto de Gastos e talvez até mesmo a Reforma da Previdência.

O Cenário Otimista

Mesmo com a articulação truncada, podemos ser surpreendidos pelo alinhamento do Congresso em entregar as reformas, e as privatizações. O crescimento da economia nos próximos anos seria mais forte do que conseguimos agora antecipar, ao mesmo tempo em que a taxa de juros neutra seria mais baixa.

Nesse cenário os lucros das empresas cresceriam mais, e com taxas de juros mais baixas, haveria maiores ganhos nos papéis de renda fixa.

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

BMF&BOVESPA

BSM

CVM