Glossário: Fundos Imobiliários (FIIs)

Saiba o significado das principais palavras de Fundos Imobiliários!

access_time 15/06/2019 - 17:08
format_align_left 2 minutos e 39 segundos de leitura
  1. Amortização: Devolução de capital aos cotistas adicional ao pagamento de dividendos obrigatório de 95%. Pode ser efetuada após a venda de algum ativo do portfólio ou término do fundo.
  2. Área bruta locável: Metragem atribuída às áreas que podem ser alugadas de um empreendimento.
  3. Built to Suit: É uma alternativa para ocupantes que necessitam de um imóvel com características específicas para atender às suas demandas, mas que não pretendem imobilizar seu capital na compra de um ativo. Nesta operação, um investidor/proprietário constrói o empreendimento de acordo com as necessidades do inquilino e então é feito um contrato de locação de longo prazo (Cushman & Wakefield).
  4. Contrato atípico: É aquele que não possui forma geral em lei escrita, estando à margem das perspectivas da liberdade contratual dos contratantes.
  5. Contrato típico: É aquele que se encontra regulado em texto de lei.
  6. CRI: São títulos que geram um direito de crédito ao investidor. Eles permitem a antecipação de créditos futuros oriundos de rendas provenientes de imóveis.
  7. Fundo de “Tijolo”: Nomenclatura informal utilizada no mercado para caracterizar FIIs que investem em ativos imobiliários reais como: galpões logísticos, shoppings, lajes corporativas, hospitais, agências bancárias, entre outros.
  8. Fundo de “Papel”: Nomenclatura informal utilizada no mercado para caracterizar FIIs que investem em valores mobiliários (papeis) lastreados em ativos imobiliários como: CRI, LCI, LH, entre outros.
  9. Gestão Ativa: O gestor desse tipo de fundo pode efetuar compras e vendas de ativo sem a necessidade de aprovação dos cotistas em assembleia.
  10. Gestão Passiva: Já neste caso, os ativos do portfólio constam no regulamento e qualquer operação de compra e venda precisa ser aprovada pelos cotistas em assembleia.
  11. IFIX: A exemplo do Ibovespa para ações, o IFIX é o índice que reúne os FIIs mais negociados e sua performance é uma boa aproximação do desempenho da indústria como um todo.
  12. Sale and Leaseback: Situação na qual o proprietário do imóvel necessita de capital de giro para reinvestimento, mas pretende permanecer no empreendimento em que está. Dessa forma, ele vende seu imóvel a um investidor e o aluga de volta por meio de um contrato com prazos e cláusulas específicas (Cushman & Wakefield).
  13. Taxa de Administração: Remuneração paga pelos cotistas ao gestor do FII. É uma porcentagem cobrada sobre o patrimônio ou valor de mercado do fundo.
  14. Taxa de Performance: Pode ser cobrada pelo gestor caso o desempenho do fundo supere o benchmark escolhido. No caso de FIIs, podem ser comparados com o CDI, IFIX ou alguma métrica atrelada à inflação.

Disclaimer:

As informações contidas nessa mensagem têm caráter meramente informativo, não constitui e nem deve ser interpretado como sendo solicitação de compra ou venda, oferta ou recomendação de qualquer ativo financeiro, investimento, sugestão de alocação ou adoção de estratégias por parte dos destinatários. Os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros discutidos neste material podem não ser adequados para todos os investidores. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. A XP Corretora de Seguros Ltda. e qualquer outra empresa do grupo XP se eximem de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. Leia o prospecto, o formulário de informações complementares, lâmina de informações essenciais e o regulamento, quando aplicável, do fundo antes de investir. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. Fundos de investimentos não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou do Fundo Garantidor De Créditos – FGC. Para avaliação da performance de um fundo de investimento, é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. As informações presentes neste material técnico são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido. Descrição do tipo ANBIMA disponível no formulário de informações complementares. Os produtos de seguros e previdência do grupo XP são comercializados pela XP Corretora De Seguros Ltda., com código SUSEP n° 10062846-8 e inscrita no CNPJ sob o n° 10.558.797/0001-09 (“XP SEGUROS”). Todos os produtos distribuídos pela XP Seguros proveem de seguradoras registradas na SUSEP. O segurado poderá consultar a situação cadastral desta corretora pelo site www.susep.gov.br, por meio do número de registro na SUSEP, razão social ou CNPJ. Os recursos dos planos de previdência são aplicados em fundos de investimento que não possuem garantia de rentabilidade podendo, inclusive, ter rentabilidade negativa. O registro do plano na SUSEP não implica, por parte da autarquia, incentivo ou recomendação de comercialização esta instituição é aderente ao código ANBIMA de regulação e melhores práticas para atividade de distribuição de produtos de investimento no varejo. Os dados mencionados neste material foram extraídos de fonte externa e podem apresentar distorções, não se comprometendo a XP Seguros. Com a veracidade dessas informações. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações aqui veiculadas. O presente material não pode ser reproduzido ou redistribuído para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento por escrito da XP Seguros. Para informações, ligue para 4003-3710 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800-880-3710 (demais localidades). Para clientes no exterior o contato é 55-11-4935-2701. Para reclamações, utilize o SAC 0800 77 20202. E se não ficar estiver satisfeito com a solução, favor entrar em contato com a Ouvidoria: 0800 722 3710. Para deficientes auditivos ou de fala favor ligar para 0800 771 0101 (todas as localidades).