Oportunidade na dificuldade: a carteira dos sonhos em fundos de investimento

Entre as adversidades no universo de investimentos, surgem oportunidades para acessar produtos até então fechados para captação


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Foto: Unsplash

A crise atual teve um efeito avassalador no universo dos investimentos. Entre fundos de ações, multimercados e até produtos de renda fixa, as perdas foram generalizadas (com pouquíssimas exceções).

Neste momento de falta de conforto e previsibilidade, é essencial manter a calma e procurar tomar decisões racionais e embasadas – já passamos essa mensagem algumas vezes, mas não custa reforçar.

A boa notícia é que, em um quadro tão adverso, surgem oportunidades para os investidores: fundos até então fechados para captação estão fazendo reaberturas pontuais em meio à crise. Seja pelo volume de resgates que as estratégias tiveram, ou pelo nível atual de preços dos ativos de risco, os gestores de recursos acreditam que é o momento de receber novos aportes. Com isso, o investidor pode montar uma verdadeira carteira dos sonhos.

Antes de falarmos da carteira propriamente dita, vale lembrar que um portfólio “saudável” deve conter diferentes classes de ativo – é o que chamamos de diversificação. A depender do seu perfil de investimento (conservador, moderado ou agressivo), os especialistas do time de Alocação da XP indicam percentuais para se ter em fundos de ações, fundos multimercados, entre outras classes, nas carteiras recomendadas. Digo isso, pois é essencial alinhar o quanto deve ser investido nesses produtos com o apetite a risco do investidor, ou melhor, o tamanho da queda potencial que o estômago aguenta.

Dito isso, confira a seguir as oportunidades que estão disponíveis nas prateleiras da XP.

Multimercados

Bahia Maraú Advisory

A Bahia Asset está entre as maiores gestoras independentes do país, com mais de R$ 23 bilhões sob gestão e cerca de 90 pessoas em seu quadro de profissionais, que se dividem em equipes robustas nas diferentes áreas: gestão, pesquisa, RI e operações.

O fundo Bahia Maraú Advisory segue a estratégia multimercado macro da gestora, contando com a forte capacidade de pesquisa fundamentalista que está no DNA da empresa. O fundo reabriu recentemente para captação. Confira mais informações sobre a visão da gestora em sua última carta mensal.

Giant Zarathustra

Na indústria de fundos quantitativos no Brasil, o Zarathustra se destaca por estar entre as estratégias de maior patrimônio líquido e histórico de gestão mais longo. A estratégia foi lançada em 2012 e acumula retornos consistentes, com performance de 20,3% (376% CDI), 33,8% (280% CDI) e 40,0% (186% CDI) em 12, 24 e 36 meses respectivamente, até o dia 7 de abril.

A gestora Giant Steps apresenta uma estrutura robusta, com mais de 25 pessoas na equipe, 100% dedicadas às estratégias sistemáticas. A empresa divulga diversos materiais interessantes em seu site, como a última carta aos cotistas. O Giant Zarathustra reabriu para captação no final de março, para volume limitado.

Legacy Capital Advisory

Fundada em 2018, por ex-executivos da teosouraria do Santander, a Legacy apresenta uma estrutura robusta em termos de volume sob gestão, senioridade de equipe e entrosamento, com foco em uma estratégia única, multimercado macro. O Legacy Capital Advisory nasceu em 29 de junho de 2018 e, apesar do histórico curto, rende 17,2% (164% CDI) desde seu início. O produto reabriu para um volume limitado de novos aportes.

Occam Retorno Absoluto Advisory

Diferentemente dos demais multimercados macro, o Occam Retorno Absoluto conta com uma parcela relevante de risco em operações de valor relativo em ações – uma das expertises da casa. A combinação dessas estratégias historicamente resultou em retornos consistentes, de 13,2% (246% CDI), 24,6% (204% CDI) e 38,4% (180% CDI) em 12, 24 e 36 meses, até o dia 7 de abril. Além disso, o fundo apresenta uma equipe bastante sênior e entrosada, que trabalha em conjunto há muitos anos. O produto foi reaberto para captação em março, para um volume limitado de novos aportes.

Verde Scena Advisory

A Verde Asset é uma das maiores e mais tradicionais gestoras de recursos do país, sobretudo quando se trata de multimercados. A equipe de investimentos da Verde é liderada por Luis Stuhlberger, um dos gestores mais renomados do mercado. O fundo Verde Scena, apesar de ter histórico mais curto, lançado em 2017, conta com o mesmo processo e filosofia de investimento do emblemático Verde FIC FIM, sendo gerido por Luiz Parreiras. O produto foi reaberto para volume limitado de novos aportes.

Renda Variável

Os fundos de renda variável sofreram bastante no período da crise. É muito difícil, ou melhor, é impossível cravar se já atingimos o mínimo ou se a bolsa pode cair ainda mais. Mas, para quem tem “cabeça de longo prazo”, as oportunidades que surgiram com a crise são inúmeras e podem trazer excelentes retornos nos próximos anos.

Diante das oportunidades que surgiram, vimos uma quantidade relevante de reaberturas de fundos no último mês. Muitos desses produtos reabertos estão entre os mais demandados por investidores. Seguem abaixo os principais fundos de ações reabertos na plataforma da XP.

Brasil Capital 30 Advisory FIC FIA

A Brasil Capital é uma casa focada em ações e possui apenas uma estratégia long only, focada em empresas com modelo de negócio superior, gestão competente e com um preço que ofereça margem de segurança para o investimento. O time de gestão é composto por André Ribeiro, Ary Zanetta e Bruno Baptistella, que estão juntos há quase 8 anos. Além deles, são mais 5 pessoas no time de análise divididos setorialmente e um trader.

Fundada em no meio da crise financeira de 2008, a Brasil Capital sabe como atravessar momentos de crise. No primeiro mês do fundo Brasil Capital FIC FIA, em outubro, uma queda de 10,9%. Apesar do início complicado, o fundo teve uma performance espetacular no ano seguinte com um retorno de 185,6%, contra 82,7% do Ibovespa. Desde seu início, o Brasil Capital FIC FIA tem um retorno de 22,5% ao ano, bem superior ao do Ibovespa de 5,2%.

Constellation Institucional Advisory FIC FIA

A Constellation foi fundada em 2002 por Florian Bartunek e Jorge Paulo Lemann. Desde 1998, Florian já era responsável pelos investimentos em ações dos ex-sócios do Banco Garantia (além de Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira). A estratégia long only, única da gestora, surgiu em 2005 e o fundo Constellation FIC FIA em 2007. Desde o seu início, o fundo tem um retorno anual de 13,0% contra 2,9% do Ibovespa. Além de Florian Bartunek, a equipe de investimentos possui outros 6 analistas focados em empresas de diferentes setores.

Sharp Long Biased Advisory FIC FIA

A Sharp Capital é uma partnership nascida da cisão da área de renda variável da GAP Asset. O time de gestão, comandado por Ivan Guetta (CIO) é composto por 11 pessoas com larga experiência, 9 das quais entraram na equipe como estagiários, mostrando a forte capacidade de formação e retenção de talentos da gestora.

O fundo Long Biased, com histórico desde dezembro de 2018, é uma junção das estratégias de long & short e das posições do fundo Equity Value (long only). Apesar do curto histórico, o Sharp Long Biased vem se destacando e chamando a atenção de investidores, principalmente em 2020, sendo um dos melhores fundos de sua classe. A queda de apenas 5,5% (até março), contra —36,9% do Ibovespa no período. Um dos grandes contribuidores para o resultado foi uma posição de grande convicção na carteira vendida.

XP Dividendos 30 FIC FIA e XP Investor 30 FIC FIA

Ambos os fundos são estratégias da categoria long only livre e contam com a expertise de gestão em ações da XP Asset: gestores bastante seniores, contando com uma equipe robusta e entrosada de analistas de empresas, que possuem alta especialização em seus respectivos setores. Os fundos foram reabertos para captação para um volume limitado de novos aportes.

Selection Ações FIC FIA

Uma boa opção para diversificar e acessar os melhores produtos. Para quem não quer escolher um fundo ou quer montar uma carteira diversificada com pouco dinheiro, um fundo de fundos (também conhecido como Fund of Funds ou FoF) é um veículo de investimento cujo objetivo é investir em uma carteira de fundos de diversos gestores e essa carteira ainda conta com o acompanhamento de um gestor profissional.

Com um mínimo acessível, a partir de R$ 500,00, é possível montar uma carteira diversificada de fundos de renda fixa, multimercados ou de investimento em bolsa. Além disso, via Selection, é possível acessar estratégias exclusivas que o relacionamento do Grupo XP permite, investimentos em fundos hoje fechados para captação, aplicar em fundos para Investidores Qualificados (dentro do limite permitido pela regulamentação) sendo Investidor em Geral, entre outros.

Hoje, o Selection Ações FIC FIA conta com dois dos fundos mais desejados pelos investidores: o Dynamo Cougar e o Atmos Ações. Além deles, também possui alocação em fundos que citamos nesse relatório como Brasil Capital e Constellation.

Renda Fixa Crédito Privado

Os fundos de crédito privado sofreram bastante no período da crise. Com as quedas nos preços dos papéis em geral, tanto debêntures quanto letras financeiras passaram a ter taxas implícitas de retorno (“carregos”) em patamares cada vez mais atrativos. Isso significa que, se por um lado houve queda atípica nas cotas dos fundos no curto prazo, também é alta a probabilidade de que vejamos cotas anormalmente mais altas nesses fundos ao longo dos próximos meses.

Para quem está alocado nesses fundos e não vai precisar dos recursos pelos próximos 6 ou 12 meses, a recomendação é segurar seus investimentos, pois sair agora pode ser um momento ruim. A volatilidade dos fundos deve continuar, mas olhando os próximos 6 a 12 meses, é altamente provável que a liquidez desse mercado volte à normalidade e, com isso, os preços dos ativos voltem a se recuperar.

Para quem está de fora, alocar um pedaço da carteira em gestores profissionais e experientes, diante do nível atrativo de preços atuais, pode ser um bom diversificador, em conjunto com alocações em fundos Multimercados ou fundos de Ações. Confira os fundos de crédito privado do nosso relatório mensal Top 50.

Augme 45

AZ Quest Altro

Gama Top

Polo Crédito Corporativo

Selection Renda Fixa

XP Corporate Plus

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.