A melhor oportunidade de rentabilizar a recuperação da economia

Como conseguir capturar as oportunidades do mercado de renda variável de maneira mais eficiente. - Fundos de Renda Variável


Compartilhar:


Fundos de Renda Variável

“Mini Bull-Market” e o investidor pessoa física

Desde março deste ano, mais especificamente desde o dia 23 de março de 2020, quando a crise causada pelo Covid-19 estava em seu auge e a bolsa brasileira atingira 64 mil pontos, observamos forte recuperação do mercado acionário brasileiro, com alta significativa do Ibovespa, na ordem de 60% no período

Este “mini Bull Market” no Brasil (aliado à taxa de juros no menor patamar histórico) gerou diversas oportunidades para o investidor brasileiro, que resolveu ir às compras. Isso pode ser comprovado na prática com a entrada de 900 mil novos investidores na bolsa de valores entre março e julho deste ano, o que fez com que o número total de clientes aumentasse para quase 3 milhões na bolsa abrasileira.

Mas será que esses investidores estão conseguindo capturar essas oportunidades da maneira mais eficiente, acessando papéis diretamente?

Em alguns casos, em que o investidor se dedica no estudo das empresas listadas e possui tempo adequado para se aprofundar nas análises de cada companhia a ser investida, a tese acima pode ser válida. Porém, ao longo dos últimos anos, percebemos que o investidor se comporta melhor quando investe em fundos de renda variável frente a ações diretamente, devido a percepção de alocação de longo prazo, melhor relação de retorno/risco e por alguns fatores:

  1. Gestão Profissional: Os melhores fundos possuem gestão profissional e qualificada, com uma equipe dedicada 100% a análise do mercado e comprovado track record no mercado de ações. A escolha de um portfólio de ações exige anos de trabalho árduo e muito conhecimento de vários aspectos como economia, ciclo de crédito e de juros, fundamentos das empresas, tributação, gestão de empresas e experiência dos mercados internacionais. Amostra de 21 gestoras de renda variável da plataforma de fundos da XP:
    • Experiência média gestor + analistas: 11 anos (142 pessoas)
    • Experiência média gestor: 18 anos (43 pessoas)
  1. Retorno e Diversificação: Os fundos possuem portfólio diversificado e rebalanceamento ativo das posições através análise de preços, monitoramento das ações e contato direto com as empresas. Ao investir em um fundo você está acessando um grande portfólio de ações (os fundos da plataforma possuem em média mais de 25 companhias investidas). Isso significa que o risco é distribuído entre essas ações, o que não ocorre quando é feito apostas em poucos papéis, em que o tamanho das posições impacta mais o retorno do portfólio.
  1. Conhecimento aprofundado: Para tomada de decisão de investimento, os gestores de fundos se aprofundam no conhecimento dos setores e do modelo de negócio das empresas, muitas vezes visitando a companhia, fábricas e em conversas com o conselho de administração. Desta forma, conseguem angariar melhores recursos sobre o dia-a-dia e “antever” o futuro das empresas em comparação ao investidor comum.
  1. Alinhamento entre gestão e cotistas – A taxa de performance dos fundos representa uma forma de alinhamento entre a equipe de gestão e seus investidores.Quanto maior a rentabilidade do fundo, mais bem remunerada a equipe de gestão. Além disso, o gestor usualmente aloca seu patrimônio pessoal nos mesmos produtos dos cotistas, tornando maior a responsabilidade de gestão.
  1. Métricas de Risco – A gestão profissional apresenta diversos benefícios já citados. Mas ela também traz de bandeja uma robusta equipe de risco dedicada a monitorar a carteira dos fundos, visando sempre a tomada de decisão ágil através da utilização de metodologias, modelos, ferramentas e políticas de risco para garantir a segurança do investimento dos clientes. Entre estas metodologias podemos citar:
    • Análise de Risco de Mercado- análise de risco sistemático e específico do mercado para tomada de decisão de acordo com as mudanças gerais do mercado ou de acordo com a oscilação de algum ativo específico
    • Value at Risk (VaR) – medida da pior perda esperada em ativo ou carteira para um determinado período e intervalo de confiança.
    • Teste de Stress – análise de perda potencial em cenários extremos. Em complemento ao VaR que mede o risco do mercado em condições normais, o teste de stress tem o objetivo de medir este risco em situações de crise.
    • Risco de Liquidez – análise constante do desequilíbrio do ativo e passivo do fundo para que o fundo honre suas obrigações, sem afetar suas operações e incorrer significativas perdas.
    • Drawdown medição da perda de um fundo desde o seu pico histórico em um determinado período.

Exemplo de limites de risco adotado pelos gestores

  1. Emotional Bias (ou Viés Emocional): Quando um cliente escolhe investir em uma ação, baseado em qualquer tipo de estudo que tenha feito ou informações angariadas, existe uma dificuldade de assumir erro (se for o caso) e se desfazer desta escolha se torna um processo homérico, que culmina na venda do papel em um momento não ideal. O gestor do fundo consegue se proteger deste vínculo emocional. Afinal, as decisões de compra e venda são baseadas em robustos processos de análise, modelos formais e comitês de investimento formado pela equipe de gestão.
  1. Custos e Impostos: Sim, a maioria dos fundos de gestão ativa de renda variável cobra o famoso 2 com 20 (2% de taxa de administração e 20% de taxa de performance). Porém, os resultados de todos os fundos de investimento já são apresentados com o desconto destas taxas, portanto ao analisar o retorno de qualquer fundo suas taxas não devem ser o parâmetro número um para tomada de decisão. Seus custos justificam o investimento dado o retorno líquido apresentado e por todos fatore acima previamente citados. Existe também uma facilidade tributária via fundos afinal, o imposto de 15% sobre o retorno é recolhido automaticamente no resgate, sem a necessidade burocrática de realizar o processo de pagamento de DARF paralelamente, além da não existência do come-cotas.

Fundos Long Only

Os itens acima podem ser comprovados analisando o retorno de uma carteira de Fundos Long Only* da plataforma da XP em comparação ao Ibovespa

Ao analisarmo a tabela acima, fica visível que a gestão profissional dos fundos Long Only entrega valor para o investidor. Na média, estes fundos analisados conseguem superar o índice em todas as janelas estudadas, ficando ainda mais evidente e provável quanto maior o tempo de investimento do cliente.

*Como o próprio nome diz, são fundos com posições apenas compradas, apostando sempre na valorização das ações que investe. Como exigência da CVM, no mínimo 67% do patrimônio líquido do fundo de ações deve ser composto por ações, bônus ou recibos de subscrição, cotas de fundos de ações, cotas de fundos de índice de ações ou BDRs (Brazilian Depositary Receipts). Como só pode ficar comprado, a maneira que um gestor tem de se proteger em momentos de baixa do mercado é aumentando seu caixa, ou seja, diminuindo sua exposição líquida.


Fundos Long Biased

Um exemplo prático da melhor relação risco/retorno da gestão profissional são os Fundos Long Biased.

Com uma maior liberdade para atuar no mercado, podendo assumir posições direcionais compradas em ações, de acordo com o cenário traçado pela equipe de gestão, e utilizando proteções como hedge, estes fundos surfam diferentes momentos da economia de forma mais dinâmica, porém sem perder sua exposição core em renda variável.

Montando a mesma lógica de basket da plataforma XP de fundos LBs, esta carteira apresentou um elevado sharpe (relação risco retorno que mede o prêmio de risco de um fundo com relação a sua volatilidade) de 2.30 comparado a 1.86 da carteira long only e 1.00 do Ibovespa, em uma janela de 36 meses.


Mas os fundos podem me oferecer uma oportunidade mais rentável de curto prazo do que comprar bolsa de valores diretamente?

Se o jogo é escolher as ações mais performáticas e economicamente saudáveis para se recuperar neste momento de mercado e, ao mesmo tempo, ter uma diversificação balanceada, sem dúvidas alocar via fundos e delegar isso a uma equipe de gestão é a grande tacada!

Mesmo em momentos de mercado em que o índice apresenta forte retorno, ainda é possível observar o alpha (excesso de retorno) gerado pelos melhores gestores, comprovando a tese de que é sim possível estar alocado em um bom fundo de renda variável e ganhar mais do que o mercado nestes cenários.

A plataforma da XP oferece os melhores fundos dos melhores gestores do mercado, e ainda conta com a melhor seleção por estratégia através do Top 50. Além disso,com apenas R$100,00 você tem acesso aos fundos mais requisitados do mercado através da família Selection de Fundo de Fundos, delegando a seleção de gestores e fundos investidos para um robusto time de análise da XP Investimentos, diversificando sua carteira em apenas um investimento.


Por fim, não existiria melhor forma de concluir sem citar as palavras utilizadas pelo Guilherme Benchimol em seu post recente nas redes sociais:

“…sou um grande grande investidor de renda variável e tenho a crença que não existe investimento mais rentável no longo prazo, mas sempre o fiz através de Fundos de Investimento. Por mais que haja custos (2% com 20% de performance em muitos casos), os retornos são mais consistentes a acima de tudo comprováveis no tempo.”

Guilherme Benchimol

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

Corretora Home Broker Autorregulação Anbima - Ofertas Públicas Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.