XP Expert

Resumo Diário de Política 28/05/2020: Fortes reações a operação da PF de ontem

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Dia para se medir o resultado das reações do Palácio do Planalto e de seus aliados à operação da Polícia Federal de ontem, no inquérito das fake news, que mirou apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, entre empresários, políticos e influenciadores.

Elencamos aqui a série de respostas: no fim do dia, depois de reunião ministerial (https://bit.ly/2XBfOx8), o presidente tuitou que “algo muito grave acontece com nossa democracia” (https://bit.ly/2XB1vZf). Eduardo, o 02, defendeu “reação enérgica” e disse que não é mais questão de se, mas de quando uma ruptura vai acontecer (https://bit.ly/2TLWxb4).  Em outra frente, o ministro da Justiça apresentou um habeas corpus para garantir a liberdade de expressão de Abraham Weintraub e dos outros investigados no inquérito (https://bit.ly/2zGFDUv). O procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu no Supremo a suspensão do inquérito, o que já dissemos ter chance baixa de prosperar (https://bit.ly/3epip3V).

As reações de ontem são fortes, mas ainda ficaram restritas ao campo retórico. Enquanto estiverem nesse campo, ainda podem ser administradas. A escalada dessas reações, de lado a lado, é o que há para se monitorar.

Na decisão sobre a operação, Alexandre de Moraes classifica o “gabinete do ódio” como “organização criminosa” (https://bit.ly/2M7fYa0) e determina a quebra de sigilos bancário e fiscal de investigados desde a eleição de 2018. Há ainda mais tensão pela frente, porque deputados aliados do presidente prestarão depoimentos em até dez dias.

Saindo da seção da investigação, Bolsonaro sancionou ontem o projeto de lei do programa de auxílio a estados e municípios com veto ao trecho que abria espaço para reajuste de servidores até 2021 (https://bit.ly/2yJGBPo). O veto encerra novela iniciada no início do mês, quando o próprio governo trabalhou em sentido contrário, para aprovar a brecha. O sinal final é positivo para Paulo Guedes, que tratou o veto como questão incontornável, mas os 15 dias de janela deixados por Bolsonaro não podem ser ignorados.

Ontem, deputados aprovaram inclusão de empresas do Simples em programa de negociação de dívida tributária (https://bit.ly/3eriMLd). No mesmo tema, ganha força a discussão de um refis para os impostos diferidos na pandemia (https://bit.ly/2zv8TO5) e o governo pretende também adiar o recolhimento de tributos em junho (https://glo.bo/2M5crZR).

E, sem acordo sobre o valor da compensação a ser paga pelo governo aos trabalhadores que tiverem jornada e salário reduzidos, a medida provisória que trata do programa de manutenção do emprego formal foi adiada para hoje (https://glo.bo/3dcqJUj). Se a definição sobre valor for mesmo a voto, será interessante observar o comportamento dos novos aliados do governo: ficarão junto da equipe econômica ou votarão no benefício com valor maior?

O Senado tem na pauta o projeto de lei que suspende por 120 dias o reajuste anual dos planos de saúdes e medicamentos.

Ontem, João Doria e Bruno Covas apresentaram plano de abertura gradual em São Paulo a partir de 1º de junho (https://bit.ly/2XE1q7i).

Internacional

Covid-19: A OMS computa 5.488.825 casos confirmados no mundo e 345.095 óbitos (https://bit.ly/2ZL8UI8).

A China aprovou lei de segurança nacional que amplia seu controle sobre Hong Kong (https://nyti.ms/2Af6k2A ). A Câmara dos Representantes dos EUA aprovou autorização de sanções a autoridades chinesas por violar direitos humanos de minorias muçulmanas. O projeto vai a sanção presidencial (https://bloom.bg/36zcB53).

A Comissão Europeia apresentou plano de 750 bilhões de euros para recuperação da crise provocada pelo coronavírus (https://glo.bo/2M4OGkH).

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, concordaram em ampliar coordenação sobre produção de petróleo (https://glo.bo/3gy6mmy).

Hoje é o 514° dia do governo Jair Bolsonaro.

Hoje é o 78° dia da pandemia de Covid-19.

Faltam 129 dias para as eleições municipais.

Faltam 159 dias para as eleições nos EUA.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.