XP Expert

Resumo Diário de Política 27/05/2020: Operações da PF em destaque

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

A medir pelas duas últimas manhãs, parece que voltamos no tempo para o período em todos acordavam com a pergunta na cabeça: “qual será a operação de hoje da PF?”.

E a de hoje foi ligada ao inquérito que apura as fake news contra o Supremo Tribunal Federal, conduzido pelo ministro Alexandre de Moraes. A Polícia Federal cumpre mandados para 29 buscas em cinco estados e no Distrito Federal (https://bit.ly/2TDfJb1). O inquérito é um dos que trazem preocupação ao Palácio do Planalto. Entre os alvos há aliados de Jair Bolsonaro (https://glo.bo/3eqTFIm). 

Foi nesse mesmo inquérito que Moraes determinou que Abraham Weintraub preste depoimento em cinco dias. Ele viu a possibilidade de seis crimes do ministro da Educação em uma fala de 12 palavras na reunião ministerial (https://bit.ly/2AcoqlE e https://bit.ly/3c8n7l8). 

A notícia da operação de hoje veio a público enquanto o noticiário ainda repercutia a operação de ontem que teve como alvo o governador Wilson Witzel (https://glo.bo/2zB0Rmv), acusado de participar de fraude na área da saúde. A ação contra o rival de Jair Bolsonaro deu força ao discurso de interferência na Polícia Federal (https://bit.ly/2LYZhxs). O “parabéns” do presidente à instituição (https://bit.ly/2X4avXV) e a antecipação da operação por aliados de Bolsonaro (https://glo.bo/2ZF3AWH) jogam lenha nessa fogueira. 

Antes de sairmos da seção das investigações, registro para notícia de que Aras deve fazer até a semana que vem o pedido para ouvir Bolsonaro no inquérito (https://bit.ly/36zyaCB). E o Valor diz que o PGR pode decidir apontar crime de responsabilidade de Bolsonaro, o que transferiria o julgamento para o Legislativo (https://glo.bo/2ZNDKzM). 

Termina hoje o prazo para Bolsonaro decidir sobre o veto à possibilidade de reajuste a servidores públicos no projeto de auxílio aos estados (https://bit.ly/3go29lH). Ontem, ele assinou MP com reajuste a policiais do Distrito Federal, último ato que pretendia antes de tomar a decisão. Ainda que decida pelo veto, como prometeu várias vezes, a janela que deixou aberta por 15 dias foi suficiente para a corrida de diversos estados na direção dos reajustes, contrariando o discurso e o pedido de Paulo Guedes.

Na Câmara — que aprovou ontem a MP do salário mínimo (https://bit.ly/3gtXM8n) = e plano de ajuda de R$ 3 bilhões para o setor cultural (https://bit.ly/2X4KMyn) — , está na pauta a MP 936, do plano emergencial de manutenção do emprego (https://bit.ly/3d9GPOD). O texto prevê a extensão da desoneração da folha até 2022 para os 17 setores hoje contemplados.

Senadores aprovaram ontem o projeto que prevê regras para o uso de leitos da rede privada pelo SUS para tratamento de casos graves de Covid-19 (https://bit.ly/3gr6EeZ). Hoje, o Senado tem na pauta projeto que cria linha de crédito de R$ 5 bilhões para profissionais liberais (https://bit.ly/36A50U7). 

Também hoje, o governo de São Paulo deve anunciar seu planejamento para a reabertura regional da economia. A prefeitura da capital tenta uma flexibilização maior (https://bit.ly/3da617y). 

Internacional

Covid-19: Segundo a OMS são 5.404.512 casos confirmados e 343.514 óbitos (https://bit.ly/3grhfGO).

A escalada de tensões entre os EUA e a China ganhou novo capítulo nesta terça-feira: o presidente americano, Donald Trump, disse que seu governo estaria se preparando para tomar medidas contra a China ainda nesta semana por causa da lei de segurança nacional que ampliaria o controle de Beijing sobre Hong Kong (https://reut.rs/3ekvifA). 

A Câmara deve apoiar legislação do Senado que imporia sanções a autoridades da China por abusos aos direitos humanos (https://bloom.bg/36zcB53). 

O principal assessor econômico da Casa Branca, Larry Kudlow, afirmou que o governo Trump está disposto a pagar empresas americanas para que tirem cadeias de produção da China e as tragam de volta para os EUA (https://glo.bo/2B8AGUZ). 

Hoje é o 513° dia do governo Jair Bolsonaro.

Hoje é o 77° dia da pandemia de Covid-19.

Faltam 130 dias para as eleições municipais.

Faltam 160 dias para as eleições nos EUA.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.