XP Expert

Resumo Diário de Política 24/11/2020: Guedes diz que auxílio emergencial acaba no fim do ano

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

O noticiário de terça-feira dá destaque à fala do ministro Paulo Guedes sustentando que o auxílio emergencial acaba no fim do ano (https://bit.ly/3l78TWg e https://glo.bo/3m4hLgk), depois de três dias em que as pressões políticas pela prorrogação do benefício estiveram em evidência (https://glo.bo/3l3FETY) “A doença cedeu bastante e a economia voltou com muita força. Do ponto de vista do governo, não existe prorrogação de auxílio emergencial”, afirmou. O tema segue nos jornais, com discussão sobre os caminhos jurídicos que permitiriam o pagamento, no caso de haver uma segunda onda (https://bit.ly/371vyxX) — o texto sustenta que a Secretaria de Orçamento avalia que não podem ser usados créditos extraordinários –, e sobre valores discutidos, que seriam menores que os atuais R$ 300 (https://glo.bo/3m1FygX) em caso de prorrogação. 

Sem um programa de transferência de renda aprovado até o fim do ano, a pressão tende a crescer e a disputa ficará em evidência nas próximas semanas, já que congressistas e integrantes do governo sustentam que Bolsonaro ainda não tomou sua decisão. Guedes e equipe, junto com Rodrigo Maia, marcam posição para evitar a prorrogação se não houver uma segunda onda flagrante. A defesa será cada vez mais necessária para estabelecer os limites e evitar que a pressão política saia vitoriosa.

Nos mesmos eventos, Guedes disse ainda que o governo tentará avançar até o fim do ano com matérias regulatórias, como a lei de falências, que está na pauta do Senado desta semana (https://bit.ly/3fFzSXT)

Há um movimento em Brasília, capitaneado por Rodrigo Maia, para tentar reinserir a reforma tributária nas discussões do último mês do ano — seria uma maneira de manter o controle da agenda da Câmara com uma pauta positiva, para além da PEC Emergencial e dos desafios fiscais que precisarão ser enfrentados pelos governistas.

Curtas: Bolsonaro disse que só tentará criar seu partido até março (https://bit.ly/37780HU) e Boulos se aproxima de Covas no segundo turno de São Paulo (https://bit.ly/2J7qAYH).

Nas redes

O auxílio emergencial tem destaque também nas redes, segundo o monitor XP-Conatus, com embate entre parlamentares de esquerda e da base governista. Atores como André Janones, que se destacaram pela defesa da manutenção do valor original do auxílio, já afirmam “não acreditar mais que o valor volte para R$ 600”. Entre as notícias, destaque para a fala de Guedes de não prorrogar o benefício, em que predomina a reação ANGRY (48%)

Internacional

Covid-19: Segundo a OMS, são 58.425.681 casos confirmados 1.385.218 óbitos (https://bit.ly/3ge3REZ).

Com aval de Donald Trump, a agência dos EUA que cuida do tema autorizou o início do processo de transição entre o republicano e Joe Biden. Desse modo, o democrata deve ter acesso a agências, briefings e aos recursos necessários para preparar seu governo (https://on.wsj.com/3kZ9lpe). 

Canais de mídia americana reportaram que a ex-presidente da Reserva Federal, Janet Yellen, deve ser a próxima secretária do Tesouro*. Vale lembrar que o Senado tem que aprovar a maioria dos cargos. Não parece haver resistência relevante aos nomes apresentados até o momento (https://on.wsj.com/33c6LGh e https://bloom.bg/2UUyxCX). 

No entanto, ressaltamos que Trump ainda não aceitou a vitória de Biden formalmente e continua apresentando recursos legais em estados como Pensilvânia, com o intuito de atrasar a certificação dos votos. Em derrota para o presidente, Michigan certificou Joe Biden como vencedor da disputa nesta segunda-feira (23) (https://bloom.bg/3kVZ25v).

Hoje é o 694° dia do governo Jair Bolsonaro.

Hoje é o 258° dia da pandemia de Covid-19.

Faltam 5 dias para o segundo turno das eleições municipais.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.