Resumo Diário de Política 20/10/2020: Time econômico prepara terreno para discussões sobre Pacto Federativo

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.


Compartilhar:


Mesmo sem definições sobre o futuro do custeio do programa de transferência de renda, o noticiário segue com tom de neutro para positivo, com o governo e o time econômico preparando terreno para as discussões do período pós-eleitoral. Diante de pressões pela prorrogação do auxílio emergencial, Jair Bolsonaro reiterou que “não dá para ficar muito mais tempo” com o benefício (https://bit.ly/3kgigTR). Paulo Guedes aproveita o momento ganhado com sua fala na sexta e a de Rodrigo Maia no sábado para marcar posição contra medidas criativas (https://glo.bo/31oXZEi).

Nas discussões da reforma tributária, o Ministério da Economia informou ao Congresso que a criação da CBS com alíquota de 12%, como proposto pelo governo, vai aumentar a arrecadação em relação ao PIB, de 4,15% em 2019 para 4,38% — ponto sensível que tem sido criticado por deputados e senadores (https://bit.ly/3makp45).

O governo decidiu promover uma ofensiva para tentar incluir na agenda do Senado, nesta semana ou na próxima, a votação de projetos regulatórios, como o da lei do gás (https://glo.bo/37mPNYT) — _segundo nossas conversas ontem com líderes no Senado, o governo sinalizaria hoje se há acordo para editar decretos defendidos por senadores para regulamentar o texto aprovado na Câmara, para que não haja necessidade de nova votação pelos deputados_. O ministro de Minas e Energia tem na agenda reuniões com o relator da proposta na Câmara, com Maia e com o líder Ricardo Barros.

Enquanto o Senado segue em esforço concentrado para sabatinar e votar indicados pelo governo para cargos em agências reguladoras e tribunais, a Câmara tem na pauta duas medidas provisórias — uma delas sobre incentivos contábeis para empréstimos a micro e pequenas empresas — e o projeto de lei da cabotagem, para o qual ainda não há acordo.

E Bolsonaro volta a travar disputa com João Doria, agora em torno da obrigatoriedade da vacina contra o novo coronavírus — defendida pelo governador, mas rechaçada pelo presidente (https://bit.ly/31p1WsB e https://glo.bo/35ftfGD).

Nas redes

O monitor XP-Conatus registou pico de menções sobre o tema nas últimas 24 horas, com impacto misto. Apoiadores do presidente criticam a celeridade da vacina, o governador Doria e, principalmente, a “obrigatoriedade” da vacinação. A oposição defende a importância dela. No Facebook, o primeiro grupo representa 55% dos comentários, e o segundo, 30%. Já no Twitter, o bolsonarismo atinge 33% dos usuários engajados no debate, enquanto a oposição representa 52%. 

Internacional

Covid-19: Segundo a OMS, são 39.944.882 casos confirmados e 1.111.998 óbitos (https://bit.ly/3ge3REZ).

A presidente da Câmara dos Deputados dos EUA, Nancy Pelosi, e o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, voltarão a conversar nesta terça-feira (20) sobre um pacote de estímulos à economia — os dois ontem “reduziram diferenças”, segundo assessores. Trump indicou que um acordo entre o governo e os democratas pressionaria os republicanos a aceitar a proposta. Vale lembrar que Pelosi definiu esta terça-feira como a data-limite para um acordo sobre um pacote que possa ser aprovado antes da eleição em 3 de novembro (https://on.wsj.com/3ji4yOO e https://bloom.bg/3kfj3o3). 

No entanto, o líder republicano no Senado, Mitch McConnell, disse que a Casa deve votar projeto com impacto de USD 500 bilhões nesta semana — texto que não conta com apoio da maioria democrata na Câmara (https://cnb.cx/31rV6T8). 

Nas eleições, swing states como Flórida, Arizona, Pensilvânia, Carolina do Norte e Michigan registam alta em número de casos de coronavírus. Minorias são as mais afetadas (https://bloom.bg/3jdoxhQ). 

Na Europa, O Reino Unido rejeitou tentativa da União Europeia para reanimar as negociações pelo Brexit, insistindo que o bloco ceda em mais pontos (https://bloom.bg/2HnRhH7).

Hoje é o 659° dia do governo Jair Bolsonaro.

Hoje é o 223° dia da pandemia de Covid-19.

Faltam 26 dias para as eleições municipais.

Faltam 14 dias para as eleições nos EUA.

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins da Instrução CVM nº 598, de 3 de maio de 2018. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

Corretora Home Broker Autorregulação Anbima - Ofertas Públicas Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.