XP Expert

Resumo Diário de Política 19/10/2021: Governo considera parte do auxílio fora do teto

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Às vésperas do fim do auxílio emergencial, o governo trabalha com um desenho para os benefícios em 2021 e 2022 que prevê deixar parte dos pagamentos fora do teto de gastos (https://bit.ly/3G05e8d). A ideia discutida em reunião entre a ala política e o time econômico é ade criar dois benefícios temporários, um dentro do orçamento e outro com crédito extraordinário, que se somariam ao orçamento de R$ 35 bilhões previsto para o Auxílio Brasil em 2022. A expectativa é de um benefício temporário de cerca de R$ 100, dentro do teto, e que cerca de R$ 30 bilhões sejam custeados fora do teto – o trabalho da equipe de Paulo Guedes é para transformar todos os aumentos em temporários (eles se encerram em 2022), incluir o máximo possível dentro do teto (para evitar outros tipos de gastos com o Orçamento de 2022) e circunscrever todos os benefícios aos 17 milhões que receberiam o Auxílio Brasil. O desenho, que depende de alteração constitucional no entendimento da Economia, ainda precisa ser validado entre líderes do Congresso.

PEC dos Precatórios, que tem votação marcada para hoje à tarde na comissão especial (https://glo.bo/3na1Xub), poderia ser o veículo usado para viabilizar a mudança.

Caso avance essa linha, a reforma do imposto de renda deixaria de ser necessária para bancar o Auxílio Brasil e poderia ser abandonada pelo governo. O relator, Angelo Coronel, já tem dado mostras de que não pretende levar o texto adiante (https://bit.ly/3E0kRLb). Isso permitiria reduzir o déficit previsto em 2022 para perto de R$ 130 bilhões.

Ontem, Jair Bolsonaro havia afirmado mais cedo que o governo resolveria ainda esta semana a extensão do auxílio emergencial (https://bit.ly/3pfmYq8). E em entrevista gravada sábado e exibida ontem, Arthur Lira disse que não se pode pensar só em “teto de gastos e responsabilidade fiscal em detrimento da população” (https://bit.ly/3DQWU8X).

Em outra briga no Congresso, os Estados recalcularam para R$ 32 bilhões a perda de arrecadação com o projeto que altera a forma de cobrança do ICMS sobre combustíveis (https://bit.ly/3DSloi2). O texto já passou na Câmara e tramita no Senado, com forte pressão contrária dos governadores.

Na CPI da Pandemia, Renan Calheiros se isolou depois da divulgação de trechos do relatório que contrariam colegas de comissão (https://bit.ly/3n7R0th), e enfrenta dificuldades para ver aprovado o texto original.

Curta: os candidatos do PSDB à Presidência da República se encontram hoje, às 11h, em debate promovido pelo grupo Globo (https://glo.bo/3vtMqcK).

Nas redes

Segundo o monitor XP-Conatus, a CPI da Pandemia é destaque. Depoimentos de familiares e vítimas da Covid-19 resultaram em um pico de menções que, durante o dia, até mesmo ultrapassou menções a Jair Bolsonaro. O apelo limitou o alcance do viés proposto pelo bolsonarismo para a reta final da comissão, com o mote “CPI do Circo”.

Em menor volume, o tema greve de caminhoneiros teve pico na série histórica a partir de menções geradas pela imprensa. O tema é marcado por um baixo engajamento de outros atores.

Internacional

Em meio às tensões entre as alas o partido democrata sobre a agenda econômica de Biden, o senador moderado Joe Manchin disse que não acredita que o Congresso americano finalize os trabalhos sobre a pauta até dia 31 de outubro, a data limite imposta por líderes do partido. O pronunciamento foi feito poucas horas após sua reunião com Bernie Sanders e Pramila Jayapal, parlamentares da ala mais à esquerda do partido (https://bit.ly/3aSGBMd).

Vale lembrar que o partido terá que retornar discussões sobre o teto da dívida e o orçamento público no fim do ano, portanto, o panorama desenhado por Manchin deixa pouco espaço para aprovação da agenda ainda em 2022.

O principal ponto de embate continua sendo o tamanho do Plano das Famílias Americanas. A ala mais à esquerda do partido defende o valor de USD 3,5 trilhões, enquanto Manchin negocia algo em torno de USD 1,5 trilhão. Já a Casa Branca procura mediar um acordo de USD 2 trilhões. Ainda, há divergências sobre o conteúdo da proposta em si, principalmente na pauta climática e de saúde.

Hoje é o 1023° dia do governo Jair Bolsonaro.

Faltam 348 dias para as eleições presidenciais.

Hoje é o 176° dia da CPI da Pandemia.

Hoje é o 587° dia da pandemia de Covid-19.

XP Política

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.