XP Expert

Resumo Diário de Política 19/08/2020: Mais um dia de destaque no noticiário às pressões por espaço no orçamento

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Mais um dia de destaque no noticiário às pressões por espaço no orçamento deste ano e no de 2021, com a estratégia do governo um pouco mais clara, mas nem por isso de fácil execução.

A PEC que trata da implementação de gatilhos para abrir espaço fiscal tratará também da criação do Renda Brasil e da desoneração da folha de pagamentos, em tentativa de amenizar resistências (https://glo.bo/317ARds). Ainda assim, a discussão começa a expor suas fragilidades, com oposição do Congresso a parte dos cortes, principalmente ligados ao funcionalismo (https://bit.ly/2CGSjMH). Rodrigo Maia deu recado e disse que o governo “precisa ter base” para entrar na discussão (https://glo.bo/2Q6cQgD) e que a junção de vários temas pode inviabilizar o uso da PEC 438, já aprovada na CCJ, para ganhar tempo na Câmara.

O risco, como já escrevemos por aqui e como ouvimos recentemente de importante figura em Brasília, é que o Congresso fique só com a parte da proposta que cria gastos, e ignore a que reduz.

Até que o Renda Brasil esteja aprovado (https://glo.bo/327TJbA), o governo estuda editar MP prorrogando o auxílio emergencial em um valor menor que os R$ 600 (https://bit.ly/3iR4UfF). A redução do valor — defendida por Rodrigo Maia (https://bit.ly/2CJQUVE) — encontra respaldo em conversa que mantivemos com líderes da Câmara nos últimos dias. Pelo menos na cúpula das bancadas, o argumento de que o auge da crise já passou tem tido aderência. Ainda assim, o governo precisará empenhar esforço relevante para que não haja alteração, caso mande mesmo a medida provisória.

O cenário de restrição tem estimulado a pressão dos ministérios por mais recursos (https://bit.ly/3232iEM).

Na agenda de hoje, o Congresso se reúne para deliberar sobre vetos de Jair Bolsonaro. (https://bit.ly/2FEaDXS) Não houve acordo sobre o veto à proibição de reajuste do funcionalismo público até 2021, que será destacado para votação separada. O veto à destinação do Fundo de Reservas Monetárias deve ser mantido e foram adiados o das desonerações e o que especifica categorias que têm direito ao auxílio emergencial.

Internacional

Covid-19: Segundo a OMS, são 21.756.357 casos confirmados e 771.635 óbitos (https://bit.ly/3ge3REZ). 

Apesar das tensões políticas estarem em alta nos EUA devido à proximidade da eleição, democratas deram sinal positivo sobre o pacote de estímulo após semanas de embate, sugerindo reduções significativas a sua proposta para chegar a um acordo com republicanos, o que foi visto positivamente pelo governo Trump (https://bloom.bg/3kZ1UzO). 

O Serviço Postal dos Estados Unidos decidiu suspender mudanças operacionais anunciadas nos últimos meses, que democratas consideravam um risco para a eleição, dado que um maior número de votos por correio é esperado neste ano devido à pandemia (https://glo.bo/3kVRUak). 

No segundo dia da Convenção Nacional Democrata, delegados dos diferentes estados do país manifestaram seu apoio a Joe Biden, confirmando sua indicação à disputa pela Casa Branca. Líderes do partido, como o ex-presidente Bill Clinton, e a mulher do candidato, a Dra. Jill Biden, se reuniram para fazer novos ataques à liderança de Donald Trump e promover a campanha democrata. (https://on.wsj.com/3iSyP7a).

Hoje é o 597° dia do governo Jair Bolsonaro.

Hoje é o 161° dia da pandemia de Covid-19.

Faltam 88 dias para as eleições municipais.

Faltam 76 dias para as eleições nos EUA.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.