XP Expert

Resumo Diário de Política 19/01/2022: Sem a participação de auditores da Receita, servidores protestam por reajustes

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

A quarta-feira em Brasília é de avaliação das manifestações dos servidores por aumentos salariais (bit.ly/3IeRXZK). Após entregas de cargos e “operações-padrão”, o funcionalismo foi ontem às ruas pedindo reajustes de até 28%, e assinalou exasperar a mobilização caso Bolsonaro siga inerte.

A resposta dos governistas foi repetir o discurso usual: Ricardo Barros, líder do governo na Câmara, disse que o protesto “não assustou” pela baixa adesão (bit.ly/3FEQ5aP) – o que era esperado pelas entidades sindicais em virtude da alta dos casos de Covid-19 no DF – e Mourão relembrou “não haver espaço no orçamento” (glo.bo/3tFy1eA e bit.ly/3qGoQIR).

ausência de auditores da Receita também foi sentida. A categoria parece sinalizar que possui agenda própria, voltada sobretudo à regulamentação e efetivo pagamento de um bônus de eficiência criado em 2017 (bit.ly/3qFIIM7 e bit.ly/3tE1eq9).

Pela ótica dos representantes sindicais, todavia, o ato serviu para sinalizar ao governo que aguardarão uma resposta até o início de fevereiro, quando recomeçam os trabalhos no Congresso Nacional, não descartando greves: “essa mobilização começa agora, mas não tem data para encerrar”, disse o presidente do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado, Rudinei Marques.

Sobre eleições, os jornais destacam um PSDB rachado após as prévias – com dissidências em prol da candidatura de Simone Tebet (MDB) (bit.ly/3KkS1ce), e a divisão da Rede Sustentabilidade de Marina Silva e Randolfe – que pretende formar federação com o PSOL (bit.ly/3ryM2I2) – entre apoiar Lula ou Ciro (bit.ly/3rotjPy).

Às vésperas duma reunião decisiva, os presidentes de PT e PSB comentaram as dificuldades para que as legendas se federem em 2022 (glo.bo/3rxGbCR e bit.ly/3tJSnTR).

E finalmente, sem mencionar nomes, Bolsonaro diz ter substitutos para os 12 (doze) ministros que devem deixar o cargo para participarem das eleições. O prazo de desincompatibilização vai até 2 de abril (glo.bo/3Ag2rVR).

Nas redes

Segundo o monitor XP-Conatus, o debate sobre a covid-19 segue marcado pelo aumento no número de casos e por uma politização de diversas medidas que parte especialmente do campo bolsonarista. Em outra frente, dois temas delicados são acompanhados de perto pela base governista nas redes: inflação e paralisação dos servidores.

Internacional

Nos EUA, o Senado continua avaliando projetos sobre direitos de voto. A expectativa é que republicanos utilizem o filibuster entre hoje e amanhã para bloquear o avanço das iniciativas. E, em seguida, o líder da maioria democrata, Chuck Schumer, deve pautar mudanças às regras do Senado – inclusive o próprio filibuster. No entanto, sem apoio dos senadores Joe Manchin e Krysten Sinema, a expectativa segue sendo negativa para a agenda democrata (bit.ly/32hWmfe).

A ênfase democrata sobre iniciativas com perspectiva negativa de aprovação reflete a falta de orientação e união no partido antes da eleição parlamentar de novembro.

Nesse contexto, 28 parlamentares democratas, inclusive de swing states como Arizona, anunciaram que não devem buscar a reeleição em novembro. O tema gera preocupação para o partido de Biden, que já enfrenta um complexo panorama eleitoral (on.ft.com/3AeVtkc bit.ly/3Kr7Rls).

Hoje é o 1113° dia do governo Jair Bolsonaro.

Faltam 258 dias para as eleições presidenciais.

Hoje é o 677° dia da pandemia de Covid-19.

XP Política

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.