XP Expert

Resumo Diário de Política 18/10/2019: Crise escancarada no PSL.

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Crise escancarada no PSL. Chegamos ao 11º dia em que o conflito interno do partido do presidente da República se tornou público. Agora, cada vez com mais detalhes, já que pessoas com acesso aos bastidores decidiram gravar as discussões internas e vazar para a imprensa. O último é um do líder da bancada, Delegado Waldir, chamando Bolsonaro de “vagabundo” e dizendo que vai implodi-lo (http://bit.ly/33FNECk, http://bit.ly/2MQrHda e https://glo.bo/2MQsevG). Outros parlamentares também reclamam do governo –o mais enfático é o presidente da CCJ, Felipe Francischini, que ainda fala em evitar uma fusão do PSL com o DEM. _Ouça aqui o áudio completo: http://bit.ly/32qTdV0. Tem 9 minutos, mas vale a pena pelo teor completamente “cru” da conversa interna no PSL.

O governo passou a colecionar ex-aliados. Ontem (17), a deputada Joice Hasselmann perdeu o cargo de líder do governo no Congresso (https://glo.bo/2Bk3TZV). Em seguida, ela deu declarações à imprensa de que a troca era uma “carta de alforria” (http://bit.ly/2BjEEGZ). A cúpula do PSL também retaliou. Sem cerimônia alguma, retirou os diretórios de SP e do RJ de Eduardo e Flávio Bolsonaro, respectivamente (http://bit.ly/31ou5wX). A situação é cada vez pior para a relação dos dois lados e em relação a tudo o que se torna público –o que mais chama a atenção nessa briga.

O conflito interno na bancada resultou na desistência de Bolsonaro em indicar seu filho Eduardo à embaixada de Washington, segundo jornais (https://glo.bo/2MmJ6Ls e https://glo.bo/31otFXh). Eduardo nega (http://bit.ly/35OloQ6). Na verdade, a indicação já estava “em espera” por enfrentar dificuldades de apoio no Senado. A crise interna do PSL serve de motivo para Bolsonaro acomodar seu filho sem impor a ele uma indicação de difícil aprovação.

O Supremo Tribunal Federal iniciou o julgamento das ações sobre prisão após condenação em 2ª Instância (https://glo.bo/2W2fdDz). O julgamento continuará na próxima quarta (23). Marco Aurélio prevê que o julgamento termine com resultado de 7 a 4 favorável a que a execução da pena se dê apenas quando não houver possibilidade de mais nenhum recurso (http://bit.ly/2BhEwrD).

Fernando Henrique Cardoso foi entrevistado
por Folha e Estadão (http://bit.ly/2J4gq82 e http://bit.ly/33KCnB0). Ao primeiro veículo, disse que o núcleo Bolsonaro é “atrasado, reacionário, antiquado em muita coisa”. Ao segundo, comentou a possível candidatura de Luciano Huck ao Planalto: “É preciso ver se Huck vai deixar de ser celebridade para ser líder”.

Internacional: Diretora-geral do FMI disse que Brexit sem acordo pode custa de 3,5% a 5% do PIB do Reino Unido, além de impacto de 0,5% na União Europeia (http://bit.ly/2psGxyw). Mark Zuckerberg defendeu liberdade de expressão nas redes sociais e que políticos possam mentir em anúncios (http://bit.ly/2MP5NqD).

Curtas: Foram criadas 157 mil novas vagas de emprego em setembro, segundo o Caged (https://glo.bo/2BoNmUc). Novo líder do governo no Congresso diz que, após a reforma da Previdência, restante da agenda econômica ficará para 2020 (http://bit.ly/2nUU8hu). Carlos Bolsonaro se desculpou por publicar um tweet na conta de seu pai, Jair (http://bit.ly/2J17FeL).

Bastidores de Brasília

Relator da MP do FGTS, o deputado Hugo Motta (Republicanos) está certo de que vai manter seu relatório, apesar de críticas do setor de construção e do governo. Os dois pontos atacados envolvem o destino dos recursos do FGTS (que seriam pulverizados para mais áreas, o que desagrada ao setor de construção civil) e o monopólio da Caixa no fundo, o que desagrada ao governo.

Conversamos com lideranças de três partidos de centro que dizem que o texto da securitização está próximo a um consenso e deve ser aprovado na semana que vem. A votação está marcada para quarta-feira (23). O relator, deputado Alexandre Leite (DEM), está acatando mudanças propostas pelo Centrão.


Hoje é o 291° dia do governo Jair Bolsonaro.
A reforma da Previdência está há 71 dias no Senado.
Faltam 352 dias para as eleições municipais.
Faltam 382 dias para as eleições nos EUA.

XP Política

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.