XP Expert

Resumo Diário de Política 17/12/2021: Foco no Orçamento e no Datafolha com Lula ampliando vantagem

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Promulgada a PEC dos Precatórios (https://bit.ly/3DYihVq), deputados e senadores trabalham para aprovar o Orçamento de 2022 até o início da próxima semana, antes do início do recesso parlamentar. Uma das etapas que precedem a apreciação da lei orçamentária é a análise de vetos, prevista para sessão de hoje do Congresso (https://bit.ly/30FsnwY) – entre eles está o que impediu a elevação do fundo eleitoral para R$ 5,7 bilhões (https://glo.bo/3GSqNqM). Apesar da posição oficial contrária do Planalto, integrantes da base pretendem ajudar a derrubá-lo (https://glo.bo/3e0qWfx).

A expectativa é que o orçamento seja aprovado em sessão no início da semana que vem – foi convocada sessão da CMO para a próxima segunda-feira para votação anterior à do plenário (https://bit.ly/32aHcYP). Até lá, o relator Hugo Leal se ocupa de encaixar no espaço disponível as demandas do Congresso e do próprio governo. Paulo Guedes pediu formalmente a reserva de R$ 2,5 bilhões para reajustes de servidores (https://bit.ly/3q2TDxW). Há outras demandas pressionando, como a própria ampliação do fundo eleitoral (https://bit.ly/3yxS8vw). O Estadão elenca ainda possibilidade de correção da tabela de imposto de renda, com impacto de R$ 23,5 bilhões (https://bit.ly/3DYfRGo).

O Congresso poderá tomar suas decisões com menos pressão, depois de o Supremo ter decidido, por 8 a 2, manter a decisão da ministra Rosa Weber de liberar o pagamento das emendas de relator (https://bit.ly/3q2TJ8M).

Sem acordo em relação à amplitude do programa, o Refis saiu da pauta da Câmara com promessa de que deve retornar na primeira semana do ano que vem (https://bit.ly/3sfEqMK). O projeto específico para micro e pequenas empresas, no entanto, foi aprovado e segue para sanção presidencial (https://glo.bo/3yNRSsF).

Também passou pelo plenário da Câmara, em dois turnos, proposta de emenda constitucional que isenta templos alugados do pagamento de IPTU e segue agora para promulgação (https://glo.bo/3EbacwU). Os deputados também decidiram conceder o caráter de urgência a proposta que trata da liberação de jogos de azar.

Pesquisa Datafolha divulgada ontem consolida Lula na liderança, com 48% (https://bit.ly/3mfmCh3), 26 pontos a mais que Jair Bolsonaro. Sérgio Moro e Ciro Gomes vêm em seguida. A “não decolagem” do ex-ministro fez petistas e bolsonaristas vaticinarem o “fim da terceira via” (https://bit.ly/33DQVre). É nessa onda que Geraldo Alckmin ontem disse ter dado o “primeiro passo” para ser vice do petista ao deixar o PSDB (https://glo.bo/3GLQ4CU).

Em meio à aproximação da dupla, a terceira via age para tentar acelerar alianças. Ontem foi a vez de Simone Tebet (MDB) encontrar outros postulantes do grupo, como João Doria e Felipe Dávila (https://bit.ly/3E5iMgg).

Por fim, a lista das pesquisas perderá daqui para a frente o nome de Cabo Daciolo (1,3% em 2018), que anunciou ontem apoio a Ciro Gomes (https://bit.ly/3scvd7T).

Nas redes

Segundo o monitor XP-Conatus, a covid-19 segue em destaque, com debate polarizado. O bolsonarismo é o principal impulsionador do tema ao criticar o passaporte sanitário e a decisão da Anvisa para que a vacina Pfizer seja aplicada em crianças.

Internacional

A semana chega ao fim com o Build Back Better Act em destaque em meio às divergências entre democratas sobre o andamento do pacote de USD 1,75 trilhão. Apesar de tentativas de negociações entre a Casa Branca e o senador centrista Joe Manchin, parlamentares reconhecem que o projeto está em risco e deve ficar para a agenda de 2022 (https://bit.ly/3E3Hkqb e https://bloom.bg/3sf4kQU).

Notamos ainda que o Senado americano aprovou projeto que deve ampliar tensões com Beijing. A iniciativa busca proibir importações da região de Xianjing, devido ao suposto uso de mão de obra escrava. O projeto, que já foi aprovado na Câmara, foi enviado a Biden para sanção (https://bloom.bg/3GSb4s0).

Hoje é o 1082° dia do governo Jair Bolsonaro.

Faltam 289 dias para as eleições presidenciais.

Hoje é o 646° dia da pandemia de Covid-19.

XP Política

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.