XP Expert

Resumo Diário de Política 16/04/2020: Tom de despedida de Mandetta em coletiva é destaque do noticiário

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

O tom de despedida de Luiz Henrique Mandetta na entrevista coletiva de ontem é o destaque do noticiário pela manhã (https://glo.bo/2RIg7UD e https://bit.ly/3aeflF6). Com as divergências entre ele e Jair Bolsonaro expostas há tempos, o caminho de saída ganhou ainda mais corpo com o ministro falando em “descompasso” entre a pasta o Planalto na atuação contra o corona vírus.  “Eu, baseado em ciência, tenho esse caminho para oferecer. Fora deste caminho tem de achar alternativas”. O presidente agora quer aproveitar o momento para consumar a troca.

A lista de cotados para a sucessão é vasta, e cada jornal publicou a sua (https://glo.bo/2xCckkX e https://glo.bo/3eqpzps). A relação inclui a efetivação do número dois do ministério, João Gabbardo, o presidente do conselho do Albert Einstein, Claudio Lottenberg, Roberto Kalil, Otávio Berwanger, Nelson Teich, Maria Inez Gadelha,​ Ludhmila Hajjar, entre outros nomes ventilados.

Quando efetivada, a saída – para além da reação no Congresso em um período já conturbado na relação do Planalto com o DEM, partido do ministro (https://bit.ly/2XHH52q) – testará também a capacidade de Bolsonaro de lidar com a crise sem a atuação bem avaliada do ministro e de enfrentar o ônus pelas decisões que serão tomadas daqui em diante.

Na relação das disputas em curso, o Supremo decidiu ontem que os Estados têm autonomia para regulamentar suas medidas de isolamento durante a crise (https://bit.ly/2RIh7YT). 

O Senado aprovou ontem, em primeiro turno, a PEC do Orçamento de Guerra e do Banco Central – afastando destaques problemáticos ao texto (https://glo.bo/2VaXaw2). O substitutivo – que ainda precisa ser votado em segundo turno no Senado na sexta-feira e, depois, pelos deputados – incorporou sugestões para facilitar a votação: entre elas, a exigência de rating ao menos BB- para os títulos privados e um dispositivo dando conta de que todo programa de auxílio durante a pandemia deverá contar com regras de manutenção de empregos para as empresas beneficiadas, de acordo com cada regulamento específico.

A disputa em torno do plano de socorro aos estados ganhou novo capítulo com a possibilidade de o Senado apensar o projeto aprovado na Câmara a um outro que já tramita na Casa, conferindo, dessa maneira, a palavra final aos senadores (https://bit.ly/2RHPeAm). O texto deve ser discutido a partir da semana que vem – e deputados apostam na pressão de governadores para abreviar a tramitação do texto já aprovado (https://glo.bo/3a8DqNK), na contramão do que quer a Economia.

Na lista de medidas em estudo, o governo prepara um pacote de auxílio de cerca de R$ 50 bilhões, por meio de um consórcio de instituições financeiras lideradas pelo BNDES, aos setores de aviação, energia e automotivo (https://bit.ly/2KbROKt). E o governo começa a pensar no pós-crise, com pacote focado na infraestrutura (https://glo.bo/2REv8GP). 

Internacional

Coronavírus: segundo o último relatório da OMS, são 1.1914.010 casos confirmados e 123.010 óbitos no mundo (https://bit.ly/2RC67fF). Já a universidade John Hopkins registra 2.072.228 137.666 mortes. 

Líderes internacionais criticam Donald Trump por interrupção de repasses a OMS. Representantes da China, Alemanha, Russia e França se manifestaram contra a decisão do líder americano, que acusa o organismo internacional de ter falhado nos alertas sobre perigo da pandemia (https://glo.bo/2Vei9Og). O presidente americano deve anunciar medidas para reabrir a economia nessa quinta-feira (https://on.ft.com/2Vw0aCc). 

Hoje é o 472° dia do governo Jair Bolsonaro.

Faltam 171 dias para as eleições municipais.

Faltam 201 dias para as eleições nos EUA.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.