XP Expert

Resumo Diário de Política 09/07/2020: Bolsonaro sob pressão

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

O noticiário do dia traz alguns episódios que têm testado o sangue frio de Jair Bolsonaro e seu controle sobre a tropa presidencial.

Os jornais destacam a remoção pelo Facebook de conteúdo de 73 contas ligadas ao entorno do presdiente, por apresentarem “comportamento inautêntico”, segundo a companhia (https://glo.bo/3eef1Is e https://bit.ly/3feHxey). Parte dessas contas era operada por funcionários ou ex-funcionários de gabinetes dos três filhos e do presidente, um deles atual assessor especial do Planalto (https://bit.ly/2BW6TPZ), o que, segundo a investigação promovida pela empresa, pode indicar um potencial uso de recursos públicos.

A oposição pediu a Alexandre de Moraes, relator do inquérito das fakenews no Supremo que investigue o assessor (https://bit.ly/38DU9JA), e a CPMI em funcionamento no Congresso solicitou o compartilhamento do material (https://bit.ly/38EqX5a).

Em mais um episódio de controvérsia entre Supremo e Planalto, o ministro Luís Barroso determinou que o governo adote medidas emergenciais para combater a pandemia de Covid-19 em comunidades indígenas (https://glo.bo/2CfIu7M), na sequência do veto de Bolsonaro à obrigação de o governo fornecer medidas de proteção (https://bit.ly/3ek5QGQ).

E, finalmente, em outra investigação sobre rachadinhas, ex-assessores de Carlos Bolsonaro tiveram sigilos quebrados (https://bit.ly/38NnPEo)

No Congresso, o governo trabalha contra a derrubada do veto à prorrogação das desonerações para 17 setores, acenando com uma “reforma tributária expressa” que contemplaria a medida, mas sem fazer distinção setorial (https://bit.ly/38RiewV). A tentativa é que o veto não seja pautado na próxima sessão do Congresso (https://glo.bo/2Cg5uDM), ainda sem data. Líderes com quem conversamos ontem — mesmo entre os novos e fiéis aliados do governo — têm trabalhado pela manutenção das desonerações.

Arthur Lira, líder do Progressistas na Câmara, deu entrevista ao Valor (https://glo.bo/325Y9BD). Defendeu que o novo benefício do governo tenha valor de R$ 300, e acenou à possibilidade de recriação da CPMF, com alíquota menor, para custear o programa.

E a insistência no nome de Vitor Hugo no MEC (https://bit.ly/3eeQhQC) serve ao Planalto para outra ideia fixa: abrir espaço para um nome do centrão ao posto de líder do governo, o que ele pretende fazer desde maio, como escreveu o Estadão à época (https://bit.ly/2BJxfEU) — algo que ele já fez com vice-líderes, pelos quais tem menos apego.

Nessa linha, a fase paz e amor de Bolsonaro tem incomodado também deputados considerados “bolsonaristas raiz”, que apontam o dedo para os militares no Planalto (https://glo.bo/3iHzid4). A briga é ilustrada por essa disputa pelo comando do MEC.

Curtas: a Câmara aprovou a medida provisória do setor aéreo, que segue agora para o Senado (https://glo.bo/2VXB9AI). O Senado aprovou MP que altera tributação de hedges de operações no exterior (https://glo.bo/3ef48WU), que segue para sanção.

Internacional

Covid-19: segundo a OMS, são 11.669.259 casos confirmados e 539.906 óbitos (https://bit.ly/322hrYn).

Os Estados Unidos voltaram a registrar recorde de casos de covid-19. Entre os estados mais afetados estão Flórida e Texas, estados chave para a reeleição de Donald Trump (https://glo.bo/2ZRd9An).

Ainda sobre a eleição dos EUA, Joe Biden deve anunciar em discurso hoje um plano econômico moderado, incluindo reformas de maneira gradual. Projetos de candidatos mais radicais, como o “Green New Deal” defendido por Bernie Sanders, não devem ser contemplados (https://bloom.bg/3gG2pvq).

No lado das tensões globais, a Austrália anunciou que deve suspender seu acordo de extradição com Hong Kong e oferecer vistos de cinco anos com caminho a residência permanente para imigrantes qualificados da região (https://bit.ly/2ZVYvrP).

Hoje é o 556° dia do governo Jair Bolsonaro.

Hoje é o 110° dia da pandemia de Covid-19.

Faltam 129 dias para as eleições municipais.

Faltam 118 dias para as eleições nos EUA.

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.