Resumo Diário de Política 24/05/2019

Leitura crítica das principais notícias do dia sobre política, com resultados de apurações em Brasília e pesquisas do time de Análise Política, antes da abertura do mercado.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

A rodada extraordinária da pesquisa XP/Ipespe mostra, pela primeira vez, a avaliação negativa numericamente à frente da opinião positiva em relação ao governo Jair Bolsonaro. O grupo de entrevistados que classifica a atuação do governo como ruim ou péssima subiu 5 p.p. (de 31% para 36%), enquanto os que avaliam a atual administração como ótima ou boa oscilaram de 35% para 34%. Para acessar a pesquisa completa, acesse esse link: http://bit.ly/30FnPll.

Com manifestações a favor do governo marcadas para domingo, Jair Bolsonaro diz que pedir o fechamento do Congresso e do STF é “pauta mais para Maduro”, fazendo referência ao mandatário do país vizinho (http://bit.ly/2JCCN6q e https://glo.bo/2JDNoOc). É uma vacina bem aplicada para sair da encruzilhada em que estava. O presidente também baixou o tom da crítica aos políticos e relembrou que foi deputado por 28 anos. É o tipo de coisa que ajuda, mas não resolve. Em café da manhã com jornalistas, refirmou que mantém Vitor Hugo no cargo de líder do governo (http://bit.ly/2JANCG1).

Os problemas na relação entre executivo e Congresso não desapareceram com a aprovação da MP 870 na Câmara. A votação no Senado ficou para a próxima semana e o PSL quer brigar pelo COAF na casa (http://bit.ly/2JA4e0x).

Governo começa a dar detalhes da medida que poderia gerar arrecadação extraordinária ao Tesouro. A ideia é permitir que o valor de bens, especialmente imóveis, possam ser atualizados no IR mediante pagamento de tributo. As estimativas iniciais da Receita apontam para ganhos de, pelo menos, R$ 300 bilhões aos cofres públicos (http://bit.ly/2JBkpL6).

Paulo Guedes deu seu call sobre timing de previdência. A Câmara aprova em 60 dias e o Senado, depois do recesso. Tudo durará, no máximo, 90 dias (http://bit.ly/2JzwUXH). Torcemos para que o ministro esteja certo. No entanto, até sua própria equipe parece duvidar. A leitura é que virá ‘luta política braba’ pela frente (http://bit.ly/2JzxUuV).

Bastidores de Brasília

O deputado Cacá Leão (PP-BA) apresenta hoje seu relatório preliminar sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias. Ele manterá o salário mínimo em R$ 1.040, assim como o governo propôs. Porém, ele retirará o dispositivo imposto pelo Planalto que impede reajustes a funcionários públicos civis e permite aumentos apenas para militares.

Um parlamentar do PSL, em conversa com um deputado de outro partido ontem, escancarou um descontentamento com sua bancada. O segundo o parabenizou por terem conseguido barrar mudanças na atuação de auditores fiscais. O pesselista respondeu: “Uma vitória, mais ou menos. Desse jeito, como vamos aprovar outras medidas provisórias na semana que vem?”. A ala mais radical do PSL causou a ira do Centrão na quarta-feira (22), a ponto de a votação da MP 870 ser interrompida por Rodrigo Maia.

A agenda deste 10 de abril

O presidente Jair Bolsonaro viaja a Recife e Petrolina. É a primeira viagem dele ao Nordeste desde que foi eleito. Lá, participa de inauguração de casas do Minha Casa Minha Vida. No fim da tarde, vai ao Rio de Janeiro.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, recebe secretários do Ministério da Economia para um café da manhã, às 8h45.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, cumpre agenda no escritório do Ministério da Economia no Rio de Janeiro.

  • Hoje é o 144º dia do governo de Jair Bolsonaro.
  • Faz 93 dias que Jair Bolsonaro entregou projeto da previdência à Câmara.
  • A Câmara teve 10 sessões que contam como prazo para comissão especial da Reforma da Previdência.
  • Placar Valor/Atlas – Favor (100); Apoio parcial (114); Indefinidos (155); Contra (144).
  • Placar Estadão – Favor (72); Apoio parcial (123); Indefinidos (201); Contra (117).

XP Política

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este material foi elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A (“XP Investimentos” ou “Companhia”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins na Resolução CVM 20/2021. As opiniões, projeções e estimativas aqui contidas são meramente indicativas da opinião do autor na data da divulgação do documento sendo obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis e estando sujeitas a mudanças a qualquer momento sem necessidade de aviso ou comunicado prévio. A Companhia não apoia ou se opõe contra qualquer partido político, campanha política, candidatos ou funcionários públicos. Sendo assim, XP Investimentos não está autorizada a doar fundos, propriedades ou quaisquer recursos para partidos ou candidatos políticos e tampouco fará reembolsos para acionistas, diretores, executivos e empregados com relação a contribuições ou gastos neste sentido. XP Investimentos e suas afiliadas, controladoras, acionistas, diretores, executivos e empregados não serão responsáveis (individualmente e/ou conjuntamente) por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Este material não leva em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos.

Para os casos em que se usa o IPESPE:

Por fim mas não menos importante, a XP Investimentos não tem nenhuma conexão ou preferência com nenhum dos candidatos ou partidos políticos apresentados no presente documento e se limita a apresentar a análise independente coletada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, políticas e econômicas (IPESPE) que se encontra devidamente registrado conforme a legislação brasileira.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.