ūüĆé CONEX√ÉO GLOBAL: Cannabis, um mercado alternativo

CONEXÃO GLOBAL é o nosso relatório semanal que te conecta com os principais temas do mundo


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

A hist√≥ria da cannabis data de, ao menos, 4.000 anos no passado, quando humanos j√° utilizavam-na como erva medicinal, bem como para uso t√™xtil e recreativo. Na China, 20 s√©culos a.C., h√° relatos de uso medicinal pelo Imperador Shen Nung; nos EUA de 1600, colonizadores ingleses come√ßaram a cultiv√°-la na Virginia e Massachusetts; nos s√©culos XVIII e XIX, grande parte da produ√ß√£o j√° era utilizada pela ind√ļstria t√™xtil na manufatura de papel, corda, velas de navio e tecidos. E ent√£o come√ßaram os temores: Em 1913, a Calif√≥rnia foi o primeiro estado americano a proibir seu cultivo e uso por preocupa√ß√Ķes quanto aos efeitos na sa√ļde humana e, em seguida, diversos estados e pa√≠ses seguiriam a mesma tend√™ncia restritiva.

Mais recentemente, o estado americano que havia inaugurado a proibi√ß√£o tamb√©m foi o primeiro a legalizar seu uso medicinal em 1996. Hoje, uma verdadeira Onda Verde acontece nos EUA com cada vez mais estados permitindo o cultivo e utiliza√ß√£o da planta e seus derivados para diversos fins. Enquanto presenciamos o crescimento desta ind√ļstria multibilion√°ria, acreditamos na import√Ęncia de se elencar as oportunidades e desafios que seguir√£o nos pr√≥ximos cap√≠tulos desta hist√≥ria.

For-wiki-gif.gif
Por Victoria Putina, “The US Cannabis Legalization Since 1939”

Segmentação de mercado

A utiliza√ß√£o da cannabis √© dividida em 3 grandes grupos: 1) Medicinal, 2) Recreativo e 3) Industrial – este √ļltimo focado principalmente na ind√ļstria t√™xtil. De acordo com a Fortune, em 2018, praticamente 50% do mercado foi para uso medicinal. No entanto, o uso recreativo deve ser ampliado nos pr√≥ximos anos, ao passo que a “commoditiza√ß√£o” do produto, via produ√ß√£o em larga escala, deve criar equidade entre os pre√ßos da cannabis legal vs. ilegal.

Além disso, governos vêm manifestando interesse nos impostos que podem ser recolhidos na comercialização legal do produto. Por isso, estimativas indicam que, nos EUA, o mercado legal pode crescer de US$ 6bi em 2016 para US$ 50bi em 2026.

Opini√£o p√ļblica

Antes considerada um tab√ļ para a maioria dos americanos, a legaliza√ß√£o da cannabis registrava 84% de rejei√ß√£o em 1969 segundo pesquisa da Pew Research Center.

Os tempos mudaram e, consigo, a opini√£o popular. Nos √ļltimos 50 anos, o √≠ndice de aprova√ß√£o da legaliza√ß√£o aumentou de 12% em 1969 para 67% em 2019, quando registrou um novo recorde. A √ļltima d√©cada foi transformadora n√£o s√≥ do √Ęmbito regulat√≥rio, mas tamb√©m na mudan√ßa de percep√ß√£o da sociedade.

E esta tend√™ncia deve continuar a aumentar √† medida que a gera√ß√£o mais jovem permeia a opini√£o p√ļblica. Quando estratificamos por idade, entre os Millennials (nascidos entre 1981 e 1997), o apoio √† legaliza√ß√£o √© de ~75% vs. 65% da Gera√ß√£o X (1965 – 1980), 63% dos Baby Boomers (1946 – 1964) e 35% da Gera√ß√£o Silent (1928 – 1945). Se considerarmos o apoio ao uso recreativo OU medicinal, a desaprova√ß√£o √© de apenas 8% da popula√ß√£o.

Principais tendências

‚Ėļ Um n√ļmero cada vez maior de pa√≠ses t√™m legalizado o uso medicinal de cannabis, dentre eles, Austr√°lia, Canad√°, Chile, Col√īmbia, Alemanha, Gr√©cia, Israel, It√°lia, Holanda, Peru, Pol√īnia, Portugal e Uruguai.

‚Ėļ Nos EUA, mais de 35 estados legalizaram a droga, sendo que em 16 deles o uso recreativo √© permitido.

‚Ėļ Onda Azul ou Onda Verde? Com Democratas controlando o Congresso, o Senado e a Presid√™ncia (Onda Azul), a tend√™ncia √© que haja, em breve, alguma reforma na legisla√ß√£o da cannabis. De acordo com o Politico, em 2019, 68% dos membros Congresso Americano representam 33 dos 35 estados onde o uso ao menos medicinal da droga j√° √© permitido.

‚Ėļ Hoje, 43% da popula√ß√£o americana vive em um estado legalizado.

‚Ėļ Entre janeiro e abril de 2021, 4 estados legalizaram a cannabis tamb√©m para uso recreativo: Nova Jersey, Nova York, Virginia e Novo M√©xico.

‚Ėļ O vizinho ao norte dos EUA, o Canad√°, j√° legalizou a droga. O M√©xico, ao sul, aprovou uma proposta preliminar no congresso por 316 votos √† 129, marcando um passo relevante na guerra √†s drogas do pa√≠s.

Estimativas de crescimento

As expectativas de crescimento variam entre as casas de pesquisa: entre 2021 e 2028, espera-se uma expansão de mercado entre 14,3% e 18,1% a.a. Enquanto, na média, o crescimento anualizado esperado do mercado é de ~16,7% a.a. Seguindo estes dados, o mercado legal de cannabis nos EUA passaria de US$ 25bi em 2020 para US$ 72bi em 2028.

Desafios

‚Ėļ Por ser um tema ainda controverso, a ind√ļstria da cannabis ainda dever√° enfrentar diversos obst√°culos.

‚Ėļ Regula√ß√£o e legalidade ir√£o moldar o futuro das empresas e podem ser muito distintos entre pa√≠ses que adotem pol√≠ticas particulares, dificultando a adapta√ß√£o em regi√Ķes diversas.

‚Ėļ Por preocupa√ß√Ķes legais, bancos tradicionais limitam o acesso destas companhias aos seus servi√ßos que, em grande parte, ainda precisam ser executados em dinheiro.

‚Ėļ Ind√ļstrias mais tradicionais, como do tabaco e do √°lcool, se aproximam cada vez mais da cannabis e podem trazer volatilidade regulat√≥ria.

‚Ėļ O estigma em torno do tema j√° √© um desafio em si.

Fazendo um balan√ßo frio das oportunidades e desafios postados pela ind√ļstria, acreditamos que o mercado de cannabis deve estar no radar do investidor. De um lado, os benef√≠cios que podem ser trazidos pelo uso medicinal da droga s√£o um atrativo pouco contestado pela opini√£o p√ļblica; do outro, as preocupa√ß√Ķes com os riscos √† sa√ļde e o tab√ļ social servir√£o de obst√°culos para o desenvolvimento deste mercado. Ju√≠zo de valor √† parte, √© ineg√°vel que estamos no meio de uma Onda Verde nunca vista na hist√≥ria.

Avaliação

O qu√£o foi √ļtil este conte√ļdo pra voc√™?


Newsletter

Gostaria de receber nossos conte√ļdos por e-mail?

Cadastre-se e receba gr√°tis nossos relat√≥rios e recomenda√ß√Ķes de investimentos

Telegram XP

Acesse os conte√ļdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este relat√≥rio foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (‚ÄúXP Investimentos‚ÄĚ) e n√£o deve ser considerado um relat√≥rio de an√°lise para os fins do artigo 1¬ļ da Instru√ß√£o CVM n¬ļ 598/2018. Este relat√≥rio tem como objetivo √ļnico fornecer informa√ß√Ķes macroecon√īmicas e an√°lises pol√≠ticas, e n√£o constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicita√ß√£o de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participa√ß√£o em uma determinada estrat√©gia de neg√≥cios em qualquer jurisdi√ß√£o. As informa√ß√Ķes contidas neste relat√≥rio foram consideradas razo√°veis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes p√ļblicas consideradas confi√°veis. A XP Investimentos n√£o d√° nenhuma seguran√ßa ou garantia, seja de forma expressa ou impl√≠cita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatid√£o dessas informa√ß√Ķes. Este relat√≥rio tamb√©m n√£o tem a inten√ß√£o de ser uma rela√ß√£o completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opini√Ķes, estimativas e proje√ß√Ķes expressas neste relat√≥rio refletem a opini√£o atual do respons√°vel pelo conte√ļdo deste relat√≥rio na data de sua divulga√ß√£o e est√£o, portanto, sujeitas a altera√ß√Ķes sem aviso pr√©vio. A XP Investimentos n√£o tem obriga√ß√£o de atualizar, modificar ou alterar este relat√≥rio e de informar o leitor. O respons√°vel pela elabora√ß√£o deste relat√≥rio certifica que as opini√Ķes expressas nele refletem, de forma precisa, √ļnica e exclusiva, suas vis√Ķes e opini√Ķes pessoais, e foram produzidas de forma independente e aut√īnoma, inclusive em rela√ß√£o a XP Investimentos. Este relat√≥rio √© destinado √† circula√ß√£o exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes aut√īnomos da XP e clientes da XP, podendo tamb√©m ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodu√ß√£o ou redistribui√ß√£o para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o prop√≥sito, sem o pr√©vio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos n√£o se responsabiliza por decis√Ķes de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informa√ß√Ķes divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer preju√≠zos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utiliza√ß√£o deste material ou seu conte√ļdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a miss√£o de servir de canal de contato sempre que os clientes que n√£o se sentirem satisfeitos com as solu√ß√Ķes dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informa√ß√Ķes sobre produtos, tabelas de custos operacionais e pol√≠tica de cobran√ßa, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

Corretora Home Broker Autorregula√ß√£o Anbima - Ofertas P√ļblicas Autorregula√ß√£o Anbima - Private Autorregula√ß√£o Anbima - Distribui√ß√£o de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunica√ß√£o atrav√©s de rede mundial de computadores est√° sujeita a interrup√ß√Ķes ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recep√ß√£o de informa√ß√Ķes atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por for√ßa de falha de servi√ßos disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A √© institui√ß√£o autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.