XP Expert

Comentário Internacional: coronavírus e a busca por ativos de baixo risco

CENÁRIO GLOBAL Após fechamento em queda na Ásia (Japão -0,8%, Hong Kong -0,7% e China -1,2%), Europa e futuros nos EUA, seguem de lado, sendo que o índice S&P 500 fechou com mais de 3% de queda nos últimos dois pregões, movimento mais acentuado desde 2015. Parte dos mercados segue precificando uma desaceleração mais acentuada […]

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Traders no trading floor da bolsa de Nova York – NYSE

CENÁRIO GLOBAL

Após fechamento em queda na Ásia (Japão -0,8%, Hong Kong -0,7% e China -1,2%), Europa e futuros nos EUA, seguem de lado, sendo que o índice S&P 500 fechou com mais de 3% de queda nos últimos dois pregões, movimento mais acentuado desde 2015.

Parte dos mercados segue precificando uma desaceleração mais acentuada do lucro das empresas e crescimento global mediante o coronavírus que está próximo de completar 2 meses desde que a epidemia começou. Na Europa, a Diageo e Danone anunciaram que o surto impactará seus resultados do 1T20, enquanto um resort nas Ilhas Canárias mantém em confinamento quase mil pessoas.

Globalmente, são 81 mil casos confirmados e 2.715 mortes, embora a China continua a apresentar menos casos registrados diariamente. A Coréia do Sul ultrapassou a marca de mil casos, enquanto na Europa, a Itália segue como o país mais afetado. Atenção sobre o impacto econômico e a resposta das autoridades. Hong Kong lançou um pacote de estímulo de US$ 15,4bi, enquanto o Reino Unido segue estudando potenciais estímulos. Autoridades nos EUA anunciaram que há chances de uma propagação mais ampla do coronavírus no país.

Grande parte dos investidores segue na busca por ativo de menor risco. O ouro segue estável (US$ 1.629,00) após atingir seu maior valor nos últimos 7 anos, acumulando alta de 8,5% neste ano. O sentimento de maior aversão a riscos também se refletiu nos mercados de Renda Fixa, onde o rendimento do Tesouro Americano de 10 anos caiu para 1,312%, segundo dia nesta semana que atinge o nível mais baixo de todos os tempos. Este nível de rendimento reflete a expectativa do mercado sobre potencial corte dos juros americanos no curto prazo.

EMPRESAS

Temporada de resultados: quase 98% do S&P 500 já terá reportado os resultados do 4T19 até o final desta semana. Nos últimos 2 dias tivemos: HP (positivo), Home Depot (positivo), Salesforce.com (positivo), American Tower Corp (positivo), Thomson Reuters (positivo), Macy’s (positivo) e Manchester United (negativo). Hoje: Rio Tinto (positivo), Wendy’s (negativo), Booking Holdings, Marriott International, NetEase e LG Display.

Deutsche Lufthansa: a principal companhia aérea da Alemanha disse que cancelará projetos (-10%), e segue cortando custos (-20%) e despesas administrativas. Junto a Swiss e Austrian Airlines, a companhia já havia cancelado todos os vôos até 28 de março, para a China. Com a epidemia agora se espalhando rapidamente para outras partes do mundo, incluindo surtos consideráveis ​​na Coréia do Sul, Japão, Irã e Itália, as companhias aéreas seguem tentando dimensionar o significativo impacto em suas receitas. Para se ter uma ideia, 13 aeronaves de sua frota seguem no hangar.

Rio Tinto: leitura positiva – Grupo alertou que a epidemia do coronavírus está ameaçando sua cadeia de suprimentos, após reportar lucro de US$ 8bi em 2019 (-41% A/A) e receitas de  no 4T19. Destaque para o impacto não recorrente de -US$ 1,7bi na reavaliação do projeto subterrâneo de Oyu Tolgoi na Mongólia e a refinaria de alumina Yarwun na Austrália. O lucro ajustado refletiu um aumento anual de 37% no preço do minério de ferro obtido em suas operações na região australiana de Pilbara, que compensou a queda de 3% na produção anual da commodity. Sem considerar este efeito, o lucro teria sido 18% superior no A/A, número acima do consenso. Destacando os preços mais altos da commodity, o EBITDA atingiu US$ 21,2bi (+17% A/A) e margem de 47%, além de ROE ajustado de 24% (+5pp A/A). Para 2020, a Rio Tinto espera exportar entre 324 e 334mi de toneladas de minério de ferro, ante 327mi em 2019. O grupo também espera produzir entre 530 e 570 mil toneladas de cobre este ano, além de 3,1 a 3,3 milhões de toneladas de alumínio.

Amazon: milhares de vendedores (sellers, mais de 50% das vendas) seguem sendo impactados pela redução da atividade na China, principal polo da cadeia de suprimentos do varejo americano. Considerando que o algoritmo da AMZN costuma rebaixar as notas dos sellers que entregam com atraso, parte deles seguem aumentando preços para diminuir ligeiramente as vendas, além de buscar novos fornecedores em outros países.

Spotify: As receitas na indústria americana de música cresceram 13% em 2019 (US$ 11,1bi), registrando o quarto consecutivo de crescimento e melhor ano da última década à medida serviços de streaming (80% dessas receitas) como Spotify e Apple Music, continuam a impulsionar este mercado. Os americanos chegaram a reproduzir mais de 1,5tri faixas de músicas em 2019. A indústria da música está em alta desde 2016, quando o crescimento dos serviços de streaming começou a compensar um declínio de 15 anos nas vendas de discos. Ainda assim, as vendas totais representam cerca de 75% do pico de US$ 14,6bi em 1999.

Salesforce: o co-presidente executivo Keith Block deixará o grupo, após 18 meses no cargo, encerrando este breve período de cogestão, deixando Marc Benioff no comando da gigante de CRM.

Disney: surpreendentemente, Robert Iger deixará o cargo de presidente da Walt Disney, embora mantenha um poder significativo sobre a empresa que tornou-se o maior e mais poderoso conglomerado de entretenimento de Hollywood por mais de 14 anos. O chefe da divisão de parques e resorts, Bob Chapek, passará a assumir o controle do grupo com a supervisão de Iger até o final de 2020. Chapek já está no grupo há quase 3 décadas.

Mattel: SEC (Comissão de Valores Mobiliários) segue investigando questões contábeis que a fabricante de brinquedos, como Hot Wheels e bonecas Barbie, diz já ter sido resolvido no ano passado. Vale ressaltar que o grupo já tinha culpado e anunciado a saída do ex-diretor financeiro, Joe Euteneuer, em outubro de 2019. A questão contábil estava relacionado à propriedade da empresa Thomas & Friends, um programa infantil animado.

COMENTÁRIOS DO MERCADO

A segunda maior mineradora do mundo, em valor de mercado (US$ 85bi), anunciou que continua a atender sua demanda, mas segue buscando maneiras de se proteger dos impactos do vírus. Vale ressaltar que a Rio Tinto destaca-se como um importante fornecedor de minério de ferro para a China, considerando que o país compra cerca de 60% do minério de ferro comercializado por via marítima e usa a commodity para fabricar aço utilizado sobretudo nos setores de infraestrutura e imobiliário. Estima-se que mais de 40 altos-fornos seguem fora de atividade, com a potencial perda de 80 milhões de toneladas de demanda anualizada do minério de ferro.

Para mais análises sobre mercados internacionais:

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.