XP Expert

Comentário Internacional: 05 de fevereiro de 2020

CENÁRIO GLOBAL As bolsas na Ásia fecharam em alta, Europa e futuros nos EUA também sobem, enquanto o dólar opera em campo negativo. State of the Union: Discurso do Trump ontem à noite em tom positivo e destacando os principais feitos do seu governo. Pelosi, no entanto, mostrou descontentamento (após não ser cumprimentada por Trump) […]

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

CENÁRIO GLOBAL

As bolsas na Ásia fecharam em alta, Europa e futuros nos EUA também sobem, enquanto o dólar opera em campo negativo.

State of the Union: Discurso do Trump ontem à noite em tom positivo e destacando os principais feitos do seu governo. Pelosi, no entanto, mostrou descontentamento (após não ser cumprimentada por Trump) e no final do evento rasgou os papéis do discurso que tinha em mãos – o que pode ser visto negativamente pelo público de centro. Adicionalmente, Trump deverá ser absolvido do processo de impeachment hoje no fim do dia.

Primárias Democratas em Iowa: Pete Buttigieg e o senador Bernie Sanders destacaram-se frente ao vice de Obama, Joe Biden. Ainda é cedo para tirar conclusões dado que só teremos uma definição maior na Super Tuesday em 17 de março, sendo que o processo provavelmente se estenderá até o início de maio.

Coronavírus continua se espalhando pela China, com quase 25 mil casos de infecção e 500 mortes, enquanto cientistas do Reino Unido parecem ter feito progressos significativos em uma vacina para o vírus.

Dados MacroEuropa: Desempenho positivo do índice de atividade (Markit PMI), 51,3pts contra 50,9 do consenso, e destaque negativo para vendas no varejo em dezembro, que caíram mais que o consenso no mês contra mês, -1,6% contra -1,1, e expandiram menos que o consenso no ano contra ano 1,3% contra 2,3%. Às 11:15h teremos pronunciamento de Christine Lagarde em Paris, presidente do BCE. Nos EUA dados de atividade (Markit PMI) às 13:45h. Na China, o índice de atividade (PMI) foi de 51,9 pts, acima dos 50 pts. indicando crescimento, embora serviços tenham vindo abaixo do consenso – 51,8 v.s. 52,0 do consenso.

EMPRESAS

Temporada de resultados: Destaque positivo para Disney, Snapchat, Chipotle, British Petroleum, Sony, Prudential, Ferrari e Ralph Lauren, e negativo para Ford e Pandora. Hoje: Yum China, Spotify, GM.

Disney: Leitura positiva da divulgação dos resultados do 4T19, receitas de US$ 20,8bi (+36% A/A) ligeiramente acima do consenso e lucro de US$ 2,1bi (-22% A/A), pouco abaixo do consenso. O grande destaque foi a plataforma de streaming de vídeo, Disney+, mesmo em um ambiente cada vez mais competitivo neste segmento. Enquanto a Netflix custa US$ 12,99 e está próximo de atingir 200mi de inscritos, a Disney+ custa US$ 6,99 e 29mi, mais do que o dobro há 3 meses. Vale destacar que ESPN+ e Hulu também fazem parte do grupo, o que mantem a Disney ainda mais diversificada e bem posicionada frente aos competidores. Embora a maioria dos assinantes estejam presentes nos EUA, o serviço também está disponível no Canadá, Austrália, Nova Zelândia e Holanda, enquanto está próximo de ser disponibilizado no Reino Unido, França, Alemanha e Portugal. Na divisão de filmes da empresa, a receita e o lucro mais que dobraram em comparação com o mesmo período do ano anterior. “Frozen 2” e “Guerra nas Estrelas: A Ascensão do Skywalker” foram destaque. Os parques também apresentaram desempenho positivo, com os gastos entre visitantes subindo 10%, mas poderão sofrer no 1T20 mediante a queda de atividade na Ásia – a Shanghai Disneyland permanecendo fechada por dois meses teria impacto financeiro de cerca de US$ 135mi.

Sony: Resultados positivos do 4T19, receitas de US$ 22bi no 4T19 em linha com o consenso, e lucro acima das expectativas. Destaque para o aumento das vendas de sensores de imagem usados em câmeras para smartphones (+29% A/A), mercado em que a Sony é líder – iPhone 11, Samsung s10 e Huawei P30 demandam 4 câmeras, por exemplo. É positivo para produtores de semicondutores e outras peças para smartphones, que seguem em período de desaceleração do crescimento após uma década de alta – as vendas de iPhones no 4T19 cresceram apenas 8% A/A, por exemplo. Este motor compensou a desaceleração das vendas de consoles de vídeo-games, à medida que os consumidores aguardam o PlayStation 5, que deverá ser lançado no final deste ano.

COMENTÁRIOS DO MERCADO

Bolha de Tech? A situação atual é bem diferente da bolha de tecnologia no início dos anos 2000. Microsoft, Cisco, GE, Intel e Exxon Mobil representavam 18% da capitalização de mercado do S&P 500 e negociavam no patamar médio de 47x Preço/Lucro, sendo que atualmente, Apple, Microsoft, Amazon, Alphabet (Google) e Facebook negociam no patamar de 30x. Vale destacar que estas gigantes de tecnologia apresentaram forte geração de caixa e crescimento de lucro na última década. Além disso, essas cinco empresas canalizam cerca de 48% de seu fluxo de caixa para as despesas de capital, além de pesquisa e desenvolvimento, número acima da média de 21% das empresas do S&P 500, e da média de 26% das cinco maiores empresas em 2000.

China: O recente movimento de queda no rendimento dos títulos de renda fixa na China, atualmente em 2,89% a.a., parecem sugerir uma esperança dos investidores sobre mais incentivos do BC chinês, que concentrou-se na injeção de liquidez que pode passar de US$ 200bi. Além disso, o BC poderá incentivar os bancos a emprestar mais através de menor exigência de reservas. Outros mercados vem sendo impactados por este movimento, enquanto os rendimentos de títulos nos EUA, Reino Unido e Alemanha também caíram em 2020.

BRASIL MACRO

Segundo a Fenabrave, os licenciamentos de novos veículos tiveram queda de 1,8% em janeiro em relação ao mesmo mês do ano anterior. Na série com ajuste sazonal o número representa uma queda de 2,5% sobre o mês anterior. Na abertura, destaque para a forte queda de 6,2% (m/m S.A.)  dos licenciamentos de automóveis e comerciais leves, enquanto os emplacamentos de caminhões subiram 12,9% na mesma comparação (devolvendo apenas parte da queda de 19% de dezembro). Este é o primeiro indicador “hard data” de 2020 e sinaliza um fraco início da economia.

Para mais análises sobre mercados internacionais, siga:

@ggiserman
https://twitter.com/ggiserman?lang=en
http://instagram.com/ggiserman

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.