XP Expert

BMW abre fábrica de veículos elétricos na China – 🌎 Radar Global

A retomada dos cruzeiros com projeções atualizadas da Carnival, carona compartilhada de volta na Uber e BMW busca aumentar sua presença na segunda maior economia do mundo.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

MACRO

Bolsas internacionais amanhecem positivas (EUA +0,4% e Europa +0,7%) estendendo os ganhos de sexta-feira, quando o S&P 500 registrou o maior ganho percentual em um dia dos últimos dois anos. Dados econômicos mais fracos do que o esperado nos Estados Unidos fizeram com que os investidores reavaliassem as expectativas de um ritmo acelerado de aperto da política monetária do Federal Reserve, relatórios recentes indicam que a economia do país está começando a esfriar. Na sexta-feira, a Universidade de Michigan revisou para baixo a leitura de junho das perspectivas de inflação nos próximos cinco a 10 anos – de 3,3% para 3,1%. Acompanhando esses sinais, os rendimentos das Treasuries caíram nas últimas semanas, com os investidores apostando que os planos do Fed de aumentar as taxas serão arrefecidos. Na China, ambos os índices CSI 300 (+1,1%) e Hang Seng (+2,1%) encerraram em alta, com os investidores cada vez mais otimistas com o crescimento econômico do país e os próximos estímulos econômicos. Ainda sobre a região, as restrições em Xangai e Pequim continuam diminuindo, com a retomada ao ensino presencial nas escolas de Pequim já na segunda-feira. Sobre o final de semana, os países do G-7 disseram caminhar para um acordo que deve expandir as sanções contra a Rússia, procurando um mecanismo para limitar o preço de compra do petróleo russo.

Coronavírus: A Pfizer e a BioNTech afirmaram que uma dose de reforço das versões atualizadas de sua vacina contra a COVID-19, modificada especificamente para combater a variante do coronavírus Omicron, gerou uma resposta imune mais alta contra essa variante. Assessores da Food and Drug Administration dos EUA devem se reunir na próxima terça-feira para discutir se devem atualizar as vacinas COVID-19 para o outono.

Inscreva-se aqui para receber o nosso conteúdo diário.

EMPRESAS

A volta dos cruzeiros? A Carnival (NYSE: CCL, BDR: C1CL34), na última sexta-feira, atualizou suas projeções de lucro para o trimestre atual, à medida que suas operações se aproximam novamente da capacidade máxima, mesmo com a inflação mais alta de décadas e os crescentes custos de combustível pressionando suas margens. A empresa pontuou que, na última semana, já operava em 91% de sua capacidade total. Como resultado, a Carnival agora espera atingir um EBITDA positivo no trimestre vs. os US$ -900 milhões do trimestre anterior.

Recessão não é um problema? Segundo o CEO Arnold Donald, o modelo de negócios da Carnival não é à prova de recessão, mas provou-se muito resiliente, em múltiplas ocasiões, à períodos economicamente conturbados. Ainda assim, embora a situação da companhia apresente melhora, a Carnival ainda espera um prejuízo anual em 2022 à medida que o preço dos combustíveis e inflação global devem impedir uma retomada completa de sua lucratividade pré-pandemia.

Carona compartilhada da Uber: A Uber (NYSE: UBER, BDR: U1BE34) está trazendo de volta seu serviço de carona compartilhada, após interrupção durante a pandemia de Covid-19. O serviço, chamado UberX share, já está disponível em algumas cidades, incluindo Nova York, Los Angeles, Chicago e Portland e será expandido para mais cidades durante o verão. Depois de suspender o recurso de compartilhamento de viagens em março de 2020, a Uber disse que a decisão de trazê-lo de volta ajudará os passageiros a “fazer uma escolha sustentável”. A Uber também reconheceu que as viagens compartilhadas são mais acessíveis, “especialmente no atual clima econômico”.

Os passageiros terão um desconto se escolherem o UberX antecipadamente e um desconto de 20% na tarifa total se combinarem com outro passageiro. O recurso combinará os passageiros que vão na mesma direção para que não cheguem ao destino mais de 8 minutos depois de uma viagem UberX. A mudança ocorre à medida que mais moradores da cidade retornam ao escritório após o turno de trabalho remoto induzido pela pandemia. A Lyft também retomou a carona em mais mercados em maio.

BMW abre fábrica de VEs na China, à medida que tentar aumentar sua presença na segunda maior economia do mundo: A BMW abriu oficialmente sua nova fábrica de 15 bilhões de yuans na China, com forte foco em veículos elétricos (EVs), enquanto tenta alcançar a Tesla (NASDAQ: TSLA, BDR: TSLA34) e outros grandes concorrentes domésticos.  A fábrica Lydia, na cidade de Shenyang, é a terceira fábrica da BMW na China, mas seu maior investimento no país. A capacidade da fábrica pode ser usada apenas para fabricar EVs, bem como motores de combustão tradicionais. De acordo Jochen Goller, presidente e CEO do BMW Group na China, a expansão da presença e produção na segunda maior economia do mundo mostra que empresa está se preparando para um maior crescimento de carros elétricos no mundo, e que está confiante nas perspectivas de longo prazo da China.

A empresa também anunciou que está intensificando seus esforços de mobilidade elétrica, visando que mais de um quarto de vendas na China sejam totalmente elétricas até 2025. Contudo, tentar ampliar as vendas no país, será um desafio para a montadora, uma vez que o maior mercado de veículos elétricos do mundo é dominado pela Tesla e empresas domésticas como a BYD, apoiada por Warren Buffett. Montadoras tradicionais estrangeiras, incluindo BMW e Volkswagen, foram deixadas para trás, mas agora eles estão aumentando a produção.

ANÁLISE

Fonte: Bloomberg

Investidores participam de rali por ações defensivas, à medida que medo da uma recessão aumenta: O gráfico acima, da Bloomberg, mostra que um índice de ações defensivas do Goldman Sachs, que inclui grandes nomes de empresas de tecnologia e saúde, subiu para uma máxima de mais de 18 meses em relação ao MSCI AC World, à medida que os teremos de uma recessão superam as preocupações com a inflação, o indicador saltou mais de 4% nessa última semana, o dobro do aumento no índice global de ações. Contudo, esse rali parece ser mais uma corrida para apostas defensivas do que um ímpeto de apetite ao risco, esse posicionamento mais forte em ações defensivas em meio ao crescente medo de uma desaceleração também sugere que os mercados podem enfrentar dificuldades no curto prazo, especialmente ações cíclicas que tendem a se beneficiar de um fortalecimento econômico. As estimativas de lucros futuros das ações globais estão apenas a uma fração de suas máximas recentes, apesar das preocupações com a recessão.

Quer saber mais sobre criptomoedas? Acesse aqui nosso relatório semanal.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nosso link de cadastro e nos avalie abaixo:

XPInc CTA

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua!

XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Disclaimer:

Este relatório foi preparado pela XP Investimentos CCTVM S.A. (“XP Investimentos”) e não deve ser considerado um relatório de análise para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598/2018. Este relatório tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas, e não constitui e nem deve ser interpretado como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas neste relatório refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo deste relatório na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. A XP Investimentos não tem obrigação de atualizar, modificar ou alterar este relatório e de informar o leitor. O responsável pela elaboração deste relatório certifica que as opiniões expressas nele refletem, de forma precisa, única e exclusiva, suas visões e opiniões pessoais, e foram produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação a XP Investimentos. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida a sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. A Ouvidoria da XP Investimentos tem a missão de servir de canal de contato sempre que os clientes que não se sentirem satisfeitos com as soluções dadas pela empresa aos seus problemas. O contato pode ser realizado por meio do telefone: 0800 722 3710. Para maiores informações sobre produtos, tabelas de custos operacionais e política de cobrança, favor acessar o nosso site: www.xpi.com.br.

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.


Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.