Resumo Semanal de FIIs – 30/10

Saiba todos os acontecimentos da semana no universo de FIIs


Compartilhar:


Panorama da Semana

O IFIX, índice de fundos imobiliários, fechou a semana em queda de -1,90%, após a alta de 0,13% na semana passada, impulsionada positivamente pelos fundos imobiliários do segmento de hotéis e negativamente pelos fundos imobiliários do segmento educacional. Sobre os índices de fundos imobiliários da XP, o XPFI apresentou a performance de -2,15%, XPFT de -2,75% e XPFP de -1,48%.

Na Europa, nessa semana, Alemanha e França decretaram medidas de Lockdown para conter avanços de casos de infecção da COVID-19. No entanto, nesse momento, no Brasil o cenário é um pouco mais favorável devido à estabilização do número de novos casos e mortes.

Entre os indicadores do Brasil, os índices de inflação seguiram a tendência de alta, o IGP-M apresentou aumento de 3,23% em outubro (acumulando 20,93% nos últimos doze meses), grande parte, devido a um aumento de preços ligados ao mercado atacadista. O IPCA acumula no ano alta de 3,14% no acumulado dos últimos 12 meses .

No âmbito imobiliário, foi anunciado pela B3 a liberação das operações de aluguel de cotas tanto de FIIs quanto de FIPs a partir de novembro. A aluguel envolve duas partes, o doador (proprietário das cotas) e o tomador (que  aluga as cotas temporariamente). Com a possibilidade de aluguel, será possível ter uma posição vendida (também conhecida como posição “short”), em que o tomador vende as ações alugadas e as recompra futuramente para devolvê-las ao doador. Desse modo, caso o preço de compra seja menor que o preço inicial de venda (queda no preço da cota), o tomador realizará um lucro com a operação.

Radar de Mercado

BRPL11: O Fundo assinou o Compromisso de Venda e Compra com promessa de venda e compra de imóvel localizado no município de Lucas do Rio Verde, estado de Mato Grosso. O imóvel tem valor de R$ 29.922.735,22 e encontra-se locado para STOCK TECH S.A. ARMAZÉNS GERAIS.

VINO11: O Fundo concluiu, na presente data, a aquisição de 30,0% da fração imobiliária do edifício localizado na Alameda Araguaia, 1222, em Alphaville, no município de Barueri, no estado de São Paulo, que possui 7.900 m² de área BOMA. O valor da aquisição foi de R$ 14,9 milhões, com pagamento à vista. Nessa transação, a gestão estima um cap rate de 9,3% para os próximos 12 meses. Equivalente a um rendimento mensal aproximado de R$ 0,01/cota.

FAMB11B: o Fundo recebeu um novo ofício da Locatária (Caixa Econômica Federal) informando sobre a devolução integral do Imóvel, prevista para acontecer dia 30/11/2020. Com a saída da Locatária, Imóvel terá vacância de 100%.

BTLG11: referente a aquisição de um imóvel com especificações AAA, localizado no Município de Jundiaí-SP, o Fundo realizou o pagamento do valor de parte do saldo remanescente equivalente a R$ 112 milhões, de modo que remanescerá a obrigação de quitação de R$ 143 milhões, a ser quitada após cumprimento das condições finais de pagamento. Com esse pagamento, o Fundo fará jus à receita de aluguel de 100% do imóvel, equivalente a R$ 0,25/cota por mês se considerado o número de cotas atuais do Fundo (ou R$ 0,15/cota por mês se considerada a totalidade das cotas do Fundo após captação integral da 9ª emissão de cotas do Fundo, não considerada a colocação das cotas do lote adicional).

HGBS11 & HMOC11: O Fundo informou que foi aprovada pela maioria dos Cotistas a venda da fração ideal de 23,06% do imóvel denominado Shopping Praça da Moça (HMOC11), localizado na Rua Manoel da Nóbrega 640 e 712, Diadema, Estado de São Paulo, pelo valor de R$ 88 milhões.

HGRE11: o Fundo firmou um Instrumento Particular de Compromisso de Venda e Compra de Imóveis por meio do qual regulou todas as etapas necessárias para a aquisição de duas unidades sob os nºs 41 e 62, com área BOMA total de 2.136,68 m² do Subcondomínio One Berrini Corporate, Torre 4 – Setor C, integrante do Condomínio Thera One. O preço total de aquisição é de R$ 36 milhões. 

RBVA11: O Fundo recebeu o aceite de uma proposta de aquisição de um portfólio de ativos de um grande varejista de âmbito nacional com bom risco de crédito. Os Imóveis estão localizados em regiões estratégicas no estado de São Paulo, na região metropolitana de São Paulo e em uma cidade de grande porte no interior do estado. A proposta de aquisição dos Imóveis tem valor aproximado de R$ 270 milhões e cap rate estimado de 6,38% a.a., contrato de locação na modalidade Sale-Lease-Back, formato que consiste na aquisição dos ativos já locados ao antigo proprietário, por um prazo de 15 anos.

HGRU11: O Fundo comunicou ao mercado e a saída da instituição participante do sistema de distribuição de valores mobiliários, ÓRAMA DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS S.A..

PRSV11: o Fundo concluiu nesta data a alienação da totalidade do Edifício Torre Vargas, situado à Avenida Presidente Vargas, nº 914, Centro, na cidade do Rio de Janeiro, estado do Rio de Janeiro, pelo valor bruto de R$ 42 milhões.

BRCR11: o Fundo adquiriu 16% do prédio comercial e respectivas vagas de garagem localizado na Rua Arquiteto Olavo Redig de Campos, nº 105, Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, Torre B do Condomínio EZ Towers, com área BOMA total de 47.001,51 m². O Fundo desembolsou R$80 milhões, sendo pago à vista. A Gestora estima que a receita mensal do Fundo será impactada em aproximadamente R$ 0,02/cota.

CPTS11: O fundo informa aos cotistas e  mercado em geral de que foi aprovado a 8ª emissão de cotas, no montante de, no mínimo 320.959  novas cotas, e, no máximo 4.177.545 novas cotas, no valor de R$ 93,47 cada Nova Cota, totalizando R$ 390 milhões.

FLMA11: Comunica que pretende reabrir o Hotel Pullman Vila Olímpia a partir do dia 04/11/2020. A expectativa para os próximos meses é de baixa ocupação, sendo assim, não possuem condições de quantificar o impacto nas próximas distribuições de rendimentos.

RBED11: Foi assinado Compromisso de Compra e Venda para aquisição de um ativo localizado no município de Santo André, estado de São Paulo. O Imóvel compreende área total construída de aproximadamente 7.000 m² e está em localização central, de grande fluxo de pessoas e bem servido por transporte coletivo. O contrato de locação vigente é atípico, na modalidade Sale-Lease-Back, firmado com instituição de ensino de primeira linha e tem prazo de vencimento em 2027. O valor de aquisição é de R$ 46,0 milhões e o pagamento será realizado em parcela única concomitantemente à lavratura e outorga da escritura pública de compra e venda. O cap rate bruto estimado da aquisição será de 8,75% a.a..

RBRP11: Fundo adquiriu os Conjuntos nº 114, 124, 154, 171 e 174 do Condomínio Centro Empresarial Mário Garnero – Torre Sul, situado na Av. Brigadeiro Faria Lima nº 1.461, CEP 01.451-001, Pinheiros. O Fundo desembolsou o valor de R$ 10,9 milhões, equivalente a R$ 12.012/m², pago à vista. Dos Imóveis adquiridos, apenas o conjunto 154 possui contrato de locação vigente. A aquisição não gerará efeito imediato na distribuição de rendimento mensal do Fundo.

PRSV11: a Administradora procederá a uma amortização parcial de cotas no montante de R$ 39,7 milhões, equivalente ao valor bruto de R$ 204,10 por cota, aos detentores de cotas na presente data, da seguinte forma: a) R$ 190,00 por cota serão pagos em 6 de novembro de 2020; e b) R$ 14,10 por cota serão pagos em 27 de novembro de 2020.

PQAG11: Comunica aos cotistas e ao mercado em geral que, conforme aprovado em Assembleia Geral Extraordinária realizada em 5 de outubro de 2020, haverá o desdobramento de cotas do Fundo na proporção de 1:10, depois do desdobramento, cada cota existente passará a ser representada por 10 cotas. Após o desdobramento, o Fundo passará a ter 13.991.890 cotas.

Carteira Recomendada

Desempenho Semanal

Fonte: XP Investimentos, Economatica e Bloomberg
* Os fundos imobiliários em destaque se encontram restritos por recomendação do Compliance

Últimos Materiais Publicados

Opinião Consolidada dos Gestores de FIIs e FIPs-IE | Outubro 2020

Confira como ter acesso aos comentários sobre dezenas de Fundos Imobiliários e Fundos em Participação de Infraestrutura em um só documento e como você nunca viu: tudo resumido pelos próprios gestores

Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

Receba nosso conteúdo por email

Seja informado em primeira mão, não perca nenhuma novidade e tome as melhores decisões de investimentos

Corretora Home Broker Autorregulação Anbima - Ofertas Públicas Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Certificação B3

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.