Wellington: Oportunidades sustentáveis em mercados emergentes

Oportunidade única de investimento em fundo de ações líder nos mercados emergentes


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Já parou para pensar nos impactos da crise do Coronavírus?

Aposto que você, Leitor, deve ter listado uma infinidade de dificuldades que temos enfrentado desde meados de março de 2020. Mas, e se nós te contássemos que dentre as consequências deste período turbulento, acreditamos que mudanças super positivas de paradigmas no mundo dos investimentos podem estar acontecendo neste minuto, você acreditaria?

Uma coisa é fato, no mundo de hoje não há mais espaço para o crescimento a qualquer custo. Todos os impactos e consequências estão na conta!

Vanguardista em investimentos, a Wellington – que dispensa apresentações – enxergou isso em 2015 e estruturou uma de suas boutiques de investimentos para capturar oportunidades em temáticas atuais e que impactam o bem-estar social, ambiental e econômico.

Dito isso, o momento não poderia ser mais oportuno. Viemos falar de uma maneira de investir em empresas listadas nos Mercados Emergentes visando um crescimento consciente e sustentável.

Por que Mercados Emergentes?

Chegou a hora de arriscar em mercados emergentes! Não podemos ter certeza do futuro. Mas, historicamente, economias são cíclicas e o cenário atual sugere que iniciamos o ciclo do crescimento. Vale lembrar que países que crescem com assimetrias geram oportunidades.

“Como crescerão? Para onde crescerão? Vale o risco?”

Calma! Sabemos que o movimento do investimento no exterior e suas infinitas possibilidades é novo e desafiador. São muitas opções mesmo. Contudo, no ambiente de taxas de juros nas mínimas, tomar risco é a única opção de obter retorno. Então que seja em mercados que já representam mais da metade do PIB global, que seja de economias da ascendente classe média que trabalha, que consome, que viaja, que investe, que cria soluções financeiras e que inova.

Isso sem contar que, como sabemos, os países ricos enfrentam diariamente o risco da estagnação econômica, dada a dinâmica global.

Além disso tudo, este é um período bastante peculiar, onde, por conta da crise do coronavírus, vemos estímulos fiscais importantes sendo feitos pelos governos como planos de apoio. Claro que para obter êxito, esses planos dependem de uma execução bem implementada. Mas, se analisarmos os impactos nos médio e longo prazos, vemos que diversos setores (alguns óbvios, como infraestrutura e tecnologia, e outros não tão óbvios assim, como a melhoria produtividade e do padrão de vida social) surtirão efeitos positivos no crescimento das economias em questão.

Sim, é irônico falar sobre a rica fonte de oportunidades vindas dos Mercados Emergentes, mas estamos confiantes que é a vez de Economias em desenvolvimento!

O Wellington Emerging Markets Development

Como autoridade mundial em investimentos, dizer que a Wellington é vanguardista das tendências é quase redundante. 

No caso de antecipar o “boom” dos países em desenvolvimento não foi diferente. Em 2013 o time de pesquisa se reuniu para pensar nos próximos passos, nas tendências, nos setores que mais crescem e em como capturar retorno dos próximos ciclos. A partir daí, definiram 4 mudanças estruturais seculares que impactariam, seriam os motores desse crescimento econômico. E então mapearam seus impactos e as possíveis consequências dessas evoluções.

Corroborando com a maneira disruptiva de enxergar o futuro vinda do time de análise da Wellington, em 2015 sugiram os UN SDG’s – United Nations Sustaibable Development Goals. Ou seja, um acordo entre algumas nações que definiram 17 metas para um desenvolvimento sustentável e uma agenda “verde”.

Dentre os objetivos, zerar a pobreza no mundo, zerar a fome, educação de qualidade, equalidade de gênero, consumo e produção responsável, paz, justiça, fortalecimento de instituições, entre outros.

Daí nasceu o Wellington Emerging Markets Development em 2015.

Dentro das mudanças definidas, o time busca temas que norteiam e corroboram a tese e então investem em empresas dos setores em questão.

Como já mencionado, os temas fogem do comum, incluem discussões sociais e humanitárias. Para isso, o time do Emerging Markets Development conta com a equipe de analistas centralizada da Wellington.

Veja abaixo como o portfólio é dividido:

Como consequência, vemos um portfólio diversificado geograficamente, setorialmente e socialmente também.

Aqui, a inclusão é definitivamente um diferencial!

Fundo Wellington Emerging Markets Development agora está disponível na plataforma da XP

Acessar a estratégia de ações de Mercados Emergentes agora é possível no Brasil

A XP lançou em sua plataforma uma versão do fundo em Reais (com proteção cambial) e outra versão em Dólar (com exposição cambial ao Dólar apenas).

Com apenas 5 mil reais, investidores qualificados poderão começar a investir em uma das mais inovadoras estratégias focadas em Mercados emergentes.

Para conhecer melhor os fundos da Wellington, acesse:

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.