O que os gestores de fundos de ações esperam da bolsa em 2020

A equipe de fundos da XP ouviu a opinião de cerca de 40 dos principais gestores de fundos de ações do Brasil sobre suas perspectivas para o próximo ano

access_time 30/12/2019 - 18:12
format_align_left 3 minutos de leitura

Seguindo a trajetória dos últimos quatro anos, o Ibovespa (principal indicador acionário da B3) encerrou 2019 com mais uma alta expressiva. Desde 2016, quando estava próximo dos 40 mil pontos, o índice subiu mais de 160%.

Mas será que, apesar de toda essa alta acumulada, ainda há espaço para ganhar dinheiro com ações no Brasil em 2020? Através de um questionário realizado pela equipe de Análise de Fundos da XP Investimentos, os principais gestores de renda variável mostraram que seguem otimistas, acreditando que a tendência de alta deve permanecer no próximo ano.

Além da expectativa de alta do indicador, os gestores comentaram sobre suas alocações em ações, quais os melhores e piores setores da bolsa e quais os principais riscos que devem estar no radar dos investidores no próximo ano.


Qual será o retorno do Ibovespa em 2020?

De forma praticamente unânime, 97% dos gestores pesquisados acreditam que 2020 seguirá positivo para o Ibovespa. Mais da metade deles espera uma alta entre 10 e 20%.


Comparado à média histórica, a exposição líquida em ações dos fundos está:

Essa animação com a bolsa em 2020 se traduz nas carteiras dos fundos de ações pesquisados. Segundo seus gestores, 78% dos fundos estão com uma exposição à ações maior do que a média histórica do próprio fundo.


Quais setores devem ter retorno acima do Ibovespa em 2020?

Quando perguntados sobre quais são os setores mais promissores da bolsa em 2020, os gestores pesquisados se mostraram otimistas com a retomada da economia local. Dentre os setores que deverão ter um retorno superior ao do Ibovespa, estão os de Varejo e Imobiliário, bastante ligados à dinâmica doméstica.


Quais setores devem ter retorno abaixo do Ibovespa em 2020?

Dentre os setores que devem ter um retorno pior que o Ibovespa, o de empresas Financeiras e Seguradoras foi o mais citado seguido pelo de Alimentos e Bebidas.


Qual o principal risco para as ações em 2020?

Alguns riscos podem atrapalhar esse cenário otimista e por isso devem ser monitorados de perto. Segundo a maioria dos gestores pesquisados, o grande risco pode vir do exterior. Agravamento das tensões comerciais entre China e EUA, aumento do risco de desaceleração global e eleições americanas são alguns dos pontos de atenção para 2020.


Em 2019, a classe de fundos de ações foi uma das que mais captou no Brasil, segundo dados da Anbima. Com um cenário de juros baixos, acreditamos que 2020 pode ser ainda melhor dada a busca dos investidores por alternativas com maior potencial de retorno.

Com esse fluxo positivo para ações, a retomada da economia e o crescimento dos lucros das empresas, acreditamos que 2020 possa ser mais um ano de ótimos retornos.

Porém, não podemos nos esquecer que o investimento em fundos de ações envolve riscos e uma seleção criteriosa de gestores é importante para minimizá-los. E sempre devemos respeitar o nosso perfil de investidor.

Um ótimo 2020 para todos!


Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

Receba nosso conteúdo por e-mail

Receba resumos diários, semanais e mensais e fique sempre bem informado sobre nossas análises, relatórios e recomendações de investimentos.

Clique para se cadastrar