Mundos e Fundos – melhores momentos da live com Sylvio Castro, da Grimper Capital

Nathalia Sá recebe Sylvio Castro, gestor do Grimper Blanc Advisory FIC FIM


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

No 17º episódio da série Mundos e Fundos, recebemos Sylvio Castro para uma conversa sobre a gestão dos fundos da Grimper Capital.

Sylvio Castro é CIO da Grimper Capital e gestor do Grimper Blanc Advisory FIC FIM.  O fundo ainda não completou seis meses e por uma regra do regulador, seus resultados não podem ser mostrados.

O Grimper Blanc Advisory FIC FIM já faz parte da família Selection, através do Selection Multimercado Novos Gestores FIC FIM.

Como critério para entrada na carteira, são elegíveis fundos com até 2 anos de histórico, considerando a data de início da estratégia. Em outras palavras, podem entrar para a carteira do Selection Multimercado Novos Gestores tanto fundos de novas gestoras lançadas na indústria quanto fundos que sejam estratégias novas de gestoras já consolidadas no mercado.

Check in:

Sylvio Castro sempre trabalhou com gestão de fundos. Iniciou sua carreira em 1998 no banco holandês ABN Amro, na área de riscos. Depois de um tempo passou pela área de produtos, e foi para a Renda Fixa. Onde durante alguns anos foi responsável pelos fundos dessa estratégia de uma forma geral.

O ABN Amro contava com um programa de intercâmbio que enviava seus funcionários para fora do Brasil para cursos de pós-graduação e MBA. Sylvio escolheu cursar um mestrado na Europa em gestão de ativos.

Depois, foi convidado pela matriz holandesa do banco a trabalhar na área de fundos quantitativos. Então, retornou ao Brasil para montar a área quantitativa da filial brasileira e dar início aos fundos multiestratégia.

Passados alguns anos foi CIO de um Single Family Office (estrutura que presta assessoria completa a uma família de alto poder aquisitivo). Dois anos depois foi para a Goldman Sachs, onde por quatro anos foi parte de um time que fazia alocação de investimentos em ativos do mundo todo, sendo ele o responsável pela América Latina.

Em 2013 foi convidado pela Credit Suisse para na Hedging Griffo estar à frente da alocação de investimentos e pelos fundos exclusivos. Exerceu essa função durante sete anos.

Então em 2020, junto com seus sócios, André Szasz e João Freitas, fundou a Grimper Capital.

Na cabine do piloto:

A Grimper mesmo com pouco tempo de existência já conta com um time com bastante experiencia. Além disso, Sylvio já havia trabalhado com os outros gestores das principais estratégias do fundo anteriormente.

O fundo Grimper Blanc Advisory FIC FIM é um fundo composto por quatro estratégias diferentes dentro dele.  Os gestores de cada um desses portfólios estão sempre conversando entre si a fim de encontrar um denominador comum para o fundo. Entretanto, cada estratégia tem um limite de risco e seu gestor tem autonomia para definir como preencherá esse seu limite.

O processo de investimento do Grimper Blanc Advisory FIC FIM começa com a economista chefe da casa desenhando o cenário com um viés mais quantitativo, utilizando ferramentas de ciências de dados pouco comuns em um economista mais tradicional.

Então, utilizando esse cenário, os gestores de cada estratégia definem suas posições, escolhendo as melhores oportunidades de acordo com o que seu universo de ativos permite.

Um exemplo é no cenário atual, onde a Grimper acredita que é um bom momento para commodities:

O gestor de crédito está investindo em debêntures e títulos que se beneficiam da alta das commodities.

O gestor de ações está comprado em empresas produtoras e exportadores de commodities.

O gestor de juros e moedas está investido em países que são produtores de commodities.

E Sylvio, como gestor da estratégia que dá suporte as outras, está comprado em contratos futuros de cobre, em produtos agrícolas, contrato de crédito de carbono, e outras operações também relacionadas ao mercado de commodities.

Veja também: Melhores momentos da live com João Braga, da Encore.

Melhores voos:

Um dos melhores voos de Sylvio foi na janela 2019-2020. No final de 2018 houve uma queda das bolsas e o gestor aproveitou essa oportunidade para ter uma boa parte do seu portfólio em renda variável, mas com uma proteção para caso estivesse errado.

Então no ano de 2019, com o bom desempenho das bolsas, a carteira do gestor teve um ótimo retorno.

Em 2020, quando a crise do coronavírus atingiu os mercados, o portfólio do gestor não sofreu tantos impactos por ter sido defendido pelas proteções e pelo bom desempenho do ouro no período.

Pouso forçado

Por volta de 2002, quando era gestor de renda fixa, Sylvio tinha em seu portfólio uma operação em que a parte comprada era composta por um título público, que pagava dólar + uma taxa, e a parte vendida era em dólar. Essa operação resultava em um retorno um pouco maior que o CDI e com volatilidade menor que de um título de crédito privado.

Entretanto, quando Lula começou a ganhar força nas pesquisas eleitorais e os mercados sofreram o impacto do medo de um calote por parte do governo, o valor da parte comprada da operação caiu consideravelmente, e Sylvio teve dificuldade de sair dessa posição devido ao grande volume de vendas para pouca compra desses títulos.

Ele tirou duas lições desse episódio. A primeira é de buscar posições líquidas e casadas com os prazos de resgate dos seus fundos. A segunda é de sempre tentar entender o motivo pelo qual o mercado oferece um prêmio em uma operação.

Voos Futuros:

A Grimper está confiante no futuro das economias globais. A gestora acredita que os resultados muito agressivos das empresas não se repetirão. Entretanto, Sylvio e seu time pensam que o momento atual do ciclo econômico ainda é favorável para esse otimismo.

Por outro lado, a inflação é um tema muito relevante e a gestora prefere estar comprada em ativos que se beneficiam da pressão em preços e da retomada econômica, como renda variável, commodities e renda fixa com prazo médio curto.

No Brasil, ele acredita que ainda há setores com uma certa defasagem de preços causada pelo atraso nas reaberturas em comparação com outros países, como os EUA.

Para Sylvio, a nossa economia ainda é muito dependente da alta das commodities e isso já foi sentido no bom resultado do PIB do primeiro trimestre.

O Brasil ainda sofre por ter uma economia ineficiente e ser um país difícil de empreender, fazendo com que as empresas que consigam entregar crescimento sejam muito valorizadas.

Na política monetária, a expectativa do gestor é que o Banco Central esteja aguardando o desenhar do cenário de vacinação para definir o aumento da taxa de juros.

Há ainda a preocupação com o fiscal do Brasil, que no ano de 2022 provavelmente será pressionado pelas próximas eleições presidenciais.

A Grimper acredita que as melhores oportunidades atualmente no Brasil são na renda variável, por acreditar que o preço dos ativos ainda está descontado.

Pousa ou não pousa:

Ouro – o gestor pousa no ativo por acreditar que a retomada econômica associada a uma forte impressão monetária no mundo todo, favorece o metal.

Dólar X  Real – Sylvio não pousa no ativo nem na parte vendida e nem na parte comprada. Ele acredita que o risco atual nas duas operações não vale o retorno.

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.