Mundos e Fundos com Florian Bartunek da Constellation Asset Management

No 18º episódio da série Mundos e Fundos, Nathalia de Sá, da XP Asset, recebeu Florian Bartunek da Constellation Asset Management. Florian Peixoto é gestor do Constellation Institucional Advisory FIC FIA. O fundo é de renda variável com e foco em uma carteira comprada de ações, tendo liberdade para investir em qualquer tipo de empresa. […]


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

No 18º episódio da série Mundos e Fundos, Nathalia de Sá, da XP Asset, recebeu Florian Bartunek da Constellation Asset Management.

Florian Peixoto é gestor do Constellation Institucional Advisory FIC FIA. O fundo é de renda variável com e foco em uma carteira comprada de ações, tendo liberdade para investir em qualquer tipo de empresa. A tomada das decisões de investimento para o fundo é feita de forma colegiada, com uma abordagem de investimentos majoritariamente Bottom-up, análise onde a empresa está em primeiro plano, e a análise do cenário macroeconômico em segundo plano . Com foco em ativos locais, o fundo investe principalmente nos mercados de Ações Brasil.

O Constellation Institucional Advisory FIC FIA faz parte da carteira do Selection Ações FIC FIA, um fundo que seleciona os melhores gestores de renda variável brasileira.

Ter quase 20 anos de história é um marco impressionante em um fundo de ações, tendo em vista que muitas casas com essa estratégia não sobrevivem tanto tempo. Além disso, o fundo vem apresentando bons e consistentes retornos, acima do índice de referência.

Check in: Florian Peixoto iniciou sua carreira como analista de ações no Banco Pactual em 1990, tornando-se posteriormente gestor e trader proprietário de todas as carteiras de ações do banco. Em 1998, algumas mudanças no Pactual fizeram Florian sair para se tornar o responsável pelo portfólio de alguns clientes que haviam acabado de vender o banco Garantia (Jorge Paulo Lemann e seus sócios).

Então, em 2002, foi criada a Constellation para gerir recursos de mais clientes, usando a mesma estratégia e até o mesmo fundo dos ex-sócios do Garantia.

Florian sempre trabalhou com ações. O dinamismo desse mercado, com a possibilidade de investir em diferentes setores e a de ter sociedade com os maiores empresários são os diferenciais que tornam esse mercado interessante, para o gestor.

Você já conhece os fundos DNA? Saiba mais sobre a família de fundos mais completa da indústria!

Na cabine do piloto:

A Constellation é uma gestora que faz análise fundamentalista de longo prazo, identificando oportunidades em empresas boas com potencial de crescimento, lucro e consequentemente valorização do preço da ação.

Para o gestor o, tentar prever o comportamento da bolsa no longo prazo é muito mais fácil que acompanhar as oscilações mais curtas. Então, suas escolhas são em empresas mais sólidas e que tendem a sobreviver a prazos maiores.

Um dos fatores mais importantes ao analisar uma empresa atualmente é a questão ESG. Florian e seu time consideram, dentro de ESG, a governança das companhias um fator excludente para se investir ou não em uma ação.

Há ainda outros fatores que definem um bom investimento. Dentre eles o gestor destaca alguns. Se o mercado em que a empresa está inserida apresenta potencial de crescimento, a recorrência das receitas da empresa, as barreiras para a entrada de um novo concorrente no mercado e o foco da empresa em seu cliente.

Melhores voos: As principais empresas que estão no portfólio do Constellation Institucional tem características em comum. Ter sua própria história, não dependendo apenas do cenário macroeconômico é uma delas.

A Natura, por exemplo, é um caso de sucesso principalmente pela qualidade de sua gestão. Seu crescimento foi graças as suas estratégias de ganhar market share e pela digitalização da marca, não dependendo do que estava acontecendo no Brasil.

Outro exemplo foi a Raia Drogasil, que no ano passado, em um momento de crise causada pela pandemia, abriu mais lojas que todos seus concorrentes somados. Sua marca forte, atrelada a uma excelente capacidade de escala trouxeram bons resultados a empresa.

Por outro lado, os pousos forçados destacados por Florian são por erros cometidos pelos times de gestão das empresas.

O primeiro foi em uma empresa que o negócio era bom, escalável e trazia retornos. Entretanto, a gestão era feita por pessoas não tão qualificadas e que ao acumular caixa fizeram uma aquisição ruim, fazendo com que a ação dessa empresa perdesse valor.

Em um caso mais antigo (década de 90), Florian teve pousos forçados em duas empresas que perderam valor de mercado por suspeita de manipulação de mercado.

Voos futuros: A Constellation vê um cenário muito positivo para as companhias da Bolsa, com os lucros crescendo consideravelmente nos próximos três anos, muito pelos resultados que vem apresentando.

No curto prazo as perspectivas atuais são bem melhores que a de seis meses atrás devido a alguns fatores. A inflação, do ponto de vista do governo, diminui o risco fiscal; o cenário da COVID hoje é melhor, com uma vacinação acelerando; há uma reabertura cada vez maior das cidades, acelerando diversos setores da economia que ficaram parados durante a pandemia; e juro real ainda baixo.

Já no médio prazo há algumas questões a serem observadas e que causam uma certa preocupação. A demora em aprovar as reformas, um ano de eleição com chances de medidas populistas elevando o gasto público.

Atualmente o gestor está posicionado em uma estratégia mais “Barbell”, onde seu portfólio é definido por extremos: de um lado ações mais arrojadas e que devem trazer fortes retornos na retomada de economia e do outro empresas mais defensivas em mercados já consolidados.

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies e a nossa Política de Privacidade.