Conheça a Meraki Capital, a nova gestora criada por um time de executivos com ampla experiência no mercado

Abrimos espaço para que a Meraki, gestora recém-chegada à plataforma, possa falar sobre suas principais características e seus fundos.


Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Em atuação desde fevereiro de 2021, a Meraki Capital é uma gestora independente de recursos com foco em ações. Abrimos as portas com R$ 1,3 bilhão sob gestão dividido em duas estratégias: um fundo Equity Hedge e um fundo Long Biased.

Contamos com um time composto por profissionais experientes, com passagens por grandes bancos e instituições financeiras. A equipe tem, na sua história, diversas experiências profissionais nas quais atuou em conjunto, promovendo assim um ambiente de trabalho entrosado e comprometido.

Em seu quadro societário, a gestora conta também com a presença ilustre de Lia Maria Aguiar, sócia-investidora que acreditou no nosso projeto e aportou uma parte relevante de seus recursos, trazendo consigo uma longa tradição e história no setor financeiro.

O nome Meraki é de origem grega e traduz tudo aquilo que é feito com a alma, de uma maneira intensa e dedicada.

Equipe

Nosso principal objetivo é entregar aos nossos cotistas retornos elevados e consistentes e, para isso, a Meraki conta com um time altamente experiente e com interesses alinhados, uma vez que todos os funcionários são também sócios da empresa. Acreditamos que nossa filosofia é o diferencial necessário para nos sobressairmos em relação aos nossos concorrentes. Queremos apresentar em nossos produtos o conjunto de ideais trazidos por cada um que faz parte do nosso time.

Roberto Reis (Sócio-fundador responsável e CIO) – Tem vasta experiência na gestão de recursos no mercado de capitais brasileiro, tendo atuado como head of total return equities da Bradesco Asset, head of equities do Santander Asset, head da mesa proprietária de ações do ABN Amro Bank e portfolio manager no BankBoston, entre outros. Roberto também foi conselheiro da AMEC e da Câmara de Ações da B3. É formado em Engenharia Civil na UFMG.

Rodrigo Cruz (Gestor de Renda Fixa e Câmbio e Economista) – Iniciou sua carreira na mesa de operações em 2013, sendo alçado ao cargo de gestor em 2014. É especialista em renda fixa e moedas e tem experiência tanto no mercado doméstico quanto internacional, tendo trabalhado anteriormente na Vinci Partners e no Bradesco Asset. É formado em Ciências Econômicas pelo IBMEC – RJ e possui certificação CGA-ANBIMA.


Angelica Marufuji (Analista de Renda Variável) – Com mais de 16 anos de experiência no mercado de capitais, trabalhou como analista de investimentos na Fator Administração de Recursos, no Family Office Galvão Administradora de Recursos e Sulamerica Investimentos. Antes de se juntar à Meraki, fez parte da equipe de análise de renda variável no Bradesco Asset. É formada em Administração de Empresas pela EAESP-FGV e é Mestre em Economia pela EESP-FGV.

Arthur Antezana (COO) – Possui mais de 20 anos de experiência no mercado financeiro, com passagens por Santander Asset, Western Asset e HSBC Bank. Atuou nas áreas de Compliance e Riscos, Atendimento a Cliente, Middle Office e Back Office de Fundos de Investimentos e Fundos de Pensão. É formado em Administração de Empresas pela Faculdade Osvaldo Cruz.


Fabrício Larguesa (Trader e Data Scientist) – Iniciou sua carreira no Santander Asset, onde trabalhou como operador de renda variável por três anos. Em seguida, passou pela mesa de renda variável e derivativos na JGP Gestão. É formado em Administração pela FEA-USP.


Giovana Scottini (Analista de Renda Variável) – Iniciou sua carreira na Accenture e posteriormente atuou como analista de empresas na Eleven Financial. Antes de se juntar à Meraki foi analista de investimentos no Family Office Maraé. É formada em Engenharia Química pela PUC-PR, com pós-graduação em Finanças pelo Insper-SP.


Gustavo Wolf (Analista de Renda Variável) – Iniciou sua carreira no Bradesco Asset, onde fez parte das equipes de gestão e análise. É formado em Ciências Econômicas pela PUC-Campinas e possui certificação CGA-ANBIMA.


Laura Cunha (Relação com Investidores)
– Iniciou sua carreira no Santander Corporate & Investment Banking (SCIB). Antes de se juntar à Meraki atuou como Equity Sales do Bradesco BBI. É formada em Ciências Econômicas pelo Insper-SP.


Lia Maria Aguiar (Sócia Investidora) – Acionista de um dos maiores bancos privados do país e filha de Amador Aguiar. Atualmente possui um Family Office que faz a gestão de parte dos seus ativos e é uma das maiores filantropas do Brasil, sendo presidente da Fundação que leva seu nome, na qual se dedica a projetos sociais voltados para crianças e jovens no município de Campos do Jordão (SP).


Luiz Goshima (Sócio-fundador, CEO e CRO) – Com ampla experiência em diversos setores e empresas, Luiz já foi sócio-diretor de empresa do setor de agroindústria, diretor-executivo de uma das principais entidades filantrópicas brasileiras e CEO de um expressivo Single Family Office do Brasil. Luiz é formado em Administração de Empresas pela PUC-SP.


Stefan Darakdjian (Sócio-fundador, CFO e Analista de Renda Variável) – Atuou por mais de 10 anos em uma das principais corretoras de ações do mercado brasileiro, analisando empresas do setor Financeiro. Stefan também é empreendedor desde sua formação acadêmica. Já administrou empresas de distribuição de combustíveis e foi um dos sócios-fundadores da segunda maior companhia de rastreamento de cargas do Brasil. Após esse período, dedicou-se ao mercado de capitais. É formado em Administração de Empresas pela FAAP.

Estratégias

Optamos por oferecer dois produtos que, na nossa opinião, são complementares. Um fundo Long Biased, indicado aos investidores que buscam maximizar ganhos a longo prazo e segurar oscilações do mercado, e um fundo Equity Hedge, para quem busca retorno consistente e preservação de capital, superando o CDI.


Meraki Long Biased FIC FIM – Nosso Long Biased opera preponderantemente comprado em bolsa, com uma velocidade de cruzeiro ideal de cerca de 67% alocado, mas pode variar de acordo com o otimismo com os mercados. A exposição pode oscilar de 0 a 120%, via derivativos, o que deixa o produto mais completo que os tradicionais fundos de ação. Com isso, oferecemos ao cotista não só o stock picking do book de ações, mas também a expertise do time de aumentar ou reduzir alocação do fundo no momento certo. Além disso, uma característica de gestão da Meraki é sempre buscar por proteção, usando como hedge do portfólio instrumentos como câmbio, derivativos, juros etc.


Meraki Equity Hedge FIC FIM Crédito Privado – Criamos o Equity Hedge para competir com os tradicionais fundos macro da indústria, mas buscando semelhança com os fundos multimercados americanos, uma vez que também investe em ações e pode ficar até 30% exposto em bolsa. O objetivo do fundo é entregar retornos consistentes, com pouca volatilidade e que superem o seu benchmark, o CDI. O grande diferencial é que buscamos entregar uma rentabilidade superior a renda fixa. Em um ano previsível, sem grandes volatilidades, esperamos que grande parte da performance seja atribuída à alocação em bolsa.

Processo de investimento

Para conhecer a estratégia do fundo, clique no link.

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

Leia também
Disclaimer:

Este conteúdo tem propósito exclusivamente informativo e se baseia em dados estatísticos, metodologias probabilísticas, fatos concretos do mercado financeiro e em resultados financeiros apurados. Em nenhum momento, o conteúdo desta mensagem representa opiniões pessoais ou recomendações de investimento financeiro de qualquer natureza. Não se configuram, portanto, como ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da XP Investimentos CCTVM S/A. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes neste conteúdo. O investimento em ações é um investimento de risco. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para avaliação da performance de um fundo de investimentos é recomendável a análise de, no mínimo, 12 (doze) meses. Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Todas as informações sobre os produtos, bem como o regulamento e o prospecto e regulamento aqui listados, podem ser obtidas com seu agente de investimentos, em nosso site na internet ou no site do referido gestor. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou fundo garantidor – FGC. A taxa de administração máxima compreende a taxa de administração mínima e o percentual máximo que a política do FUNDO admite despender em razão das taxas de administração dos fundos de investimento investidos. Os fundos de ações e multimercados com renda variável /sem renda variável podem estar expostos a significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Os fundos de crédito privado estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Os fundos de cotas aplicam em fundos de investimento que utilizam estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os fundos de renda fixa estão sujeitos a risco de perda substancial de seu patrimônio líquido em caso de eventos que acarretem o não pagamento dos ativos integrantes de sua carteira, inclusive por força de intervenção, liquidação, regime de administração temporária, falência, recuperação judicial ou extrajudicial dos emissores responsáveis pelos ativos do fundo. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente de investimentos. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos e taxas de saída e performance. As informações publicadas não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento. Caso os ativos, operações, fundos e/ou instrumentos financeiros sejam expressos em uma moeda que não a do investidor, qualquer alteração na taxa de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização dessa plataforma. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido.

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.