XP Expert

Expert XP 2021: Os setores da bolsa ganhadores com a retomada da economia

Para nos trazer suas perspectivas sobre os setores que serão ganhadores com a retomada da economia chamamos Paulo Ghedini, co-gestor do fundo de ações na Perfin, Marcelo Cavalheiro, sócio fundador e gestor na Safari Capital, e Claudio Delbrueck, sócio e gestor na Solana Capital.

Compartilhar:

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • Compartilhar no LinkedIn
  • Compartilhar via E-mail

Com muitos no mercado falando sobre uma retomada da economia ainda no segundo semestre de 2021, Paulo Ghedini, cogestor do fundo de ações na Perfin, Marcelo Cavalheiro, sócio fundador e gestor na Safari Capital, e Claudio Delbrueck, sócio e gestor na Solana Capital, para nos trazer suas perspectivas sobre o cenário atual.

Confira a seguir os destaques do painel:

Quem são a Perfin, a Safari e a Solana?

Perfin Capital – Fundada em 2007, a Perfin Asset está sediada na cidade de São Paulo e tem mais de R$ 3 bilhões em ativos sob gestão, com atuação nas estratégias de Ações, Infraestrutura. A empresa possui mais de 20 colaboradores, e, entre os principais executivos, estão José Roberto Ermírio de Moraes Filho (Presidente), Ralph Rosenberg (CIO) e Alexandre Sabanai (CIO).

Safari Capital – Fundada em 2015, a Safari Capital está sediada na cidade de São Paulo e tem mais de R$ 2 bilhão em ativos sob gestão, com atuação na estratégia de Ações. A empresa possui mais de 15 colaboradores, e, entre os principais executivos, estão Marcelo Cavalheiro (Gestor), Elsom Yassuda (Estrategista) e Fabio Rosenfeld (Trader).

Solana – Fundada em 2013, a Solana Capital está sediada na cidade de São Paulo e tem mais de R$ 1 bilhão em ativos sob gestão, com atuação na estratégia de Ações. A empresa possui mais de 10 colaboradores, e, entre os principais executivos, estão Claudio Delbrueck (Gestor), Claudia Abate (Analista) e Bruno Erbisti (Analista).

Assine já o Expert Pass

A vacinação contra a Covid-19 no Brasil e a recuperação econômica

Marcelo Cavalheiro, da Safari, nos mostra que a velocidade da vacinação é um fator chave para a recuperação da economia – houve um incremento na vacinação principalmente nos últimos dois meses e já começamos a ver os resultados dessa aceleração na economia. Apesar da quantidade de pessoas nas ruas e em bares, as hospitalizações continuam controladas.

Os setores que têm mais capacidade de recuperação nesse cenário são os mesmo que sofreram em decorrência da pandemia – Varejo off-line (em especial vestuário), são exemplos Soma, Renner e Centauro. Outro setor que pode se beneficiar é o de turismo, e, por consequência, as companhias aéreas.

Se muita gente está focando nos papeis que podem ganhar com a reabertura, quais serão os papeis que podem ficar para trás?

Cláudio Delbrueck, da Solana, nos apresenta o outro ponto de vista: as empresas que se beneficiaram do cenário econômico recente são as mesmas que poderão ficar para trás com a reabertura da economia – um bom exemplo são as seguradoras, que contaram com a queda da sinistralidade (visto que as pessoas estavam mais em casa, dirigindo menos, postergando planos etc.), o que implica queda dos custos no setor. Porém, a volta da economia implica que as pessoas estão voltando para as ruas, o que tende a aumentar a sinistralidade – pode ser que haja até mesmo um pico em razão do represamento que houve até agora.

As empresas de varejo tradicional tendem a ganhar com uma reabertura, como fica o varejo online?

Por fim, Paulo Ghedin, da Perfin, nos traz o contraste, contando que o varejo online já vinha numa tendência secular de aumento da penetração do e-commerce no varejo e a pandemia apenas acelerou esse processo – sendo assim, passado esse efeito de base de comparação no ano contra ano, a tendência é que o setor volte a crescer às taxas que já vinha crescendo até o começo de 2019. Levando em consideração ainda que a maioria das empresas não trabalha somente com um canal de distribuição (tradicional x online), o seguimento tende a se beneficiar dessa integração com o crescimento do varejo tradicional compensando a desaceleração do varejo online.

Os gestores ainda discutem sobre as grandes oportunidades que estão longe dos holofotes do mercado. Os exemplos vão desde empresas que abriram capital recentemente até algumas clássicas da bolsa que ainda têm muito upside! Para conferir os papeis e o racional por traz de cada um, não deixe de ver o vídeo completo disponível na plataforma da expert.

Confira mais informações sobre os produtos de cada gestora:
Perfin Equity Hedge FIC FIM / Perfin Foresight Institucional FIC FIA
Safari 45 FIC FIM II
Solana Absolutto FIC FIM / Solana Long Short FIC de FIM

Se você ainda não tem conta na XP Investimentos, abra a sua aqui.
XP Expert

Avaliação

O quão foi útil este conteúdo pra você?


Newsletter
Newsletter

Gostaria de receber nossos conteúdos por e-mail?

Cadastre-se e receba grátis nossos relatórios e recomendações de investimentos

Telegram
Telegram XP

Acesse os conteúdos

Telegram XP

pelo Telegram da XP Investimentos

BM&F Bovespa Autorregulação Anbima - Gestão de patrimônio Autorregulação Anbima - Gestão de recursos Autorregulação Anbima - Private Autorregulação Anbima - Distribuição de Produtos de Investimentos

A XP Investimentos CCTVM S/A, inscrita sob o CNPJ: 02.332.886/0001-04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. A XP Investimentos CCTVM S/A é instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

B3 Certifica B3 Agro Broker B3 Execution Broker B3 Retail Broker B3 Nonresident Investor Broker

BMF&BOVESPA

BSM

CVM

Este site usa cookies e dados pessoais de acordo com a nossa Política de Cookies (gerencie suas preferências de cookies) e a nossa Política de Privacidade.